Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

MEI precisa de contrato social?

Por Thais SouzaPublicado em

Se você é um MEI (Microempreendedor Individual) e quer crescer e expandir o seu negócio, ou já quer começar abrindo uma microempresa, saiba que vai precisar de um contrato social. Neste artigo você vai entender melhor sobre o que é, como funciona e como emitir este documento.

Vamos lá? 

O que é contrato social

O contrato social é uma espécie de identidade, ou certidão de nascimento de uma empresa. Nele deve conter todos os dados da sua empresa como:

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20
  • Sócios da empresa e os deveres de cada um;
  • Endereço da empresa;
  • Seguimento;
  • Atividades exercidas;
  • Capital social, Dentre outras informações importantes sobre o negócio.

MEI precisa de contrato social? 

O MEI é um Microempreendedor Individual, ou seja, atua sozinho na empresa e não pode ter sócio. Para necessitar de um contrato social é preciso deixar de ser MEI e expandir o negócio.

Apenas empresas que possuem dois ou mais sócios devem fazer o contrato social, já que MEI  não tem sócio, não é necessário. 

No caso do MEI, basta emitir um Certificado da Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI). Este documento substitui o contrato social e tem a função de comprovar o seu registro. 

Tipos de contrato social

Existem muitos modelos de contrato social, isso vai depender do formato da sua empresa, ou seja, sua natureza jurídica. Veja quais são esses modelos: 

Contrato social da Sociedade Limitada – LTDA 

Neste tipo de contrato deve conter as informações gerais da empresa, atividade, endereço da sede social, o montante e a distribuição do capital social e os termos de gestão. Além das informações gerais, no contrato deve conter as regras da empresa.

Contrato social de Empresários Individuais – EI 

Este contrato é na verdade um Requerimento de Empresário, e se trata de um formulário que deve ser entregue ao Governo Federal. O requerimento não é um contrato social em si, ele serve para substituí-lo e não pode ser alterado.

Contrato social de EIRELI

Mais conhecido como Ato Constitutivo, esse tipo de contrato tem vantagens que os outros não têm, como: a possibilidade de ser alterado e de incluir cláusulas extras. Dessa forma, você pode adequá-lo da melhor maneira às atividades da sua empresa. 

Como emitir o contrato social? 

O contrato social possui modelos específicos para cada tipo de empresa, se você já definiu qual será o seu modelo é só solicitar e registrar o contrato na Junta Comercial de seu estado. Já se a sua sociedade for simples, esse registro pode ser realizado por um Cartório de Registro das Pessoas Físicas.

Se restou alguma dúvida comente aqui que descomplicamos para você 🙂 

Até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Quem conseguiu economizar na quarentena já pensa em viajar

Black Friday 2021 Magalu: como aproveitar as melhores ofertas

Quando começa a Black Friday 2021?

Black Friday 2021 Submarino: saiba como garantir as melhores promoções

Open Banking: 7 aspectos que podem impactar as Pequenas e Médias Empresas

Conheça os 10 carros mais econômicos do Brasil

Reconhecimento facial: o que é e como funciona

Anywhere office: conheça o novo modelo de trabalho flexível