Foregon.comConteúdos

Falta de dinheiro abala a autoestima?

Por Guilherme GadelhaPublicado em
Compartilhe

Apesar de existirem diversos problemas que podem afetar a nossa saúde mental, a falta de dinheiro pode ser um grande desencadeador de vários distúrbios psicológicos. Depressão, ansiedade, falta de apetite e abalo na autoestima são os principais sintomas que podem surgir.

Mesmo que existam fatores externos que não podemos controlar, é preciso atentar-se aos fatores internos, ou seja, a nossa convicção em relação a dinheiro e prosperidade. Mantê-la regulada é algo essencial para vivermos bem com nós mesmos.

Sentir-se incapacitado no trabalho, evitar responsabilidades, agir por impulso e evitar riscos são alguns gatilhos que podem reforçar mais pensamentos negativos.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Além de prejudicar sua carreira profissional, essas características costumam deixar ainda mais difíceis essas situações conturbadas. Vale lembrar que momentos são decisivos e por isso, é necessário dar o seu melhor para contornar essa situação.

O que pode causar um abalo financeiro?

A autossabotagem costuma ser uma característica do ser humano, por conta disso, a insegurança e medo são os grandes causadores de ruínas financeiras. Pensamentos negativos podem nos manter no que traz um pequeno retorno financeiro, além de nos estimular a gastar mais.

Vale lembrar que esse tipo de comportamento nocivo atinge até quem possui bastante capital. Geralmente, isso está relacionado à uma visão distorcida sobre o dinheiro.

Crer que o sucesso financeiro está ligado à sorte ou que o dinheiro é um mal no mundo, pode trazer resultados negativos para o seu bolso. Ou seja,, quando associamos ele à algo negativo, estamos dizendo dentro de nós para ele ficar bem longe da gente. Mesmo que seja uma atitude inconsciente, vale lembrar que ela existe.

Como planejar sua prosperidade

Controlar a impulsividade é um dos primeiros passos para alcançar a prosperidade do seu bolso. Por se tratar de um válvula de escape, é comum que este comportamento se torne cada vez mais frequente.

Caso você tenha dívidas ativas, busque negociá-las com o banco. Também é importante lembrarmos que encontrar formas de conseguir uma renda extra pode te ajudar bastante.

Outra dica é procurar por ajuda psicológica. Evitar a depressão à qualquer custo é uma tarefa que precisamos executar para nos mantermos saudáveis. No entanto, sabemos que é difícil encontrar tempo para fazer tudo isso. Quando isso acontece, a terapia online pode ser uma ótima alternativa.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Guilherme Gadelha

Publicitário e Redator na Foregon. Gosta do universo financeiro e tem a escrita como hobby e profissão.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Como sair do vermelho

    Dívida atrasada de cinco anos: o que fazer?

  • Como sair do vermelho

    Como a Selic a 5% afeta a sua vida?

  • Como sair do vermelho

    19 nichos de negócios para investir

  • Como sair do vermelho

    Saiba como ganhar dinheiro com aluguel de ações

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Como sair do vermelho