Foregon.comConteúdos

Quem está negativado pode fazer o FIES? Veja como conseguir

Por Thais SouzaPublicado em
Compartilhe

Estar com o nome negativado nos órgãos de proteção ao crédito pode impedi-lo de conseguir diversos produtos e serviços financeiros, como cartão de crédito, financiamentos e empréstimos. Mas, uma dúvida que muitos estudantes têm é: quem está com nome sujo pode fazer o FIES? 

Sobre o FIES 

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é uma alternativa para estudantes de baixa renda que não podem arcar com a mensalidade de um curso superior. 

Com o financiamento estudantil é possível pagar a faculdade com juros mais baixos e um prazo maior. Além disso, o aluno só começa a pagar a dívida do FIES depois de formado.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Quem está negativado consegue fazer o FIES? 

Por se tratar de um financiamento, a burocracia na hora de contratar o FIES é grande e penas quem se encaixa nos requisitos pode entrar na disputa para as vagas.

Em meio a isso, a pergunta que não cala é: como fica a situação das pessoas que estão negativadas?

Sim, é possível solicitar o FIES mesmo com o nome negativado. Desde 2013, o estudante não precisa mais comprovar a "idoneidade cadastral", ou seja, quem tem restrições no nome também pode se inscrever no programa. 

Como conseguir FIES mesmo com o nome sujo?

O estudante que estiver com o nome sujo pode se inscrever no FIES, porém continua impedido de usar os mecanismos de fiança solidária ou convencional.

No entanto, há uma alternativa: você pode optar por usar o Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC) como fiador do contrato de financiamento estudantil. 

Para contar com o fundo será necessário se encaixar nos seguintes requisitos:

  • Estudante com renda familiar mensal per capita de até um salário mínimo e meio;
  • Estudante matriculado em cursos de licenciatura;
  • Bolsista parcial do Programa Universidade para Todos (ProUni) que opte por inscrição no FIES no mesmo curso em que é beneficiário da bolsa.

Vale ressaltar que só será possível utilizar o FGEDUC se a faculdade escolhida tiver aderido a essa modalidade.

Quem não pode solicitar o FIES com o nome negativado? 

Mesmo com o FGEDUC, alguns estudantes que possuem o nome sujo não podem solicitar o FIES. Isso acontece quando a pessoa está inadimplente com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC).

Ou seja, se você estiver nessa situação, não será possível se inscrever no FIES ou utilizar o Fundo Garantidor. 

Outras alternativas ao programa

Quem não conseguir o FIES pode optar pelo financiamento estudantil privado. Quer saber mais? Então confira as opções que separamos para você:

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário que a gente descomplica para você. 

Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Como redatora, preza por conteúdos completos, passados de forma simples. Busca impactar a vida de pessoas que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro. Nas horas livres, a Thais gosta de ler e cozinhar. “Sou apaixonada pelo universo de investimentos, o que me motiva é ter a oportunidade de ajudar você, de maneira simples e descomplicada. Meu objetivo é te ajudar com uma informação rápida e prática. E o que mais me deixa feliz é o seu comentário.”

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Como funciona o Vivo Money?

  • Dicas financeiras

    Data de vencimento e fechamento da fatura: qual a diferença?

  • Dicas financeiras

    Conta Simples: como funciona e quais os benefícios?

  • Dicas financeiras

    Black Friday 2020: a edição que está gerando altas expectativas

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras