Ir para o conteúdo principal
Foregon.com

Plano de Saúde com Coparticipação: como Funciona

Por Janaína TavaresPublicado em

Qualidade editorial: Nosso conteúdo é construído por uma equipe profissional que coloca a dúvida do leitor no centro da sua escrita. Cada autor traz o seu conhecimento para responder e solucionar sua busca, entregando valor por meio da verificação de dados, aprofundamento da pesquisa e reputação do nosso site.

Segurança e privacidade: Somos responsáveis por manter seus dados protegidos quando você acessa nosso site. Trabalhamos com total transparência e respeito ao seu consentimento, colocando você no controle de seus dados. Conheça nossa política de privacidade.

Você sabe o que é um plano de saúde com coparticipação? Ele é bem parecido com um seguro tradicional, já que é preciso pagar as parcelas mensais e o cliente tem direito a atendimento na rede credenciada. Contudo, a diferença é que, no caso da coparticipação, você paga por cada exame ou consulta, além dos custos mensais do plano.

O que você procura?

Plano de saúde com coparticipação ou seguro tradicional

Apesar de ter algumas características do seguro tradicional, o plano de saúde com coparticipação possui algumas especificações:

  • A parcela cobrada custa menos do que a mensalidade de um seguro tradicional;
  • Quem não necessita fazer tantas consultas ou exames com frequência, tende a gastar menos com essa opção;
  • O cliente só precisa pagar as consultas. Para casos de internações ou cirurgias, não é preciso gastar nenhum valor a mais.

Faça uma simulação e compare

Para ter certeza de que o plano de saúde com coparticipação é a melhor escolha, vale a pena solicitar o orçamento destes dois tipos para saber os custos de cada um. Logo depois, calcule a diferença que existe na mensalidade.

Dessa forma, escolhendo o plano mais em conta, você sai economizando. Então, logo que fazer esse cálculo, veja quanto terá que pagar por uma consulta ou exame no plano de coparticipação. Se compensar, a alternativa ideal para suas necessidades será esta.

Opções de planos para empresas

Tanto pessoas físicas como jurídicas podem aderir a um plano de assistência médica . No caso das empresas, elas conseguem contratar de maneira coletiva para os seus colaboradores passarem por consultas e realizarem exames médicos periódicos.

Além disso, são elas que custeiam os gastos mensais do convênio médico. No entanto, se o funcionário utilizar alguns dos serviços, ele terá um desconto no salário que varia de acordo com a consulta e o atendimento realizado.

É interessante destacar ainda que as empresas também permitem que o colaborador inclua dependentes ao convênio médico. Sendo assim, seus familiares podem receber atendimento, mas a coparticipação virá descontada direto no holerite da pessoa.

Gostou do conteúdo que preparamos para você! Comente aqui para sabermos. Até a próxima!

Compartilhe

Escrito por:

Janaína Tavares
Redatora

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.