Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Mais brasileiros montaram reserva de emergência durante a pandemia

Por Camila SilveiraPublicado em

Com a pandemia da Covid-19, muitos brasileiros enxergaram a importância de criar uma reserva de emergência para salvar as finanças nos momentos de crises e perdas de dinheiro inesperadas.

Enquanto 44% dos brasileiros declararam ter uma poupança em abril de 2020, no início da pandemia, o número saltou para 57% em junho deste ano, de acordo com a pesquisa realizada pelo banco digital Neon.

O estudo apresenta ainda uma mudança no perfil das pessoas que tinham reservas financeiras. Em abril de 2020, 76% das pessoas com dinheiro guardado para emergências tinham renda familiar de até R$ 4.180 e em 24% dos casos a renda ficava acima do patamar. Em junho de 2021, 63% tinham renda de até R$ 4.180 e 37% acima disso.

Pessoas passaram a buscar renda extra em 2021

Entre as pessoas que disseram realizar atividades para complementar a renda, 26% tinham renda familiar mensal entre R$ 2.090 e R$ 4.180 em maio. Por outro lado, em junho, o número de pessoas em busca de alternativas para aumentar a receita subiu para 33% nessa faixa de salário.

Na faixa de ganho familiar entre R$ 2.090 e R$ 4.190, somente 12% faziam atividades para ganhar renda extra em março, agora são 17%.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Na classe da renda entre R$ 1.045 e R$ 2.090, 29% declararam complementar renda em maio de 2020 com atividades extras, porém esse número diminuiu para 25% no mês passado, em junho.

Na camada dos salários mais baixos, entre R$ 522 e R$ 1.045 mensais, 19% afirmaram complementar a renda em maio do ano passado, mas essa parcela também caiu para 12% em junho deste ano.

De acordo com a pesquisa, a necessidade de aumentar a renda foi maior entre as pessoas físicas do que entre os que possuem CNPJ: eram 53% em abril de 2020 e passou para 57% em junho deste ano.

O estudo da Neon, com nível de confiança de 95% e margem de erro de 4%, foi realizado através de questionários entre os clientes do banco digital nos meses de abril, maio e setembro de 2020 e junho de 2021.

Gostou do conteúdo?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Cenário pessimista: Banco Central afirma que inflação crescerá em 2023

Índice de endividamento chega ao maior nível em 12 anos

IPVA, IPTU e cartão de crédito: qual despesa pesa mais no orçamento dos brasileiros?

Conheça os 10 carros mais vendidos em 2021

Black Friday 2021: pesquisa antecipa o que as pessoas querem comprar

85% das pessoas que instalam apps dos bancos digitais não viram clientes, diz pesquisa

Consumidor busca banco digital pela baixa burocracia, diz pesquisa

Conheça 15 aplicativos que vão te ajudar a economizar