Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Viagem de final de ano: escolha o melhor destino e economize!

Por Leonardo JacominiPublicado em

Anda pensando na viagem de final de ano? Quem é que não deseja dar uma parada e descansar para voltar renovado ao trabalho? Se não anda tão fácil se planejar, nós te ajudamos nessa!

Roteiro, data, passagem e tantas outras coisas para se decidir. Uma boa viagem é feita também de uma boa organização. E você vai ver que, mesmo não tendo muito dinheiro sobrando, é possível se divertir.

Fique atento aos lugares que mais recebem turistas na viagem de final de ano. As cidades e seus pontos turísticos ficam cheios e os preços são bem mais salgados, desde produtos até passagens e acomodações.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Tem fila em tudo! Se você quer fugir delas, disputar um espaço na areia, passar horas no trânsito, que tal escolher um destino mais calmo para passar com a família ou amigos?

viagem-de-final-de-ano-economia

Agora, se você quer estar onde todos estão, nas principais cidades do mundo, vai precisar de calma e ânimo. Mas, as férias não exigem pressa, então curta cada momento onde estiver! 

Então, vamos escolher o roteiro e fazer a melhor viagem?

Como dissemos, você pode optar por sua viagem de final de ano em baixa ou alta temporada. O ponto positivo de escolher a segunda opção é encontrar as passagens mais baratas.

O que é a alta e baixa temporada?

A alta temporada é o período no qual os lugares recebem um número maior de turistas. Geralmente, nas férias escolares, final de ano e feriados prolongados. Já a baixa temporada é quando a procura por esses lugares é pequena, o que costuma "baratear" os custos com hospedagem e viagem.

Viagem de final de ano planejada!

viagem de final de ano

Você não sai com sua família em seu carro sem saber para onde ir, certo? Assim como você certamente planeja o lugar, horário de saída, também precisa rever os detalhes.

O melhor hotel, qual meio de transporte compensa mais, carro, avião ou ônibus.

Lembre-se que, nem sempre a passagem mais barata é a que mais compensa. É importante observar junto a passagem, o horário de entrada no hotel, para não perder diária no hotel. Dependendo do voo, ele pode ter mais escalas, fazendo você perder tempo.

Procure evitar não viajar em dias de feriado do final de ano, como 25 de dezembro e 1 de janeiro. Você pode acabar ficando "preso" em um terminal pelo alto número de pessoas e eventuais atrasos.

Fique tranquilo comprando com antecedência

Não é preciso acertar as férias com um ano de antecedência. Mas, se você quiser viajar com tranquilidade, é preciso que você se planeje para evitar gastos desnecessários.

Quem viaja, tende a guardar dinheiro para isso. Lembrancinhas, passeios, entre outros gastos que você deve estar preparado. Por isso, não abuse do seu cartão de crédito, procure usá-lo para comprar as passagens e pagar despesas em restaurantes.

Para aquele dinheiro que você economizou, uma dica para você não andar com ele por aí e ter mais segurança, use um cartão pré-pago. Você recarrega com o valor que desejar e usa normalmente nas maquininhas.

Com ele você paga na moeda local de acordo com o câmbio do dia. Dessa forma, livre-se das taxas de um único dia e pode economizar uma boa quantia nas quedas do câmbio.

Passagens

Alguns sites de viagem sugerem que a melhor época para comprar passagens é entre 2 e 3 meses antes da partida para destinos nacionais, e de 3 a 4 meses para os internacionais. Esse é o período em que as agências de turismo, companhias aéreas e hotéis costumam divulgar promoções e descontos para as férias.

No entanto, é preciso ter muita paciência e determinação. Essas promoções costumam ser rápidas e, muitas vezes, não valem tanto quanto parece. O ideal é pesquisar com frequência e acompanhar a variação dos preços durante algumas semanas.

No caso de viagens internacionais, também é preciso ter muita atenção na hora de cotar a moeda estrangeira. Como elas variam muito diariamente, você corre o risco de pagar muito mais caro do que o esperado.

Ou seja, pesquise, pesquise e pesquise preços! É difícil dizer se um preço pode baixar mais ainda, uma promoção em site de companhias aéreas não costumam durar mais que algumas horas.

Planeje sua viagem com o orçamento feito

Caso sua família ainda não tenha um destino definido para a viagem de final de ano , faça as contas antes de fazer as malas. Planeje quanto de dinheiro você está disposto a gastar nessas férias e pesquise viagens que caberão no orçamento.

Se o dinheiro estiver curto, o interessante é buscar lugares menos populares pelo Brasil ou países vizinhos.

