Ir para o conteúdo principal
Foregon.com

Use a regra do 50-15-35 e organize sua vida financeira

Por Leonardo JacominiPublicado em

Quem é que já não passou por momentos complicados com a falta de dinheiro? Sair das dívidas é o objetivo de muita gente. Você já conhece a regra do 50-15-35? Essa alternativa pode ajudar o seu orçamento.

50-15-35

A regra é muito simples e, consiste em dividir o seu orçamento liquido em três partes. Essencial, prioridades financeiras e estilo de vida. Com essa divisão, procura-se ter dinheiro para as compras do dia a dia, pagar as contas e ainda para eventuais diversões.

Os valores são porcentagens que devem ser separadas de seu salário ou salário mais bonificações. Esse dinheiro deve ser aplicado de forma que, atendam suas necessidades e te ajudem a controlar sua vida financeira. Que tal começar já no próximo mês?

Aprenda a usar a regra do 50-15-35

Gastos essenciais – 50%

Metade de sua renda, ou seja, 50% deve ser destinada para os gastos essenciais. Esses gastos compreendem moradia, educação, transporte, alimentação, saúde, enfim, são os necessários para viver e se manter no dia a dia.

Prioridades financeiras – 15%

15% de sua renda liquida deve ser destinada para as prioridades financeiras. Esse dinheiro deve ser usado para saldar as dívidas. Se você não tem dívidas no momento, pode investir esse valor, como por exemplo no Tesouro Direto. Ou fazer uma reserva de emergência

Lembrando que, em alguns casos, a dívida pode necessitar mais do que somente 15% da renda, até equilibrar o orçamento pessoal. Mas assim que estiver no azul de novo, volte a seguir o plano.

Estilo de vida – 35%

Para gastos com hobbies, lazer, diversão, restaurantes, academia, salão de beleza e afins, deve-se separar 35% de sua renda. É muito importante frisar que, o estilo de vida, deve vir depois dos gastos essenciais, pois, são gastos que não podem ficar de fora do orçamento.

O estilo de vida é uma boa categoria para usar como economia para um objetivo. É possível juntar dinheiro para viagens ou juntar dinheiro para comprar um automóvel, por exemplo.

Colocando em prática a regra do 50-15-35

Primeiro, organize suas contas. Veja o que entra e o que sai de seu orçamento, para ter um valor real e poder aplica-lo às categorias. Essa organização é muito vantajosa, pois, diminui os riscos de fazer compras por impulso, além de conhecer suas prioridades de compras.

Fazer seu planejamento ficará mais fácil a partir da regra do 50-15-35. Você passará a conhecer seu orçamento, organizado e simplificado em três categorias necessárias de consumo.

Gostou das dicas? Navegue à vontade em nosso blog e fique por dentro do mundo financeiro! Até logo!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Leonardo Jacomini

Jornalista, produtor de conteúdo e apresentador. Filme ou série, série ou filme? Aliás, tem os livros também! Escolho do nada e embarco em cada história. Amo escrever sobre finanças ou coisas que ajudem as pessoas, mas a área de vídeo é onde me sinto plenamente em casa. - Fez parte do time Foregon de 2017 a 2020 -

Ver todos os posts

Leia também

Aumento do salário mínimo 2024 e economia de horas extras

Posso Fazer Portabilidade de Salário Mesmo Devendo o Banco?

IGP-DI: Valor Atual e o Acumulado de 2023

IPC-Fipe 2023: Conheça o Índice de Preços ao Consumidor

Descubra Agora: Buser é Confiável? Uma Análise Detalhada

Poupançudo da Caixa: Como Adquirir os Cofres Divertidos?

Finanças para Millennials: um guia passo a passo

Como Declarar Imposto de Renda: Passo a Passo para 2024