Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Moedas das Olimpíadas 2016: Quanto Valem? [Atualizado]

Por Thais SouzaPublicado em

O Brasil sediou as Olimpíadas de 2016 e o Banco Central, como uma forma de homenagem, emitiu milhares de moedas de R$ 1 temáticas, com desenhos de modalidades esportivas e dos mascotes dos jogos. Quem optou por guardá-las, pode vendê-las para colecionadores por um alto preço.

Veja como aumentar suas chances de aprovação e outras dicas

Cadastre-se grátis para receber, dicas de produtos financeiros, recomendações, ofertas e muito mais:
Ao continuar você aceita nossos termos de uso e política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Enviado!

Seus dados foram enviados com sucesso!

  • Se você chegou até este artigo porque tem interesse em comprar ou vender moedas raras, não deixe de conferir as dicas que separamos para você.

O que você procura?

Moedas das Olimpíadas são vendidas por até R$ 7 mil

Já imaginou o seu R$ 1 se tornar R$ 400? Pois é, em alguns sites como o Mercado Livre, a coleção de 17 moedas das Olimpíadas está sendo vendida por R$ 7 mil, equivalente a mais de R$ 400 por moeda.

Foto de uma mão segurando duas moedas das Olimpíadas de 2016.

As moedas especiais são fabricadas em quantidade limitada. Portanto, muitos colecionadores pagam caro por isso.

Coleção de moedas das Olimpíadas

A primeira moeda da coleção foi lançada em 2012, com o intuito de homenagear a entrega da bandeira olímpica ao Brasil. Ela é a mais rara de ser encontrada por ser mais antiga e ter menos exemplares. Como consequência, é considerada a mais valiosa.

Depois, as moedas das modalidades esportivas e mascotes foram lançadas e, ao todo, foram fabricadas 20 milhões de unidades para cada modelo. Veja quais são:

  • Moeda da entrega da bandeira olímpica (2012);
  • Atletismo (2014);
  • Natação (2014);
  • Paratriatlo (2014);
  • Golfe (2014);
  • Basquetebol (2015);
  • Vela (2015);
  • Paracanoagem (2015);
  • Rúgbi (2015);
  • Futebol (2015);
  • Voleibol (2015);
  • Atletismo paralímpico (2015);
  • Judô (2015);
  • Boxe (2016);
  • Natação paralímpica (2016);
  • Mascote Vinícius (2016);
  • Mascote Tom (2016).

Vale a pena comprar moedas Olímpicas agora?

Mesmo que algumas coleções de moedas das Olimpíadas podem ser encontradas por R$ 17 mil, em uma busca rápida na internet, você acha exemplares que vão de R$ 6 a R$ 500.

Tudo vai depender da moldura em que elas estão e do estado de conservação. As moedas mais caras são aquelas que ficaram pouquíssimo tempo em circulação e que não possuem riscos ou manchas.

Além disso, se você deseja pagar um valor menor na coleção, pode comprar as moedas separadamente, que geralmente são vendidas por um preço menor.

Vale a pena vender minhas moedas agora?

Se você possui a coleção de moedas das Olimpíadas, o melhor a se fazer é esperar, já que, quanto mais o tempo passa, mais difícil fica de encontrá-las e como consequência, mais alto o valor. Por isso, procure deixá-las guardadas e conservadas.

Qual o valor de moedas antigas?

Além das moedas das Olimpíadas de 2016, outros modelos podem ser muito valiosos, como as moedas antigas, por exemplo. Confira:

  • Moeda comemorativa de 20 reais, Taça do Mundo de Futebol, 1994: R$ 4 mil;
  • Moeda comemorativa de 20 reais, AyrtonSenna, 1995: R$ 3.600;
  • Moeda comemorativa de 20 reais, 500º aniversário do Brasil: R$ 2.500;
  • Moeda de 300 cruzeiros, 1972. Ouro: R$ de 4 mil a 5 mil;
  • Moeda de 10 mil réis, 1901-1922: R$ 2 mil.

Como vender as moedas das Olimpíadas 2016?

  1. Faça uma avaliação sobre o valor da moeda na casa de leilão Brasil Moedas Leilões ou no site Ternor&Pellizzari. Forneça fotos e informações sobre as moedas para que a avaliação seja feita da melhor forma possível;
  2. Feito isso, aguarde o resultado gerado pelo site e consulte o valor da moeda;
  3. Por fim, busque formas de vender as suas moedas das Olimpíadas de 2016 e pronto!

Site para vender moedas antigas

Com os marketplaces ficou mais fácil vender e comprar produtos, incluindo itens para colecionadores. Sites como Ebay e Mercado Livre, por exemplo, são excelentes para anunciar as suas moedas antigas e atrair compradores de todo o país.

