Foregon.comConteúdos

IOF: saiba qual o valor para cada serviço

Por Claudia BorgesPublicado em
Compartilhe

Pagar imposto é uma coisa tão comum no nosso dia a dia que muitas vezes nem sabemos exatamente o que estamos pagando. Com o IOF não é diferente e, o que pode deixar mais confuso, é que esse imposto tem um valor diferente para cada operação.

O IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) foi previsto na Constituição Federal de 1988, mas foi implementado somente em 1994 pelo presidente Itamar Franco. E ele não foi criado para arrecadar valores e sim para ser um controle ao mercado financeiro, pois era muito comum as pessoas fazerem aplicações e logo sacarem o valor, em 1 ou 2 dias apenas.

A única maneira de alterar ou cancelar o IOF é por um decreto emitido pelo chefe do poder executivo, o Presidente da República. 

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Serviços sujeitos a IOF

Os principais serviços que podem incidir IOF em transações de pessoa física são:

  • Investimentos: esse tipo de serviço tem uma tarifa variável, que vai em ordem decrescente de 96% a 0, dependendo do dia que você deseja fazer o saque. Retiradas após 30 dias da data inicial da aplicação não geram IOF;
  • Compras Internacionais com cartão: tanto para comprar feitas no exterior quanto para compras feitas no Brasil, mas em sites estrangeiros, o valor do IOF por operação com cartões de crédito e pré-pagos é de 6,38 por compra;
  • Câmbio: compra e venda de moedas estrangeiras está sujeita a aplicação de 1,1% de IOF;
  • Cheque especial e crédito rotativo do cartão de crédito: para as duas modalidades existe uma taxa fixa de 0,38% e ainda incide um acréscimo de 0,0082% por dia, até que a dívida esteja paga;
  • Empréstimos e financiamentos: com exceção do financiamento de imóveis, essa modalidade tem uma taxa de 0,38% que já é embutido nas parcelas, acrescido de 0,0082% diária, também já cobrado nas parcelas;
  • Seguros: ter valor variável para cada modalidade, por exemplo seguro de vida incide o valor do IOF cobrado é de 0,38% enquanto que para seguros de carro é de 7,38%.

Importância de saber calcular o IOF

Imagina voltar de viagem e ter uma surpresa com a fatura do cartão de crédito? Pois é, para evitar esse tipo de situação é sempre bom saber quanto você vai pagar de IOF.

Importante dizer que ele pode mudar ao longo do ano, por isso é bom ficar de olho, se você for utilizar alguns dos serviços que podem incidir esse imposto

Tem alguma dúvida que não falamos nesse texto? Deixe nos comentários.

Até mais.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Claudia Borges

Estudante de Jornalismo e estagiária de Redação na Foregon. Alia seu conhecimento na área administrativa com sua paixão por escrever e sempre busca agregar conhecimento em seus textos.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    O que é a Click Conta Bradesco?

  • Dicas financeiras

    Faturamento MEI 2020: descubra

  • Dicas financeiras

    Como pagar boleto com PayPal?

  • Dicas financeiras

    Sky pré-pago: conheça e veja se vale a pena

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras