Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Qual a diferença entre leasing e financiamento?

Por Camila SilveiraPublicado em

O sonho do carro próprio é uma realidade presente na vida de muitos brasileiros, mas que muitas vezes não é realizado devido aos preços dos carros e condições financeiras. A boa notícia é que existem formas de pagamentos facilitadas como o financiamento e o leasing, que podem ser uma boa alternativa para você. Entenda a diferença entre os dois e confira qual é a melhor opção.

O que é leasing?

O contrato do leasing funciona por meio de um arrendamento mercantil, ou seja, o carro é alugado por um determinado tempo pelo consumidor. Sendo assim, a compra desse veículo só acontece depois do pagamento do contrato e se a pessoa quiser. 

Exemplo: uma instituição financeira compra um carro e aluga para um cliente. Para realizar esse procedimento, o consumidor precisa assinar, junto à instituição, um contrato que define o tempo e o preço a ser pago. Após essa compra ser totalmente quitada, o consumidor poderá escolher entre ficar com o veículo, devolver ou renovar o contrato.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Portanto, é válido saber se você conseguirá arcar com todas as prestações do carro pelo leasing. Essa modalidade pode ser uma boa opção por ser mais barato e não ter muitos impostos. Porém, pode ser desvantajoso caso você não consiga pagar todas as mensalidades. O preço baixo e as isenções de impostos aumentam as chances do veículo ser tomado por inadimplência.

Financiamento ou leasing?

A principal diferença entre o leasing e o financiamento, é que o veículo financiado de forma tradicional estará no nome do comprador desde o início. Porém, o carro não pode ser negociado enquanto não sejam pagas todas as parcelas da compra. No leasing, a venda também não pode ser feita antes do fim do contrato, afinal, esse veículo é propriedade do banco.

Uma vantagem que o leasing possui é a isenção do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF). Além disso, a aprovação do crédito pode ser mais fácil, já que registrar o carro como propriedade do banco serve como fiança de que a dívida será paga. 

E agora?

Cada contrato tem as suas vantagens e desvantagens. Portanto, ao comprar um carro, procure saber quais são os seus motivos, suas condições financeiras e escolha a modalidade de pagamento que melhor atenda suas necessidades.

Você vai gostar de saber

Esperamos ter ajudado. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Onde usar a carteira digital Apple Pay?

Digio estreia no Apple Pay: veja como ativar

Aplicativos colaborativos: conheça 4 Apps que podem facilitar a sua vida

Oportunidade: 24 empresas abrem vagas de emprego, estágio e trainee

Oportunidade: estão abertas cerca de 3 mil vagas de emprego e estágio

Nubank finalmente chega ao Apple Pay: veja como cadastrar e utilizar

Tem mais de um cartão de crédito? Saiba como controlar as suas finanças

Como ser um motorista de aplicativo 5 estrelas?