Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Seja uma revendedora de roupas e aumente sua renda

Por Guilherme GadelhaPublicado em

O setor de roupas é um tipo de comércio que sempre há demandas, por isso, ser uma revendedora de roupas pode ser uma excelente forma de aumentar a sua renda. Quer saber quais são os passos para começar a revender a sua mercadoria? É só continuar a leitura do nosso texto!

Como se tornar uma revendedora de roupas

Antes de tudo, é fundamental entender que vender e revender roupas são coisas diferentes. Isso se deve em relação ao investimento e lucro.

Para ser uma revendedora de roupas é necessário comprar peças diretamente de distribuidores ou fábricas por um preço mais barato. Isso irá permitir que você as revenda para outras lojas e clientes por um preço que te dê uma certa quantidade de lucro.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Uma vez que escolher revender roupas para lojas, é importante se atentar ao percentual de lucro. Ele deve ser no máximo 50%.

Esse limite existe porque as lojas precisarão colocar uma porcentagem de ganho em cima da mercadoria e se você subir muito o preço do produto, é bem provável que eles não irão fechar negócio com você.

Economizar uma quantia pode ser um bom caminho para economizar mais, visto que quanto mais peças você comprar de uma vez, maior será o desconto.

Procure pelas roupas certas

Entender o mercado irá abrir mais caminho para você aumentar a sua renda como uma revendedora de roupas. Conhecer o seu público-alvo e as tendências irá ampliar as suas chances de venda.

Especializar-se em um segmento como moda feminina, masculina, roupas íntimas e afins, fará com que você seja um ponto de referência, o que pode ser muito interessante para o seu negócio e bolso.

Tipos de revendedora de roupas

Você pode ser revendedora de duas formas. A primeira delas é filiar-se a uma marca específica, enquanto a outra é trabalhar de forma autônoma.

Ao trabalhar como afiliado, você irá se limitar em alguns pontos. O primeiro deve-se ao fato de você só poder revender roupas dessa marca com uma margem de preço pré-estipulada por eles.

Contudo, ao ser uma revendedora de roupas autônoma, você terá liberdade para escolher as peças que irá vender. Porém, é provável que você terá mais trabalho, mas o lucro pode fazer valer a pena.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Guilherme Gadelha

Publicitário e Redator na Foregon. Gosta do universo financeiro e tem a escrita como hobby e profissão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Dívida atrasada de cinco anos: o que fazer?

Como a Selic a 5% afeta a sua vida?

Saiba como ganhar dinheiro com aluguel de ações

Endividamento: conheça os fatores psicológicos

Falta de dinheiro abala a autoestima?

Conheça os efeitos psicológicos de uma crise financeira

Vantagens e desvantagens entre LCI, LCA e CDB

Saiba como ganhar dinheiro como Uber: 30 dicas