Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Empréstimo para amigos ou família: confira algumas dicas

Por Camila SilveiraPublicado em

Em algum momento, você já teve que emprestar dinheiro para algum amigo ou familiar que precisava fazer um empréstimo? Sabemos que esta pode ser uma situação complicada. Por isso, preparamos este artigo que vai trazer algumas dicas valiosas para que você saiba lidar com isso da melhor maneira possível.

Empréstimo para amigos ou família

Caso algum parente ou amigo venha solicitar sua ajuda financeira para realizar um empréstimo, esteja preparado para seguir as seguintes orientações:

Que tal fazer uma análise de crédito?

Assim como as instituições financeiras que trabalham com empréstimo, tente fazer uma análise de crédito para verificar a possibilidade desse "cliente" pagar ou não a dívida que ele fez com você.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Portanto, é válido tomar algumas atitudes como, por exemplo:

  • Veja se a pessoa é responsável financeiramente;
  • Confira se ela tem uma boa gestão das finanças pessoais.

Caso ela não priorize estes itens, dificilmente vai te pagar.

Oriente e tenha a liberdade para questionar

Lembre-se que fazer empréstimo para amigos ou família é uma via de mão dupla, ou seja, da mesma maneira que a pessoa teve a liberdade para solicitar o dinheiro, você também pode ter para perguntar por que ela precisa daquele valor.

Com isso, você poderá orientar essa pessoa a ver quais os empréstimos disponíveis e como ela deve economizar para pagar a dívida.

Não se esqueça de definir prazos

Mesmo que aquele dinheiro não faça falta no seu orçamento agora, ele precisará ser pago em algum momento. É aí que entra a importância de estabelecer prazos para o pagamento do empréstimo.

Sendo assim, com base naquilo que você levantou na análise de crédito da pessoa, já é possível saber quanto ela poderá pagar mensalmente. Mas é claro, tenha um diálogo aberto e honesto  para ver o valor das parcelas e em quanto meses a pessoa conseguirá quitar aquele valor.

Seja profissional na hora de cobrar

Mesmo que você tenha uma relação saudável com aquele familiar ou amigo, não se esqueça de ter uma postura profissional ao cobrar o dinheiro, caso ele não tenha sido pago como foi combinado entre as duas partes.

No entanto, para que você não tenha receio de agir dessa forma, separamos alguns conselhos:

  • Tenha educação na hora de lembrar a pessoa que ela precisa quitar a dívida;
  • Converse pessoalmente e mantenha sempre o tom amigável;
  • Estabeleça um novo prazo se ela não conseguir cumprir com o que tinha sido combinado antes;
  • Explique que aquele dinheiro vai fazer a diferença no seu orçamento em algum momento.

Importante: lembre-se que você emprestou o seu dinheiro para alguém em que confia. Então, mantenha sempre o zelo e a ética. Porém, não deixe de cobrar e exigir a devolução do valor.

Veja outros conteúdos

Aproveite as sugestões de leitura e conta pra gente se você já teve que fazer um empréstimo para amigos ou família. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Adiantamento a depositante do Itaú: o que é e como funciona?

Empréstimos Santander: conheça todas as modalidades

Empréstimos Banco do Brasil: conheça todas as modalidades

Qual o melhor banco para contratar empréstimo pessoal?

Home equity: cresce o empréstimo com garantia de imóvel

Refinanciamento de empréstimo: o que é e quando vale a pena?

O que é amortização de empréstimo, como calcular e quais as vantagens?

Saiba o que a nova lei do Superendividamento muda na sua vida