Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

O que é necessário para fazer um financiamento imobiliário?

Por Thais SouzaPublicado em

A aquisição da casa própria costuma ser o maior investimento das pessoas durante a vida. Mesmo com os altos preços dos imóveis, esse sonho pode se tornar realidade através do financiamento imobiliário. 

Confira neste artigo o que é necessário para fazer um financiamento imobiliário e saia de vez do aluguel, investindo no seu futuro. 

Entenda o que é financiamento imobiliário

Os financiamentos são maneiras de parcelar em várias vezes um bem ou serviço, fazendo com que o valor caiba no seu orçamento. Eles são realizados pelos bancos, que pagam ao vendedor do imóvel a quantia que quem compra quer financiar. A partir daí, o comprador deve pagar as parcelas ao banco que realizou o financiamento.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Escolha a melhor opção para você

Vários bancos oferecem o financiamento, cabe a você estudar a melhor condição de pagamento e duração do contrato, conforme o seu objetivo. 

Casa instituição financeira possui uma taxa de juros diferente, influenciadas por fatores como: valor financiado, renda do contratante, dentre outros. Ou seja, quanto maior for o risco de inadimplência com o banco, maior a taxa de juros.

Por isso, antes de escolher a melhor instituição financeira para o seu financiamento é importante comparar as condições

Tipos de financiamento imobiliário

Existem duas modalidades de financiamento: Price e Sistema de Amortização Constante (SAC):

  • Tabela Price: o valor da mensalidade se mantém constante do começo ao término do contrato;
  • SAC: as parcelas começam mais altas e vão diminuindo ao longo do contrato.

No caso da SAC, a amortização ocorre mais rápido, por isso, os juros costumam ser menores em relação ao sistema Price.

Escolha seu imóvel

A escolha do imóvel também é uma fase muito importante, ainda mais se tratando de um investimento de longo prazo. 

Compare valores, estado de conservação, localização e, em caso de imóvel usado, também é necessário ficar atento se os impostos e a documentação estão em dia, ou se não fazem parte de inventário de herança. Afinal, todo cuidado é pouco para não ter problemas no futuro. 

Documentos necessários

Os documentos a serem apresentados variam conforme a instituição financeira, porém, os obrigatórios são: 

  • Documento de identificação (RG, Carteira de habilitação);
  • CPF;
  • Comprovante de endereço;
  • Certidão de estado civil, de casamento ou de união estável;
  • Comprovante de renda (holerites ou, no caso de profissionais autônomos, extratos bancários e faturas do cartão de crédito).

Dica Foregon

Antes de tomar qualquer decisão financeira é essencial que você faça um planejamento financeiro para não correr o risco de assumir uma dívida que não conseguirá quitar no futuro.

Por isso, separamos alguns artigos que podem te ajudar neste processo: 

Não esqueça de deixar o seu like. 😉

Até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida de pessoas que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Score de crédito: guia completo

Como criar a sua própria empresa de pagamento em 5 passos

Como funciona o serviço de pagamentos Facebook Pay?

Como ganhar dinheiro indicando amigos no PagBank?

Carteira digital White Label: é uma boa opção para o seu negócio?

5 dicas para alcançar a estabilidade financeira

Bandeiras tarifárias da conta de luz: entenda

5 dicas financeiras para alcançar suas metas em 2021

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras