Foregon.comConteúdos

MEI precisa de contrato social?

Por Thais SouzaPublicado em
Compartilhe

Se você é um MEI (Microempreendedor Individual) e quer crescer e expandir o seu negócio, ou já quer começar abrindo uma microempresa, saiba que vai precisar de um contrato social. Neste artigo você vai entender melhor sobre o que é, como funciona e como emitir este documento. 

Vamos lá? 

O que é contrato social

O contrato social é uma espécie de identidade, ou certidão de nascimento de uma empresa. Nele deve conter todos os dados da sua empresa como:

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20
  • Sócios da empresa e os deveres de cada um;
  • Endereço da empresa;
  • Seguimento;
  • Atividades exercidas;
  • Capital social, Dentre outras informações importantes sobre o negócio.

MEI precisa de contrato social? 

O MEI é um Microempreendedor Individual, ou seja, atua sozinho na empresa e não pode ter sócio. Para necessitar de um contrato social é preciso deixar de ser MEI e expandir o negócio. 

Apenas empresas que possuem dois ou mais sócios devem fazer o contrato social, já que MEI  não tem sócio, não é necessário. 

No caso do MEI, basta emitir um Certificado da Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI). Este documento substitui o contrato social e tem a função de comprovar o seu registro. 

Tipos de contrato social 

Existem muitos modelos de contrato social, isso vai depender do formato da sua empresa, ou seja, sua natureza jurídica. Veja quais são esses modelos: 

Contrato social da Sociedade Limitada – LTDA 

Neste tipo de contrato deve conter as informações gerais da empresa,  atividade, endereço da sede social, o montante e a distribuição do capital social e os termos de gestão. Além das informações gerais, no contrato deve conter as regras da empresa. 

Contrato social de Empresários Individuais – EI 

Este contrato é na verdade um Requerimento de Empresário, e se trata de um formulário que deve ser entregue ao Governo Federal. O requerimento não é um contrato social em si, ele serve para substituí-lo e não pode ser alterado.

Contrato social de EIRELI 

Mais conhecido como Ato Constitutivo, esse tipo de contrato tem vantagens que os outros não têm, como: a possibilidade de ser alterado e de incluir cláusulas extras. Dessa forma, você pode adequá-lo da melhor maneira às atividades da sua empresa. 

Como emitir o contrato social? 

O contrato social possui modelos específicos para cada tipo de empresa, se você já definiu qual será o seu modelo é só solicitar e registrar o contrato na Junta Comercial de seu estado. Já se a sua sociedade for simples, esse registro pode ser realizado por um Cartório de Registro das Pessoas Físicas.

Se restou alguma dúvida comente aqui que descomplicamos para você 🙂 

Até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Thais Souza

Estudante de Publicidade e Propaganda, é Redatora na Foregon. Gosta de escrever textos sobre dicas de viagens e destinos. Nas horas livres gosta de ler e cozinhar.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Por que é importante ter o nome limpo?

  • Dicas financeiras

    Relatório Macroeconômico da Boa Vista: como adquirir?

  • Dicas financeiras

    Aviso Eletrônico de Débito da Boa Vista: saiba o que é

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras