Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Conheça os efeitos psicológicos de uma crise financeira

Por Guilherme GadelhaPublicado em

Em grande parte dos casos, o dinheiro é solução e problema ao mesmo tempo. Por conta disso, passar por uma crise financeira pode causar sérios efeitos psicológicos negativos. Quando eles não são tratados da forma correta, podem se tornar um grande empecilho em sua rotina.

Conheça os efeitos psicológicos de uma crise financeira

Entenda como a crise financeira pode afetar o seu rendimento e saiba quais são os passos necessários para contornar essa situação.

Depressão e ansiedade

Devido a constante pressão de vários fatores, a cobrança tende a se tornar cada vez mais intensa. Como consequência disso, os sintomas acabam aparecendo e podem variar como depressão, aumento da ansiedade, estresse, uso de drogas e suicídio.

Contudo, é importante lembrarmos que os sintomas citados não são efeitos unicamente da crise. Caso a convicção da pessoa seja mais negativa do que positiva, ela se torna mais propensa a se entregar para os problemas, agravando cada vez mais a situação.

A perda de perspectiva em relação ao futuro costuma ser a principal característica de toda crise, por conta da dificuldade para retomada dos problemas. No entanto, é possível contornar a situação com atitudes positivas. O apoio de amigos, familiares e atividade profissional podem ajudar.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Outro ponto que pode acarretar uma piora no quadro é a cautela em excesso em relação às finanças. Para resolver isso, é necessário fazer um bom planejamento financeiro. Com ele, você pode estipular uma quantia mensal para manter parte do seu estilo de vida e futuramente, realizar os seus objetivos à longo prazo.

Vale lembrar que é fundamental preservar a sua estabilidade psicológica, já que quando sofremos uma mudança, o nosso quadro psicológico pode piorar muito.

Para dar a volta por cima é crucial lembrar das suas principais características pessoais. Dificilmente as pessoas tem algum problema que não podem resolver. Sempre há uma chance de se superar e mudar as coisas ao seu redor com determinação e paciência.

Ao decorrer do tempo, o psiquismo encontra maneiras de se adaptar, mesmo que de modo inconsciente. Entretanto, algumas atitudes positivas podem te ajudar.

Como contornar a crise financeira com atitudes positivas

Alguns passos podem ser tomados para reconquistar a sua autoestima. Confira algumas dicas para começar a mudar agora mesmo.

Elimine as suas dívidas

Por mais que pareça algo impossível, saiba que é possível sim eliminar as suas dívidas. Renegociar as suas dívidas com o banco é um possibilidade. Todavia, o mais importante é eliminar o débito total que causou esse endividamento.

Você pode conferir mais detalhes sobre como fazer isso lendo o nosso texto sobre como sair do vermelho e organizar a vida financeira.

Terapia psicológica

Além de organizar a sua vida financeira, é muito importante cuidar da sua saúde mental. Contar com um acompanhamento psicológico é algo essencial para se entender melhor e consequentemente, encontrar mais soluções para os seus problemas.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Guilherme Gadelha

Publicitário e Redator na Foregon. Gosta do universo financeiro e tem a escrita como hobby e profissão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Como saber se meu nome está no SPC? Descubra agora

Parcelamento Enel: como parcelar suas contas atrasadas

Negocia Fácil Claro: veja como negociar dívidas com condições especiais

Oi Negocia: veja como consultar e quitar as suas dívidas

Nome limpo ou sujo? Consulte o seu CPF e descubra!

Desendivida Santander: soluções de crédito para você

Consolidação de dívidas: conheça e veja como unificar suas pendências

Empréstimos Caixa: conheça todas as modalidades