conheca-6-formas-de-fazer-um-emprestimo

O mês nem acabou, mas o salário…. Quem nunca passou por isso? As contas por sua vez, não deixaram de chegar, a situação “aperta” e fazer um empréstimo para liquidar as dívidas, pode ser uma alternativa no mês.

Você vai ver que existem diferentes formas de emprestar dinheiro, por isso é legal conhecer e escolher o que mais combina com o seu orçamento. Afinal, você sabe, empréstimos sobre empréstimos viram uma bola de neve.

Você deve ficar sempre alerta quando procurar por empréstimos, já que ao final dele, o valor emprestado pode chegar ao dobro.

O que é empréstimo?

Assim como dito, é um dinheiro emprestado pelos bancos. Normalmente usado para pagar dívidas ou na realização de um sonho, como comprar um carro, casa ou montar uma empresa.

Para conseguir o empréstimo, o cliente deve passar por uma análise de crédito, que avalia se ele tem condições de pegar uma nova dívida e conseguir pagar as parcelas.

Em alguns casos, como no empréstimo para negativado, sem garantia ou consignado, pode não haver análise, mas em compensação as taxas são mais elevadas.

Sempre fique de olho no CET ou Custo Efetivo Total, ele é o valor que você vai pagar ao final do empréstimo, juntando todas as taxas e juros. Se isso não ficar claro para você na contratação, pergunte ao gerente.

Que tal então conhecer os tipos de empréstimo, você vai ver:

6 formas de fazer um empréstimo

1Empréstimo Pessoal

O crédito pessoal ou empréstimo pessoal é para pessoas que querem pagar dívidas, comprar bens, solucionar imprevistos, abrir empresas, enfim, ela decide onde quer aplicar o dinheiro. Essa opção não há necessidade de comprovar sua finalidade.

A vantagem desse “crédito” é que a contratação é rápida e simples. Na maioria dos casos, o dinheiro é liberado em até 24 horas.

Os juros do empréstimo pessoal costumam ser os melhores, com parcelas mais acessíveis. Mas antes, o cliente deve passar por uma análise de crédito, ou seja, o dinheiro só é liberado se for comprovado que a pessoa consegue pagar a dívida.

Nos maiores bancos Brasileiros, as taxas de juros mensais costumam ficar em volta de 6%. Essa taxa muda de banco para banco, por isso é muito importante pesquisar muito antes, mesmo em bancos que você não tem relacionamento.

Bradesco

5,82%

Santander

4,93%

Itaú

4,90%

Banco do Brasil

4,19%

Caixa

4,87

 

*A consulta é do mês de janeiro de 2018 e as taxas podem variar, por isso, sempre consulte todos os bancos antes!

2Empréstimo pessoal sem garantia

Para quem tem restrições no nome, o crédito não anda tão fácil e não quer comprometer seu carro ou imóvel, o empréstimo sem garantia é uma forma de conseguir o dinheiro.

Mas é preciso ficar atento a este tipo de empréstimo, já que por não ter garantia, as taxas de juros são bem elevadas, o que pode fazer o Custo Efetivo Total dobrar.

Ou seja, um empréstimo pessoal sem garantia que custava R$ 1.000, no final, se torna quase R$ 2.000.

Por isso, nossa dica é: procure pelo crédito para pagar somente o valor de suas dívidas, limpando seu nome. Dessa forma, você facilita a análise de crédito e consegue contratar o empréstimo pessoal com taxas mais acessíveis.

3Empréstimo online

Uma forma de emprestar dinheiro que vem ganhando cada vez mais espaço e confiança das pessoas é o empréstimo online. Essa forma é uma das mais rápidas de conseguir dinheiro, além de não precisar sair de casa, podendo fazer o contrato de qualquer lugar.

O benefício de fazer um empréstimo pela internet é que você tem acesso a várias simulações, é possível saber o valor das taxas e não precisa ter garantia.

Empréstimo online é seguro?

Essa é uma dúvida normal dos clientes, já que se trata de dinheiro. A nossa orientação é procurar sites conhecidos e com certificação de segurança. É muito normal ver gente por aí se aproveitando da situação e oferecendo “milagres”.

Sempre desconfie de taxas muito baixas e contratação fácil demais. Procure não sair por aí procurando crédito e oferecer seus dados sem saber com quem está fechando a proposta.

Para contratar o empréstimo online, você deve escolher o site que deseja fazer o empréstimo. Em alguns sites você pode simular o valor que quer pegar, em quanto tempo vai pagar e quais as parcelas. Já em outros sites, só é possível conhecer a proposta depois de se cadastrar.

Quando escolher o site, basta fazer um cadastro com suas informações pessoais e conta corrente que deseja receber o dinheiro emprestado.

Lembre-se sempre de ver o custo total do empréstimo. A primeira simulação pode não trazer um valor real dos juros. Isso acontece porque a taxa de juros depende da análise feita para cada pessoa.

Se a proposta for aceita, basta enviar seus documentos pessoais. Na maioria dos sites, isso pode ser feito pela câmera do celular ou os digitalizar, desde que o documento esteja legível.

Algumas empresas que fazem empréstimo online:

4Empréstimo para negativado

Está com o “nome sujo” e precisa de dinheiro para quitar as dívidas e quem sabe recuperar o crédito? Existe sim empréstimo para negativado. Normalmente com taxas mais altas que o normal, que podem chegar a 20%.

Nós sabemos, as vezes não resta alternativas para ver o nome limpo outra vez, a não ser que pegue um empréstimo. Mas fique atento, quanto maior o número de parcelas, maior os juros.

A taxa elevada de juros para este tipo de empréstimo se justifica pelo banco ou financeira não ter garantia do pagamento, além de correr mais riscos de inadimplência.

Algumas alternativas podem facilitar na hora de pegar um empréstimo para quem está negativado, como em financeiras especializadas nesse ramo, e que, costumam liberar o crédito mais rápido. Veja:

  • Simplic
  • Crefisa

Essas são duas de várias empresas que emprestam dinheiro para negativado. A Crefisa por exemplo, é direcionada a servidores públicos, aposentados ou pensionistas do INSS. Mas, antes de contratar, mais uma vez, lembramos de consultar as taxas de juros e Custo Efetivo Total.

Outras alternativas para quem não consegue o empréstimo pessoal, é o consignado ou com garantia, já que os bancos têm maior segurança sobre o pagamento das taxas.

5Empréstimo consignado

Essa é uma forma considerada mais fácil de empréstimo, já que as parcelas são descontadas em folha, ou seja, diretamente do pagamento do trabalhador. Existe uma margem consignável, garantindo que não comprometa toda a renda.

A margem consignável é de 35%, sendo que 5% deve ser destinado para pagar dívidas do cartão de crédito. Se você não tem dívidas com o cartão, seu limite é de 30%.

Breve exemplo:

Com dívidas do cartão de crédito: salário x 0,35

Sem dívidas do cartão de crédito: salário x 0,30

  • Se seu salário é de R$ 1.000, então sua margem é de R$ 300,00. (30%)
  • Se tiver dívidas com o cartão de crédito: R$ 350,00 de margem total, onde R$ 50,00 são para dívidas com o cartão.

Esse valor virá descontado automaticamente no seu salário até acabar o empréstimo. Ele deve ser solicitado no RH de sua empresa. Vale lembrar também que, alguns bancos não liberam o teto da margem consignável.

6Empréstimo para quem tem bolsa família

Você recebe o Bolsa Família ou conhece um beneficiário e tem dúvidas se pode pegar um empréstimo? Nós tiramos essa dúvida agora!

Sim, é possível ter um empréstimo sendo beneficiário do Bolsa Família. Existe o microcrédito para famílias de baixa renda, que pode chegar até 15 mil. Poderá participar também pessoas inscritas no Cadastro Único dos programas sociais do governo.

O anúncio do valor de 4 bilhões para o microcrédito no mês passado pelo presidente Michel Temer, abre espaço para os beneficiários do Bolsa Família começarem seu próprio negócio, além de outras atividades.

Fazer um empréstimo ou cartão de crédito?

Alguma vez você já pensou em usar o cartão de crédito para pagar uma dívida ou mesmo se enrolou com o prazo da fatura e acabou entrando no rotativo do cartão?

Não se engane, o cartão é uma forma de empréstimo, por meio do limite que deve ser pago mensalmente.

Na maioria das vezes é recomendado utilizar o empréstimo para saldar dívidas ou evitar o rotativo, já que as taxas do cartão de crédito podem chegar perto dos 300% ao ano.

O rotativo do cartão de crédito é quando você não paga a fatura em dia e o banco deve fornecer uma forma de parcelamento da fatura, o rotativo pode ser usado por 30 dias, depois disso é oferecido outras formas para o pagamento e um deles pode ser o empréstimo.

Em alguns casos também não é possível pagar dívidas com o cartão, já que o limite pode não cobrir o valor.

Dinheiro emprestado – conclusão

Que tal entender as mais conhecidas formas de fazer um empréstimo? A dica é fundamental para todas: sempre pesquise nos bancos e financeiras as taxas de juros e formas de pagamento.

Avalie a emergência do empréstimo e o quanto você pode se comprometer a pagar mensalmente e acima de tudo: nunca confie em qualquer site da internet e nem pessoas que oferecem formas mágicas de se livrar das dívidas.

Lembramos que a Foregon não realiza empréstimos e nem faz análise de qualquer pedido. Nosso papel é ajudar você a se informar e procurar o melhor produto para seu perfil.

Depois conta aqui embaixo se você já fez um empréstimo ou onde encontrou taxas menores. Eu te espero no próximo post, até lá!

Este conteúdo foi útil para voce? 1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 voto(s), média: 5,00)
Loading...