Ir para o conteúdo principal
Foregon.com

O que fazer com o CPF vazado na Dark Web?

Escrito por 

Atualizado em 

Qualidade editorial: Nosso conteúdo é construído por uma equipe profissional que coloca a dúvida do leitor no centro da sua escrita. Cada autor traz o seu conhecimento para responder e solucionar sua busca, entregando valor por meio da verificação de dados, aprofundamento da pesquisa e reputação do nosso site.

Segurança e privacidade: Somos responsáveis por manter seus dados protegidos quando você acessa nosso site. Trabalhamos com total transparência e respeito ao seu consentimento, colocando você no controle de seus dados. Conheça nossa política de privacidade.

Em um mundo cada vez mais conectado, a segurança de informações pessoais se torna um desafio constante. E quando o assunto é ‘CPF vazado na Dark Web’, surge uma preocupação imediata.

A Dark Web, uma parte oculta da internet conhecida por seu anonimato e atividades ilícitas, é um terreno fértil para o comércio de dados pessoais. 

Neste contexto, o vazamento do CPF, um documento essencial no Brasil, pode ter implicações sérias, desde fraudes financeiras até problemas legais. 

Hoje, vamos explorar o que é a Dark Web, como identificar se seu CPF foi comprometido e, o mais importante, as medidas que você pode tomar para proteger sua identidade. Acompanhe!

O que você procura?

O que é Dark Web?

A internet como é conhecida pela maioria representa apenas a superfície: ela é chamada de Surface Web e não costuma apresentar muitos perigos. Através dela, é possível realizar compras, fazer pesquisas, acessar as redes sociais e muito mais. 

Em contrapartida, existe a Deep Web, um local que contém sites secretos que não aparecem nas páginas de buscas e não são tão fáceis de serem acessados.

Dentro da Deep Web, existe mais uma camada ainda mais anônima chamada Dark Web, um local online onde são realizados diversos negócios ilícitos.

Roubo de dados financeiros, pornografia e até mesmo tráfico de drogas e pessoas estão presentes nessa parte da internet.

Só até aqui, já deu pra entender porque você não gostaria de ver o próprio CPF vazado na Dark Web, não é?

O que é vazamento na Dark Web?

Apenas em 2020, 9,95 bilhões de dados foram vazados. Na prática, isso significa que mais pessoas ficaram vulneráveis e têm mais chances de serem vítimas de fraudes. 

Já em 2022, estima-se que a venda de dados apenas de brasileiros na Dark Web movimentou cerca de R$80 milhões.

Um estudo recente da NordVPN, empresa líder em segurança virtual, revelou que mais de 2 bilhões de informações confidenciais de brasileiros foram expostas na dark web em 2023.

Mapa mostrando o Brasil em destaque com um texto falando sobre o Brasil estar no topo do ranking mundial de países com maior volume de vazamento de dados.

Quando um vazamento de dados acontece, as chances deles serem vendidos na Dark Web aumentam consideravelmente, e os golpes com CPF estão entre os crimes mais comuns. 

Além dos vazamentos no geral, também é preciso ter muita atenção se você for acessar a Dark Web sem tomar os devidos cuidados. Para se manter seguro é necessário contar com uma VPN ativa, responsável por criptografar os seus dados.

A Dark Web é uma extensão dentro da internet onde as pessoas publicam o que querem. Não existem regras, vigilantes nem censura, portanto, você encontra de tudo e mais um pouco por lá.

Entrar na Dark Web pode colocar em risco os seus dados e a sua privacidade. Na tentativa de descobrir se seus dados vazaram, você pode acabar entrando em uma cilada e tendo os dados roubados pelos criminosos que constroem e usam os sites da Dark Web.

Mas existe uma maneira bem mais simple e segura para descobrir se seus dados foram vazados na Dark Web. Com o Foregon Premium, você descobre se seus dados já foram vazados em algum momento e também recebe alertas em tempo real caso aconteça um vazamento.

Caso isso não seja feito, os hackers conseguem extrair diversos dados (CPF, RG, número do cartão de débito e crédito, endereço, entre outras informações) através do seu celular ou computador.

Consequências de um vazamento de CPF na Dark Web

Com o seu número de CPF circulando pelas camadas mais perigosas da internet, ele fica à mercê de criminosos e golpistas que utilizam o seu documento para cometer os mais diversos delitos. Entre eles, conhecemos bem:

  • Abertura de empresas no seu nome: com seus dados vazados, um criminoso pode abrir um CNPJ pelo seu CPF e usar o seu nome como "laranja". Com a empresa aberta, eles podem fazer compras e criar dívidas e quem teria de pagar por elas, caso você não se proteja, seria você;
  • Fraudes financeiras: você também pode se surpreender ao identificar novos pedidos de cartões de crédito, empréstimos e até transferências para contas que você não reconhece devido ao uso indevido do seu CPF. Isso pode levar a dívidas não autorizadas e afetar negativamente o seu histórico de crédito.
  • Identidade falsa: Com a nova lei do CPF de 2024, o documento se torna o principal recurso de identificação de pessoas no Brasil. Portanto, se ele for vazado, criminosos podem criar documentos falsos em seu nome, o que pode resultar em uma série de problemas legais e criminais associados ao seu CPF que você não cometeu.
  • Dificuldades em transações comerciais: com os riscos já mencionados, você pode facilmente ser incluído em listas de inadimplência, como o SPC e Serasa. Isso pode dificultar a realização de compras a prazo, obtenção de créditos, financiamentos imobiliários, entre outros.
  • Invasão de privacidade: Com informações adicionais que podem ser vinculadas ao seu CPF, criminosos podem ter acesso a dados mais pessoais, como endereço, telefone e informações financeiras, aumentando o risco de assédio, extorsão — principalmente em golpes como a engenharia social — ou outros crimes contra a pessoa.
  • Prejuízos à reputação: A associação do seu CPF a atividades ilícitas ou dívidas pode prejudicar sua reputação pessoal e profissional. Isso pode afetar sua capacidade de conseguir emprego, realizar negócios ou manter relações comerciais saudáveis.

3 Dicas para se proteger contra vazamento de CPF na Dark Web

Não é possível evitar 100% que seus dados não vão parar na Dark Web. Por outro lado, existem algumas dicas que aumentam sua segurança pessoal na internet de forma geral. Confira:

1. Crie senhas fortes

Evite utilizar o próprio nome como senha, sequências numéricas como "1234", nome da mãe ou de algum parente próximo. Ao criar senhas fortes, você aumenta a dificuldade para que o hacker não descubra. 

Senhas fortes costumam alternar letras maiúsculas e minúsculas, números, além de ter caracteres especiais, como: "@", "!", "?", entre outros.

2. Não use a mesma senha

Segundo a PSafe, 5 em cada 10 brasileiros utilizam a mesma senha em diferentes contas. O mais indicado é criar senhas únicas para cada conta ou serviço. 

Apesar de não ser prático, é a melhor forma de não comprometer toda a sua segurança com apenas uma senha. 

3. Troque suas senhas com frequência

Você lembra qual foi a última vez que trocou a senha de alguma rede social? É muito importante trocá-las frequentemente para ficar ainda mais protegido. 

Caso uma senha antiga vaze, o golpista não conseguirá mais ter acesso e você estará seguro!

Monitore seu CPF diariamente

Com os dados pessoais expostos, muitos golpistas se passam pela pessoa e contratam serviços, abrem contas bancárias e muito mais! O estrago costuma ser grande e difícil de ser revertido. 

Se os seus dados chegarem até a Dark Web não há muita coisa que possa ser feita. O lado bom é que você pode se antecipar a esse acontecimento com a ajuda do Foregon Premium

Ao assinar Foregon Premium você passa a ser informado por e-mail ou SMS, caso o seu e-mail acabe vazando na Dark Web. 

Além disso, você também ganha acesso a outras informações, como a fonte do vazamento, a data, qual e-mail foi prejudicado e quais dados foram realmente comprometidos. 

Grandes vantagens por pouco! Confira os principais serviços que você terá disponível sendo Premium: 

Monitore seu CPF diariamente!

Monitore seu CPF e proteja seu nome contra fraudes.

Monitorar meu CPF
⭐⭐⭐⭐⭐ + 2.848.551 pessoas já consultaram

Perguntas frequentes

O que é a dark web?

A dark web é uma parte da internet que não é indexada por motores de busca tradicionais e requer software específico para ser acessada. É frequentemente usada para atividades ilegais, incluindo a compra e venda de dados pessoais roubados.

O que fazer se o meu CPF foi vazado?

Se seu CPF foi vazado, monitore seu histórico de crédito, altere senhas e considere um serviço de proteção de identidade. Notifique bancos e órgãos competentes sobre o vazamento.

O que acontece se meus dados foram vazados na dark web?

Se seus dados foram vazados na dark web, existe risco de fraudes e crimes financeiros. Monitore suas contas, alerte instituições financeiras e considere medidas de segurança adicionais.

Como saber se meus dados foram vazados na dark web?

O Foregon Premium oferece um serviço de monitoramento que verifica se seus dados pessoais foram comprometidos e estão circulando na dark web. Você receberá um alerta imediato se detectarmos qualquer atividade suspeita.

Como posso proteger meus dados pessoais?

Para proteger seus dados pessoais, siga estas práticas recomendadas:

  • Use senhas fortes e únicas para cada conta.
  • Habilite a autenticação de dois fatores (2FA).
  • Mantenha seu software e sistemas operacionais atualizados.
  • Evite compartilhar informações pessoais desnecessárias online.
  • Utilize um gerenciador de senhas para armazenar e gerar senhas seguras.

O que o Foregon Premium faz para ajudar a prevenir vazamentos de dados?

O Foregon Premium oferece monitoramento contínuo de suas informações pessoais na dark web e envia alertas imediatos caso qualquer dado seja encontrado. Isso permite que você tome medidas rápidas para mitigar os danos.

Quais tipos de dados são mais vulneráveis a vazamentos?

CPF, nome completo, e-mail, senhas e número de telefone.

Compartilhe

Escrito por:

Sabrina Vansella
Redatora

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon desde 2021, através da escrita busca melhorar a qualidade de vida das pessoas.