Foregon.comConteúdos
    1. Como sair do vermelho

    Conheça os melhores investimentos sem imposto de renda

    Por Guilherme GadelhaPublicado em
    Compartilhe

    Encontrar um investimento sem imposto de renda não é tão difícil quanto você pensa. As opções são várias, no entanto, vale lembrar que o fato destas aplicações não possuírem cobranças da receita federal não quer dizer que sejam as melhores opções para o seu bolso.

    Como a Receita Federal taxa os investimentos?

    Para classificar quais investimentos serão tributados, a Receita Federal faz a seguinte classificação:

    Tributação Prazo da aplicação
    22,5% Até 180 dias
    20% 181 até 360 dias
    17,5% 361 até 720 dias
    15% Acima de 720 dias

    Investimento sem imposto de renda: Quais são?

    De acordo com o quadro da Anbima, os rendimentos das categorias abaixo são livres de imposto de renda:

    • Debêntures;
    • CRI, LH e LCI; WA, LCA, CDCA, CRA e CPR e CDA;
    • Contas de depósitos em poupança;
    • Ganhos líquidos obtidos à vista de ações e com ouro ativo financeiro, onde o valor das alienações sejam inferiores ou igual a R$ 20 mil mensais;
    • Aplicações distribuídas através dos fundos de investimentos imobiliários, consideradas determinadas condições.

    A cobertura parcial oferecida pelo FGC também é uma vantagem muito interessante. O Fundo Garantidor de Crédito é uma instituição sem fins lucrativos que protege correntistas, investidores e poupadores.

    Ele possibilita a recuperação de créditos ou depósitos de até R$ 250 mil. Lembrando que essa recuperação é parcial em situações de intervenção, falência ou liquidação.

    • Os créditos que são garantidos pelo FGC de forma parcial estão:
    • Depósitos sacáveis ou à vista através de aviso prévio;
    • Depósitos a prazo, sem ou com emissão de certificado (CDB/RDB);
    • Depósitos de poupança;
    • Letras de câmbio;
    • Letras Imobiliárias;

    Estas são apenas algumas das garantias. Agora nós iremos falar sobre como cada um dos investimentos funcionam.

    CRI e CRA

    O CRI (Certificados de Recebíveis Imobiliários) e o CRA (Certificado de Recebíveis do Agronegócio) tratam-se de investimentos sem imposto de renda, contudo, os mesmo só podem ser emitidos por securitizadoras.

    Em relação a remuneração, ela está ligada aos pagamentos dos recebíveis, no entanto, quando falamos do CRA, ele é exclusivo daqueles do agronegócio.

    A remuneração dos CRIs podem ser pré-fixada, TR, flutuante (DI, Selic), TJLP, índice de Preços e outros. O CRA também pode ser pós ou pré fixada e o seu investimento é realizado como uma contribuição ao agronegócio.

    Poupança

    A poupança é um dos investimentos mais populares entre os brasileiros. Apesar do rendimento que gira em torno de apenas 0,5% ao mês, ela pode ser uma boa opção dependendo do seu momento de vida.

    Mesmo sendo isenta de imposto ou taxas de manutenção, a poupança exige um tempo maior de aplicação para desenvolver um rendimento mais interessante.

    Debêntures de Infraestrutura

    Para financiar o próprio crescimento, as empresas buscam as captações por meio das debêntures. Financiado pelos debenturistas, esse investimento é disponibilizado para as empresas em forma de valor mobiliário lançado por ações e sociedades.

    Quando você oferece seus recursos para a empresa, você se torna um credor e por isso, receberá uma remuneração.

    LCI

    A Letra de Crédito Imobiliário trata-se de um rendimento de renda fixa que é emitido por instituições financeiras. Ela pode ser pós ou pré-fixada e contém uma base em créditos imobiliários que também são protegidas pelo FGC..

    Uma outra vantagem deste investimento é que ele é livre de IOF. O valor do investimento mínimo exigido pelo Banco do Brasil é de R$ 500,00 e conta com liquidez diária depois de 90 dias. Depois dessa fase, o investidor tem direito de fazer saques diários, com a condição de manter o valor mínimo de R$ 500,00 como saldo.

    LCA

    O LCA são as Letras de Crédito do Agronegócio. As instituições financeiras são responsáveis em emitir esses títulos. Com o LCA você empresta o seu dinheiro e ele volta acompanhado de uma taxa. Este tipo de investimento também é garantido pelo FGC em até R$ 250 mil, com a possibilidade de ser remuneradas com taxas pós ou pré fixada.

    É possível investir pouco dinheiro e lucrar?

    Apesar da maioria das pessoas acharem que é impossível investir pouco dinheiro e lucrar, é importante tirar essa mentalidade da cabeça. O mercado atual conta com diversas opções de investimento e por isso, é importante conhecer elas para investir bem. Clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro render mais.

    Gostou? Deixe seu curtir
    Compartilhe nas suas redes sociais

    Leia a seguir

    • Como sair do vermelho

      Dívida atrasada de cinco anos: o que fazer?

    • Como sair do vermelho

      Como a Selic a 5% afeta a sua vida?

    • Como sair do vermelho

      19 nichos de negócios para investir

    • Como sair do vermelho

      Saiba como ganhar dinheiro com aluguel de ações

    Ver mais conteúdos

    Veja o que estão comentando

    Cadastre-se e receba grátis as melhores dicas e conteúdos sobre o mundo financeiro
    Ainda não tem uma conta?