Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Microempreendedor Individual: saiba o que é e quem pode ser

Por Camila SilveiraPublicado em

O Microempreendedor Individual, mais conhecido como MEI, é o profissional autônomo que opera no mercado como um empresário de pequeno porte. Sendo assim, qualquer pessoa que se torna esse tipo de trabalhador passa a possuir o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, também chamado de CNPJ.

É por meio desse cadastro que o profissional MEI consegue emitir notas fiscais, contribuir para a Previdência Social e contratar um funcionário, que poderá receber o piso da categoria ou um salário mínimo vigente (R$ 1.045).

Microempreendedor Individual: deveres, direitos e benefícios

O MEI pode receber anualmente, no máximo, R$ 81 mil. Caso esse valor ultrapasse, o profissional deixa de fazer parte dessa categoria de empresa.

Além disso, vale lembrar que o microempreendedor deve pagar uma taxa fixa mensal que inclui os impostos da Previdência Social, do ICMS e o ISS, dependendo da atividade exercida.

Essa taxa representa uma porcentagem do salário mínimo vigente e deve ser paga pelo Programa Gerado de DAS do Microempreendedor Individual (PGMEI), que fica disponível no site da Receita Federal.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

A partir do momento em que o empresário se cadastra como microempreendedor, ele passa a contribuir com a Previdência Social e, isso quer dizer que, ele terá direito a benefícios como a aposentadoria, auxílio-doença, pensão por morte, entre outros. Por isso, não há necessidade de um contrato social.

O capital social do microempreendedor pode ser estabelecido apenas como a soma dos equipamentos que possibilitam o seu trabalho.

Quem pode ser um Microempreendedor Individual?

Por lei, qualquer profissional do país pode abrir uma microemprensa individual. Além disso, pessoas que possuem carteira assinada, auxílio família, auxílio-doença, aposentadoria por invalidez ou seguro desemprego também podem se tornar MEI.

Porém, é importante destacar que os servidores públicos, pensionistas, sócios de outras empresas e estrangeiros sem visto permanente possuem mais restrições para se legalizarem como microempreendedores.

Como dissemos anteriormente, o faturamento máximo para essa modalidade de empresa é de R$ 81 mil por ano, cerca de R$ 6.750 mensais. Caso esse valor ultrapasse, é necessário migrar para outra faixa de empresa.

De acordo com a regulamentação do MEI, há mais de 400 tipos de profissionais que se encaixam nessa modalidade. Para saber, acesse o site do Governo Federal.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, basta deixar o seu comentário para nós. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Como conseguir internet de graça? Saiba como se conectar

Saiba como ganhar dinheiro online rápido

Inflação hoje: entenda como o seu dinheiro é afetado

Golpe do CPF falso: conheça e saiba como se proteger

Conheça 10 cursos de finanças gratuitos para aprender a investir

ID Jovem: guia completo 2022

Vale a pena parcelar compras no cartão com inflação em alta?

Copa do mundo 2022: quanto custa completar o álbum?