Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Quais as despesas dedutíveis do IRPF

Por Claudia BorgesPublicado em

Sempre que começa um novo ano, começa também a preocupação com o Imposto de Renda, que é quando declaramos ao governo nossa renda e gastos do ano anterior. Segundo a tabela do IR, quem ganha menos que R$ 1.903,98 não precisa fazer o pagamento do IRPF. Existem ainda, algumas despesas que são dedutíveis do IR. Continue lendo que falaremos sobre elas. 

Um dos pontos que causa mais dúvidas sobre o IPRF (Imposto de Renda de Pessoa Física) são as chamadas despesas dedutíveis, mas quais são elas? 

Gastos dedutíveis do IPRF

Despesas dedutíveis são valores que você gastou durante o ano com algum serviço ou produto que envolvam educação, saúde e dependentes. Esses valores são subtraídos do valor a pagar de imposto, ou restituídos, em casos onde a captação da taxa é feita direto na folha de pagamento.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Despesas com saúde

Despesas dessa natureza podem ser deduzidas integralmente do pagamento IR, porém para cada despesa é preciso informar alguns dados, veja abaixo:

  • Nome do profissional;
  • CPF do profissional ou CNPJ da clínica;
  • Valor pago.

Se você tem plano de saúde e recebeu algum reembolso, ele deve ser informado também. Caso exista mais de um gasto para o mesmo profissional, você pode somá-los e fazer um único lançamento.

Preste muita atenção ao preenchimento dessa categoria na sua declaração do IR, pois é a maior causa de contribuintes passarem pela malha fina. 

Despesas com educação

Diferente das despesas com saúde, nessa categoria a tabela do IR aplica um limite para os gastos no valor de R$ 3.561,50. Quem tem dependente declarado no IRPF tem direito a deduzir o valor de R$ 2.275,08 por dependente.

Despesas com pensão alimentícia

Todo o valor pago a título de pensão pode ser deduzido de forma integral na sua declaração de IRPF, desde que seja um acordo homologado em juízo, ou acordo judicial.

A pessoa que recebe, por outro lado, terá de pagar o imposto referente ao valor recebido. Entretanto se o pai ou a mãe decidir pagar um valor acima do acordado judicialmente, não incidirá imposto sobre essa diferença.

Despesas com previdência oficial e privada

As contribuições com o INSS são 100% dedutíveis no IPRF. Já se você paga previdência privada a tabela do IR diz que: para quem tem Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) ou Fundo de Aposentadoria Programada Individual (Fapi) fica limitado a abater 12% dos rendimentos tributáveis durante o ano.

Porém os valores de aporte ao PGBL só serão dedutíveis se o trabalhador também contribuir para o INSS. Já para quem está na modalidade Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL) não existe possibilidade de dedução.

Para te ajudar a entender melhor e sanar todas suas dúvidas vamos deixar mais alguns conteúdos que talvez sejam de seu interesse:

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Claudia Borges

Estudante de Jornalismo e estagiária de Redação na Foregon. Alia seu conhecimento na área administrativa com sua paixão por escrever e sempre busca agregar conhecimento em seus textos.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Instagram como ferramenta de negócios: guia completo

Como recarregar Bilhete Único pelo celular?

PicPay: como fazer cobranças pelo aplicativo?

Caixa abre 10 mil vagas de emprego para concursados, estagiários e aprendizes

Open Banking ou Open Finance: o que você precisa saber sobre esses sistemas

Não consegue guardar dinheiro? Conheça a “poupança por assinatura”

Golpe da revisão do INSS: veja como se proteger

Quer mudar de carreira? Confira essas dicas para trocar de profissão