Foregon.comConteúdos

IPTU atrasado: como pagar

Por Camila SilveiraPublicado em
Compartilhe

Perdeu a data de vencimento do pagamento? Não pagou a sua conta porque o orçamento apertou? Fique tranquilo, esses acontecimentos são completamente normais e nós vamos te ensinar como proceder diante dessa situação. Portanto, se você está com o IPTU atrasado, confira como quitar essa dívida e algumas dicas para evitar que isso aconteça novamente.

Como pagar o IPTU atrasado?

Como ninguém está livre dos imprevistos financeiros, as prefeituras disponibilizam vias rápidas para o pagamento desse imposto. Afinal, esse recolhimento assegura uns recursos para a cidade e a regularização do colaborador. Porém, lembre-se: o IPTU atrasado pode sofrer aumento no valor por conta da demora do pagamento. Por fim, vamos ao que interessa: como proceder?

1. Solicite a segunda via do IPTU:

Solicite a segunda via do documento, em que todos os valores estejam atualizados para o pagamento. Como os canais de atendimento podem variar conforme a cidade, é indispensável que você acesse o site da prefeitura da sua região e avalie todos os procedimentos necessários. Os canais para solicitar a segunda via do IPTU atrasado com o valor atualizado são:

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20
  • Site da prefeitura da sua cidade ou região, inserindo os seus documentos como CPF ou CNPJ e o número da Inscrição Imobiliária do imóvel;
  • Unidade da prefeitura, secretarias de atendimento fazendário ou subprefeituras que oferecem as mesmas informações do site. 

1. Faça o pagamento do IPTU atualizado: 

Por fim, importante saber que o valor pode variar conforme a sua situação de inadimplência. Portanto, fique atento com as taxas de acréscimos que podem aparecer para você pagar, devido ao IPTU atrasado:

  • Multa: pagamento de prestação com atraso incide multa de 0,33% ao dia até o limite de 20% do valor do imposto;
  • Juros: a partir do mês seguinte ao do vencimento, serão cobrados juros fixos de 1% ao mês sobre o valor total do débito;
  • Honorários advocatícios: em caso de inscrição em dívida ativa.

O contribuinte poderá realizar o pagamento nas modalidades online (caixa eletrônico ou internet banking) que incluirá os devidos acréscimos até a data de pagamento.

Desvantagens do IPTU atrasado:

  • Proibição da venda do imóvel, até estar com o imposto atualizado;
  • Perca do imóvel;
  • O imóvel poderá ser leiloado pela prefeitura. 

Em vista disso, faça o possível para evitar esse tipo de situação. O conselho que damos é: procure ter um melhor planejamento financeiro no decorrer de todos os anos, separe uma quantia para realizar esse pagamento e o mais importante de tudo: pague com antecedência. O pagamento à vista pode proporcionar um bom desconto e evita maiores prejuízos.

Conteúdos relacionados:

Esperamos ter ajudado. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado. Pra ela o conteúdo perfeito precisa ser de fácil compreensão e responder todas as dúvidas dos leitores. “Acredito que os leitores da Foregon merecem saber tudo, até os mínimos detalhes. Espero que você, leitor, fique satisfeito com a leitura, que tenha esclarecido todas as suas dúvidas e, claro, que você volte sempre!”

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Black Friday 2020: a edição que está gerando altas expectativas

  • Dicas financeiras

    Como gerar boleto no Nubank?

  • Dicas financeiras

    Mercado Pago: como adicionar dinheiro?

  • Dicas financeiras

    Dicas de como você pode ganhar dinheiro viajando

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras