Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Qual idade mínima para abrir MEI?

Por Thais SouzaPublicado em

A forma em que as pessoas estão encarando a vida profissional vem mudando a cada dia. Hoje, muitos jovens pensam em empreender antes mesmo de cogitar uma graduação. Mas afinal, existe idade mínima para abrir uma empresa e se formalizar como MEI

Jovens e o empreendedorismo

Vários jovens enxergam no empreendedorismo a oportunidade de trabalhar com o que amam, serem gestores das próprias carreiras e crescer atingindo seus objetivos profissionais com o próprio esforço.

Segundo uma pesquisa GEM, feita pelo Sebrae, só em 2017, o número de jovens empreendedores cresceu de 50 para 57% em todo país. Isso prova que graduar em uma faculdade e seguir carreira em uma empresa não é mais uma realidade predominante entre os jovens brasileiros.

Afinal, existe idade mínima para abrir MEI? 

Mesmo com o número crescente de jovens empreendedores, a lei determina que a idade mínima para abrir MEI seja 18 anos. 

Porém, você não precisa esperar ser maior de idade para abrir o próprio negócio e se formalizar. Jovens que têm entre 16 e 18 anos poderão registrar-se como MEIs se forem legalmente emancipados. 

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Nesse caso, ao se inscrever no formulário de MEI no Portal do Empreendedor, será obrigatório preencher a Declaração de Capacidade, assumindo a sua condição e que tem o seguinte texto: "Declaro, sob as penas da lei, ser legalmente emancipado". 

O que é a emancipação

A emancipação é um mecanismo legal que dá a "capacidade civil" a jovens menores de 18 anos. Quando um jovem é emancipado, ele pode exercer alguns direitos que não seriam permitidos para os menores de idade.

As hipóteses de emancipação são:

  • Ato judicial;
  • Concessão dos pais;
  • Casamento;
  • Colação de grau em curso de ensino superior;
  • Exercício de emprego público efetivo.

Menor de idade pode ser MEI, mas deve conhecer os desafios

Mesmo que a lei permita que jovens emancipados de 16 a 18 anos possam abrir seu próprio negócio e se formalizar como MEI, alguns desafios ainda terão que ser enfrentados. 

Contratar empréstimos e financiamentos, por exemplo, é algo quase que indispensável na hora de investir em uma empresa. Porém, menores de 18 anos não podem solicitar esse tipo de serviço, o que pode ser uma barreira. 

Algumas entidades privadas ou órgãos do governo oferecem apoio aos empreendedores e alguns ainda podem financiar o seu projeto caso ele seja interessante. Portanto, é fundamental que os jovens não tenham medo de pedir ajuda.

Agora que você já entende melhor como funciona a idade mínima para MEI, confira alguns conteúdos que vão te ajudar a se formalizar de uma vez por todas: 

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário que a gente descomplica para você. 

Até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Itaucard Click Visa Platinum: conheça todos os benefícios e peça já o seu

5 dicas para se planejar a longo prazo

Score Serasa: conheça a nova função de bloqueio e desbloqueio de consultas

Conheça 5 aplicativos que enviam dinheiro para o exterior

Quais mudanças o Open Banking traz para a nossa vida financeira?

BRL: entenda o que essa sigla significa na sua fatura do cartão

Corte 17 despesas mensais que podem se transformar em renda extra

Aplicativos para aumentar score de crédito: verdade ou mito?