Foregon.comConteúdos

O que é TEV e qual a diferença entre TED e DOC?

Por Claudia BorgesPublicado em
Compartilhe

Transações bancárias podem ser bem confusas quando não entendemos bem como as coisas funcionam, não é mesmo? Por exemplo, você já percebeu que na hora de fazer uma transferência bancária aparecem algumas siglas, como TEV, DOC e TED? E você sabe a diferença entre elas?

Transferência Eletrônica de Valores

A Transferência Eletrônica de Valores (TEV) é o nome que se dá às transações financeiras realizadas dentro de uma mesma instituição bancária. Parece complicado, certo? Mas vamos entender melhor abaixo:

Como funciona?

Imagine que você está em um bar com um amigo e percebe que esqueceu seu cartão em casa, mas você tem acesso ao aplicativo do banco no seu smartphone, e seu amigo tem uma conta no mesmo banco que você. Então você transfere para ele o valor da sua conta no bar, para que ele realize o pagamento com o cartão dele. Você acaba de fazer uma TEV.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

A TEV não tem custos e fica disponível em até 10 minutos na conta de destino.

Quais as principais regras da TEV?

Basicamente, são 4 regras principais que você deve conhecer a respeito desse tipo de transferência:

Custos

Fique atento, pois para transferências entre contas de um mesmo banco não existe nenhum custo. Isso vale, independentemente, se a transferência foi para uma conta corrente, poupança, pessoa física ou pessoa jurídica.

Limite

No caso da TEV, vale destacar que ela tem limites que variam conforme o tipo de conta, o banco escolhido e também pelo perfil financeiro do cliente. Mas, para verificar quais são os valores máximos que podem ser transferidos, você pode procurar nos seguintes lugares:

  • No site da instituição financeira;
  • No caixa eletrônico;
  • No Internet Banking, basta ir até o menu que fala sobre limites;
  • No aplicativo do seu banco.

Segurança

A TEV é conhecida por ser um tipo de transferência mais fácil de ser identificada, se comparada a um depósito em dinheiro realizado diretamente no caixa. Assim, a pessoa que está está transferindo o valor conta com mais segurança.

Horário

Além de ser um método seguro, a TEV também é rápida. Isso significa que o valor é transferido imediatamente para a conta do beneficiário, geralmente em até 10 minutos. Este tempo vale para os dias úteis, finais de semana e feriados.

Qual a diferença entre TED e DOC?

O TED e o DOC funcionam de maneiras bem parecidas: os dois servem para efetuar uma transferência de valores entre contas de diferentes bancos. A diferença entre eles é o valor limite de transferência e o tempo que leva para esse dinheiro ficar disponível na conta do destino. Vamos entender melhor?

Transferência Eletrônica Disponível

A Transferência Eletrônica Disponível (TED) não tem valor mínimo e nem máximo e, se feito até as 17h, fica disponível na conta destino em até 60 minutos. Se for feito entre 17h e 21h59, o dinheiro estará na conta no dia útil seguinte. Se feito após às 22h, ele leva 2 dias para entrar.

Funciona assim:

  • Se você faz uma transferência na segunda, às 14h até às 15 ele já estará aparecendo na conta para o qual foi transferido;
  • Se você fizer a transferência às 18h na segunda feira, o valor transferido estará disponível na terça feira;
  • Se você faz essa mesma transferência às 23h na segunda feira, o dinheiro só aparecerá na conta de destino na quarta feira.

Vale lembrar que os exemplos citados foram para dias úteis. Em caso de feriado o prazo conta a partir do dia útil seguinte.

Documento de Crédito

O Documento de Crédito (DOC) pode ser feito para valores até R$ 4.999,99 e o valor transferido só ficará disponível no dia útil seguinte à transferência, para transações feitas até as 21h59. Transações feitas após as 22h só estarão disponíveis 2 dias após a transferência.

Para ambas a transações é necessário saber:

  • Nome do banco para o qual será feita a transferência;
  • Número da agência;
  • Número da conta;
  • Se a conta é corrente ou poupança;
  • CPF do titular da conta destino.

As duas transações possuem taxas, mas não existem valores pré determinados, dependendo de cada banco e até mesmo do tipo de pacote de produtos que a pessoa responsável pela transferência possui. Em alguns, esse tipo de transação está inclusa no pacote e não é cobrada. Vale aqui consultar seu banco antes, ok?

Agora que já sabe como funciona, ficará mais fácil decidir qual escolher, quando precisar. Mas caso ainda esteja com alguma dúvida ou queira fazer algum comentário, pode deixar aqui pra gente e logo te responderemos.

Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Claudia Borges

Estudante de Jornalismo e estagiária de Redação na Foregon. Alia seu conhecimento na área administrativa com sua paixão por escrever e sempre busca agregar conhecimento em seus textos.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Mibank: conheça

  • Dicas financeiras

    WhatsApp clonado: o que fazer?

  • Dicas financeiras

    Como calcular o valor de uma dívida?

  • Dicas financeiras

    O que é linha de crédito e como obter uma para sua empresa?

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras