Foregon.comConteúdos
    1. Dicas financeiras

    Para onde vai o dinheiro do IPTU?

    Por Janaína TavaresPublicado em
    Compartilhe

    Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) é mais um tipo de encargo que os brasileiros precisam pagar no ano. Contudo, você sabe para onde vai o dinheiro? Veja esta e outras informações no artigo que preparamos para você.

    Entenda o IPTU?

    Este imposto é cobrado pelas prefeituras do Brasil, sendo que toda cidade escolhe os critérios para a cobrança. Além disso, quem deve pagar pelo IPTU são os donos de imóvel urbano. Este espaço pode ser:

    • Sala comercial;
    • Casa;
    • Apartamento;
    • Outro tipo de propriedade em uma região urbanizada.

    Importante: vale ressaltar que o preço do imposto varia de acordo com a avaliação do imóvel.

    Para onde vai o dinheiro do IPTU?

    Como este tributo é cobrado pelos municípios brasileiros, o dinheiro arrecadado também é destinado a eles. Dessa maneira, o valor pode ser utilizado em obras na cidade. Só não se esqueça que se você atrasar esse pagamento, haverá a cobrança de multa.

    Quem é obrigado a pagar?

    • Todo proprietário de imóvel que seja Pessoa Física (consumidores) ou Pessoa Jurídica (empresas). Caso você tenha mais de uma residência, terá que pagar o IPTU desta também.

    Outra regra a respeito do tributo é que você precisará pagar o Imposto Territorial Urbano (ITU) no lugar do IPTU, caso tenha um terreno sem nenhuma área construída.

    Aliás, para as pessoas que não vivem numa área urbana incide o pagamento do Imposto Territorial Rural (ITR).

    Quem é isento?

    Isso depende porque cada cidade tem suas próprias regras na hora de aplicar o imposto e suas condições de isenção.

    Porém, algo que pode tornar você isento deste tributo é o seu imóvel ter valor venal abaixo da média estabelecida pela prefeitura.

    Mas o que seria esse valor venal? Basicamente, se refere ao valor base do imóvel e é diferente do valor de mercado. Quem o utiliza é a prefeitura para ter um parâmetro na hora de calcular os impostos a serem cobrados.

    Como é feito o cálculo desse imposto?

    O principal fator para o cálculo do IPTU, neste caso, é o valor venal. No entanto, cabe lembrar que alguns fatores podem influenciar no valor deste item, tais como: localização do imóvel, área construída, tamanho do terreno e tipo de acabamento.

    Sendo assim, com todas essas informações, é possível multiplicar o valor venal pela alíquota que cada município estabelece para o IPTU.

    Descomplicamos?

    Agora que você já sabe para onde vai o dinheiro do IPTU, conte pra gente se ficou com alguma dúvida a respeito deste imposto. Até a próxima!

    Gostou? Deixe seu curtir
    Compartilhe nas suas redes sociais

    Leia a seguir

    • Dicas financeiras

      Guia do CNIS: entenda tudo sobre o assunto

    • Dicas financeiras

      Guia completo do DANFE online: descubra tudo sobre ele

    • Dicas financeiras

      Banco next amplia sua oferta de serviços em 2020

    • Dicas financeiras

      Conheça os Mimos que o cartão next oferece aos clientes

    Ver mais conteúdos

    Veja o que estão comentando

    Cadastre-se e receba grátis as melhores dicas e conteúdos sobre o mundo financeiro
    Ainda não tem uma conta?