Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Por que investir em fundos imobiliários?

Por Sabrina VansellaPublicado em

Você sabia que é possível investir em imóveis mesmo não havendo compra de empreendimentos? Sim, estamos falando do fundo imobiliário.

O que é o fundo imobiliário? (FIIs)

Primeiro é necessário entender o que são os chamados "fundos imobiliários", basicamente, são os imóveis "repartidos em pequenas partes".

É possível fazer uma analogia com os aluguéis de um prédio, por exemplo, cada morador paga por uma parte. Os que vivem em grandes apartamentos pagam aluguéis mais altos, ou seja, possuem uma cota maior.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

O fundo é parecido com esta divisão. Os chamados cotistas são os responsáveis pelo dinheiro reunido no investimento.

As denominadas cotas, são negociadas na bolsa de valores, e podem ser compradas. Mas antes de tudo, é necessário se cadastrar em uma corretora, no site coloque o código do fundo imobiliário e pronto! 

O dinheiro investido no fundo é usado para comprar imóveis, financiar crédito imobiliários por meio de títulos de renda fixa (LCI e CRI), e outras aplicações relacionadas ao setor.

Comparado à compra de imóveis, os fundos imobiliários apresentam algumas vantagens:

  • Não existe preocupação com gestão e manutenção de imóvel;
  • Baixo valor de aplicação;
  • É possível diversificar em diferentes fundos;
  • Liquidez, pois é possível vender a cota do fundo a qualquer momento na Bolsa.
  • Menor risco de inadimplência, ou seja, você não tem prejuízo se um ou outro inquilino não ocupe mais o imóvel por conta da sua carteira de investimentos.

Tipos de fundos imobiliários

Para simplificar, existem três tipos de fundos imobiliários:

  • Papel: nesta opção o investimento está em papéis atrelados a imóveis, como o LCI e o CRI;
  • Tijolo: investimento em imóveis físicos. Desde um shopping, hotel, hospital, galpão, terreno, entre outros;
  • Híbridos: desde fundos em imóveis e físicos como também títulos de renda fixa.

E como ganha dinheiro?

Existem duas formas de ganhar dinheiro com FIIs, o diferencial deste investimento é que ele está atrelado tanto a renda passiva como também a renda variável em determinada circunstâncias. 

Bom, a primeira forma de receber sua parte do investimento, é com os recebimentos periódicos do fundo imobiliário. Quando o aluguel é pago pelo inquilino, o dinheiro vai para o fundo e depois é dividido entre os cotistas, mais conhecido como dividendos. Esta maneira de investimento é mais interessante para os que não desejam arriscar e se interessam em pagamentos periódicos.

A segunda maneira mais atrelada a renda variável, é o ganho pela valorização da cota. Por exemplo, lugares atrelados ao ambiente online tiveram maior valorização. E os investidores que enxergam este avanço arriscam em uma boa perspectiva.

Descomplicamos?

Esperamos que tenha gostado de entender um pouco mais sobre os fundos imobiliários! Se tiver alguma sugestão, faça um comentário. Até logo!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Sabrina Vansella

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos noticiosos e sobre dicas financeiras. Procura simplificar e melhorar a qualidade de vida dos usuários e, para isso, preza por uma pesquisa assídua e uma escrita clara.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Portabilidade de investimentos: guia completo

Vale a pena investir em empresas recém-chegadas na Bolsa?

Invista como uma mulher: 5 destaques femininos no mundo dos investimentos

Liquidez diária nem sempre é a melhor para seus investimentos. Entenda

Entenda o que é efeito manada e como ele pode afetar os seus investimentos

Décimo terceiro salário: como e onde investir?

Investimento: opções para curto, médio e longo prazo

Liquidez nos investimentos: o que é? Quais os tipos?