Apesar disso, é importante ficar atento com possíveis golpes, já que as transações são realizadas pela internet. O recomendado é que a efetivação da compra aconteça totalmente dentro da plataforma ou de forma presencial.

Caso o cliente solicite que você entre em contato com ele pelas redes sociais para efetivar a compra, desconfie.

Compradores de moedas antigas

Além dos marketplaces, você pode utilizar outras três formas para encontrar compradores de moedas antigas. Veja agora:

  • O site da Sociedade Numismática Brasileira divulga diversos compradores de casas de leilões e até mesmo Pessoas Físicas que desejam adquirir moedas para completar a própria coleção;
  • O calendário de encontros de colecionadores também pode te ajudar a encontrar compradores de moedas antigas através de encontros presenciais;
  • Por fim, é possível encontrar possíveis compradores em anúncios de catálogos especializados em numismática.

Moedas conservadas valem mais

É importante ressaltar que para vender as moedas das Olimpíadas de 2016, elas precisam estar em perfeitas condições, chamadas de "flor de cunho", sem riscos ou manchas. Moedas que já circularam no mercado perdem grande parte do valor.

De acordo com Edivan Lima, diretor de divulgação da Sociedade Numismática Brasileira, que reúne estudiosos e colecionadores de moeda, o estado de conservação da moeda é de extrema importância.

"As pessoas imaginam que é só tirar a moeda do bolso, junto com várias outras moedas, que já foram tocadas, e acham que vão conseguir esses valores. As que atingem preço alto são moedas que saíram do banco e já foram guardadas, não houve toque", afirma.

Onde encontrar moedas das Olimpíadas 2016 para comprar?

É possível encontrar alguns exemplares de moedas ainda disponíveis para venda no site da Casa da Moeda e do Banco do Brasil.

Além dos 16 modelos de R$ 1 de aço, o Banco Central lançou quatro modelos de ouro e 16 de prata, voltado para os colecionadores. A tiragem máxima autorizada foi de 5.000 e 25 mil unidades, respectivamente. Enquanto as de prata custam oficialmente R$ 195, as de ouro valem R$ 1.180.

Conclusão

E aí, ajudamos você a entender melhor sobre as moedas das Olimpíadas de 2016 e seus respectivos valores? Esperamos que sim.

O nosso objetivo é descomplicar todos os assuntos que envolvem finanças, bem como auxiliar você a encontrar o produto financeiro ideal.

No Portal da Foregon, você consulta o seu CPF de forma totalmente gratuita e recebe as melhores ofertas de cartão de crédito, conta digital e empréstimo, de acordo com o seu perfil. Ficou interessado? Consulte o seu score agora mesmo e aproveite todas as vantagens oferecidas pela nossa plataforma!

Consulte seu CPF grátis e receba as melhores ofertas!

Mais de 300 opções entre cartões de crédito, contas e empréstimos.

Consultar CPF grátis
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Perguntas frequentes (FAQ)

Qual é a moeda mais cara das Olimpíadas?

A moeda da bandeira olímpica é a mais cara, justamente por ser mais antiga e difícil de ser encontrada. Apesar disso, o seu valor vai depender do estado de conservação.

Qual é o valor das moedas das Olimpíadas?

No site do Mercado Livre, a coleção de 17 moedas das Olimpíadas vale até R$ 7 mil, o que equivale a aproximadamente R$ 412 por moeda. Porém, os valores mudam, de acordo com o estado de conservação.

Quais são as moedas de R$ 1 valiosas?

A da Declaração Universal dos Direitos Humanos, Bandeira dos Jogos Olímpicos, Tiragem de 1999, 40º Aniversário do Banco Central e Centenário de Juscelino Kubitschek.

Quanto vale a moeda de R$ 1 do Beija-flor?

A moeda de R$ 1 com o desenho do beija-flor alimentando seus filhotes no ninho, em alusão à gravura da cédula de R$ 1 lançada em 94 não é tão valiosa. Na internet você encontra por uma média de R$ 60.

Qual banco compra as moedas das Olimpíadas?

Os bancos não compram as moedas das Olimpíadas. No entanto, você pode divulgar a sua coleção de moedas em sites, como o Mercado Livre, para aumentar as suas chances de vender.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Guia Completo dos Bancos: Tudo o que você Precisa Saber

CDI, SELIC ou IPCA: Conheça os Indexadores dos Investimentos

Bolsa Americana: saiba como Investir no Exterior

Evite Multas: Saiba Declarar Imposto de Renda MEI

É Preciso Incluir Pensão Alimentícia no Imposto de Renda?

Sonegação de Impostos: como Evitar Problemas com a Receita

Conheça 5 opções de Investimentos de alto Retorno para Jovens

Foregon: Como usar a Plataforma para Planejar suas Finanças?