Foregon.comConteúdos

Quanto custa morar na Inglaterra?

Por Janaína TavaresPublicado em
Compartilhe

Quem nunca escutou a famosa frase “Chá das 5” ou até mesmo pensou num lugar com rainhas e reis? Pois é, estamos falando da Inglaterra. Além de ser um local com tradição monárquica, o país pode ser o destino perfeito para você construir raízes. Mas afinal, morar na Inglaterra compensa?

No texto que preparamos, vamos mostrar que assim como outros lugares, morar na Inglaterra exige planejamento financeiro. Muito mais do que isso, você precisa saber o que é necessário para residir por lá e ter uma boa experiência.

Visto para morar na Inglaterra

O primeiro item para você prestar atenção é no visto. Para facilitar sua vida, separamos os principais tipos de autorizações, caso você queira entrar no país:

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20
  • Tier 1: é o visto para estudantes de pós-graduação formados no Reino Unido; pessoas que desejam investir no país (com recursos mínimos de £200.000 mil libras), profissionais de alta qualificação e investidores (com recursos de mais de £1.000,000 de libras).
  • Tier 2: para trabalhadores de alta capacitação profissional e que pretendem morar em Londres por meio do suporte da empresa. É necessário comprovar a oferta de emprego e a empresa deve explicar a necessidade do trabalho de outra nacionalidade. Veja os valores: a partir de £464 (até três anos) e £1.220 (mais de três anos).
  • Tier 3: este tipo de visto está suspenso, sem previsão para retorno.
  • Tier 4: ideal para estudantes que ficam no país por menos de seis meses. Se for o seu caso, saiba que não é permitido trabalhar. Isso só é possível em casos de graduação e pós-graduação, respeitando as cargas horárias determinadas pelo consulado. O valor do documento fica £348.
  • Tier 5: por último, esse visto é para estudantes que desejam morar em Londres e estão vinculados em algum programa de mobilidade, sendo a duração máxima de dois anos. Esse documento também serve nos casos de trabalhadores temporários, por no máximo um ano.

Além disso, situações como voluntariado, intercâmbio, ações humanitárias, participações em eventos religiosos e esportivos também são levados em conta. Só é preciso apresentar uma Carta de Aceitação nos estudos ou Carta Convite do trabalho, contendo todas as informações da atividade. Já o valor desse documento fica em: £244.

Moradia na Inglaterra

Impossível morar na Inglaterra sem antes avaliar as opções de moradia, afinal o lugar que você escolher vai influenciar no valor do aluguel. Por exemplo, Londres é a cidade mais cara para residir na Europa.

Para viver em um apartamento afastado do centro fica entre £1.000 e £1.700. Já em Liverpool, um cômodo de mesmo tamanho pode custar £650. Uma boa diferença, não é mesmo?

Nossa dica é que você pesquise antes da viagem. É aconselhável também ficar atento em relação aos valores das moradias porque o preço do aluguel online pode ser semanal ou mensal.

Leve em consideração que nesse preço pode conter taxas adicionais além dos serviços básicos, como o imposto municipal e a licença para TV (obrigatória até para canais públicos).

Custo de vida

Lembre-se que se sua opção for Londres, o custo de vida para uma pessoa que mora sozinha pode chegar a £2.000. Esse valor, incluindo apenas contas básicas de água, luz, alimentação e transporte. Porém, tudo depende do estilo de vida de cada um.

O ideal é você ter dinheiro suficiente para se manter durante um tempo, caso não tenha um emprego ainda. Por outro lado, em relação à alimentação, é possível fazer uma economia.

Para ser bem sucedido nessa parte, o segredo é ter paciência e pesquisar preços, optar por locais mais baratos e aproveitar as promoções dos supermercados.

Vantagens e desvantagens

Para você ficar mais preparado em relação à sua viagem, destacamos alguns benefícios e desvantagens de morar na Inglaterra:

Cultura: o acesso à cultura é garantido em todos os sentidos. Museus, shows, peças de teatro, castelos, música, cinema, festivais de dança e muito mais. O Reino Unido é conhecido por ser um excelente pólo cultural;  boas opções de passeio para mergulhar na história do país.

Transporte público: a mobilidade também é um diferencial ao se mudar para a Inglaterra. Os meios de transporte são eficientes, seguros e conectados. Fique tranquilo porque você consegue chegar em qualquer lugar utilizando ônibus, metrô e trem.

Clima: para quem não é muito fã de frio se prepare porque na maioria dos dias, você vai ver o céu cinzento e bem nublado. Principalmente entre novembro e março, o frio se intensifica, atingindo temperaturas abaixo de zero. O segredo é se agasalhar bem nesses momentos.

Mercado de trabalho: você vai notar que é em Londres a grande concentração de empregos. O lado negativo é que o custo de vida é bem mais alto, além da competição acirrada, já que o local possui muitos imigrantes.

Se sente mais preparado para embarcar na sua viagem? Qualquer dúvida, comente aqui pra gente. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Janaína Tavares

Jornalista e produtora de conteúdo, é Redatora na Foregon. Apaixonada por cinema e pelo mundo asiático, seu foco está em entregar textos úteis e inspiradores.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Como funciona o limite do cheque especial?

  • Dicas financeiras

    Como fazer a Carteira de Trabalho?

  • Dicas financeiras

    Concurso público: o que é e como funciona?

  • Dicas financeiras

    25 receitas de Natal econômicas para uma ceia completa

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras