Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Minha Casa Minha Vida

Por Guilherme GadelhaPublicado em

O programa Minha Casa Minha Vida é um incentivo do Governo Federal para facilitar o acesso da população à sua casa própria. A parceria é entre os municípios, Estados e instituições sem fins lucrativos. No entanto, existem algumas exigências que precisam ser respeitadas para alcançar o sonhado imóvel. Confira os requisitos no texto de hoje e descubra como funciona.

Para quem é e como funciona?

O benefício é direcionado para a população cuja a renda bruta é de até R$ 7 mil reais. As facilidades vão desde descontos, subsídios e diminuimento do valor de seguros. Em casos de famílias onde a renda é de até R$ 1.600, existe o programa Habitação Urbana.

Este programa possibilita que pessoas residentes de cidades onde a população é maior que 50 mil habitantes e não possuem imóvel tenham acesso à algumas vantagens no programa. Por meio dele é possível se inscrever de forma gratuita através de cooperativas habitacionais ou associações sem fins lucrativos.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Minha Casa Minha Vida: requisitos

Para ter acesso ao benefício, é importante cumprir alguns requisitos:

  • Ter mais de 18 anos;
  • A família interessada deve possuir uma renda de até 3 salários mínimos;
  • Nunca ter sido beneficiada por algum programa habitacional do Governo;
  • Não possui financiamento ou casa própria;
  • Documentos que comprovem renda;

Ainda sobre os requisitos, vale lembrar que mesmo aqueles que possuem restrições no nome em órgãos de proteção ao crédito como o SPC e Serasa podem participar do programa.

Faixas de renda do Minha Casa Minha Vida

Também é importante lembrarmos que o programa contempla quatro situações financeiras diferentes, sendo elas:

  • Famílias com renda de até R$ 1.800,00;
  • Famílias com renda de até R$ 2.600,00;
  • Famílias com renda de até R$ 4.000,00;
  • Famílias com renda de até R$ 7.000,00.

Cada situação oferece diferente tipos de benefícios para os interessados. Você pode checar os detalhes aqui.

Quem ganha acima de R$ 7 mil tem direito?

Não. Se você ganha acima desse valor não poderá participar do Minha Casa Minha Vida. Sendo assim, é interessante buscar outras alternativas nesse momento como, por exemplo: um financiamento.

Após ser inscrito, será necessário aguardar uma seleção do órgão responsável. Depois de aprovados, os selecionados deverão comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal, prefeitura ou órgão que participa do programa para assinar o contrato e financiar o imóvel.

Você pode saber mais detalhes sobre, no site da Caixa Econômica Federal.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Guilherme Gadelha

Publicitário e Redator na Foregon. Gosta do universo financeiro e tem a escrita como hobby e profissão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Organizze: veja o passo a passo de como usar o aplicativo para controlar suas finanças

Cashback: guia completo

Dia dos namorados: como economizar?

5 dicas para você cuidar do seu dinheiro e gastar sem culpa

Dia dos Namorados: planejamento financeiro em conjunto

Reserva de emergência: o que é e como montar?

Está apertado? Confira como fazer um empréstimo seguro!

Banco Inter: conheça a conta digital kids