Viagem de final de ano para o exterior?

Muitas pessoas desejam conhecer outros países nas férias. As mesmas dicas que você viu anteriormente servem para esse tipo de roteiro. Escolher o lugar também se torna prioridade.

Existem lugares mais e menos movimentados. Os países que fazem frio no final de ano, como na Europa e Estados Unidos. Esses lugares apresentam menos filas e bons preços, além de agradar com a decoração especial, que pode valer muito a pena.

Como escolher um destino internacional?

existem lugares que, pelo fator da moeda e economia, acabam tendo uma grande diferença no final das contas. Como por exemplo, escolher entre França ou Argentina, a segunda opção com certeza terá custos menores, pelo peso argentino estar em desvalorização.

Conhecer o dinheiro que circula no país é importante, já que suas compras serão feitas sobre a valorização atual dele. Por exemplo, um país que usa o Peso como moeda, se torna mais econômico comparado aqueles que usam o dólar.

Que tal economizar mais ainda? Se você tiver um cartão de crédito que junte milhas, eleja ele como o principal para os gastos de sua família. Já que a cada determinado valor gera pontos, aproveite para comprar suas passagens aéreas com desconto ou até mesmo de graça.

Defina o teto de gastos

De acordo com o orçamento, calcule o quanto a família poderá gastar por dia de maneira que ninguém perca o controle sobre o dinheiro. Para destinos internacionais, por exemplo, podem planejar para gastar US$100 dólares diários para a família inteira comer, pegar transporte e entrada de atrações, caso elas não sejam gratuitas. Também faça uma reserva para compras de vestuário ou brinquedos.

Se no primeiro dia você gastar menos do que o planejado, pode usar essa margem nos dias seguintes para comer em um restaurante mais caro ou comprar um eletrônico que você estava de olho, já que em alguns países o custo pode compensar. Da mesma forma, caso gaste mais, tente compensar no próximo dia, comprando menos do que o teto.

Controle nas finanças

Como você viu, sua viagem de final de ano pode ser melhor aproveitada se bem planejada. E seu dinheiro tem uma parte muito importante nisso! Um dos seus aliados nos gastos é o cartão de crédito, mas é preciso ficar atento para ele não fazer o papel do vilão.

Pagar à vista é sempre o melhor negócio no ponto de vista financeiro. Você não "arrasta" uma dívida pelos próximos meses comprometendo seu orçamento.

Agora, quando uma compra for mais cara, como a compra de passagens e reserva de hospedagem, você pode escolher o parcelamento no cartão de crédito. O ideal é dividir em poucas vezes e escolher opções sem juros.

Parcelar?

Antes de dividir a compra, confira como anda outros parcelamentos já feitos. Se já comprometem sua renda ou até o limite do cartão, pode não ser uma boa alternativa.

Parcelar em mais vezes diminui o valor, mas compromete o seu orçamento, impedindo talvez de fazer uma compra mais importante.

Dicas bônus:

viagem de final de ano

1 – Chegue cedo ao aeroporto ou terminal

Com viagem de final de ano, os terminais costumam estar lotados, por isso, para evitar atrasos ou perder o avião, ônibus, etc. chegue com antecedência.

  • Voos nacionais: 2 horas
  • Voos internacionais: 3 horas
  • Lembre-se de chegar se houve alteração nos horários antes de sair de casa.

2 – Viajar em mais pessoas é mais econômico

Seja com a família ou amigos, reservar quartos para mais pessoas ou fretar condução, acaba sendo mais barato, já que o valor é dividido igualmente entre todos.

3 – Pesquise antes

Restaurantes, bares, lojas de conveniência. Tudo deve entrar no seu planejamento financeiro da viagem. Busque por restaurante e bares mais perto, para poder se deslocar a pé.

Busque por referências e pela avaliação dos clientes, e também se informe sobre os preços, para que a conta não seja um susto.

4 – Separe todos os documentos

Viajar de avião e ainda acompanhado das crianças é sempre muitos documentos e papéis. Se possível, compre um porta documentos e coloque tudo nele. Assim, na hora que precisar e em emergências, estará a mão.

5 – Leve lanchinhos

Se for viajar de carro ou mesmo de ônibus, é legal ter alguns lanchinhos durante o trajeto. Isso ajuda você a economizar nas conveniências durante as paradas, que nós sabemos que cobram preços absurdos.

6 – E o mais importante…

RELAXAR e DESCANSAR. Dê uma pausa em tudo o que te enche a cabeça e tenha em mente que você não tem pressa de chegar. Não vale a pena se estressar com filas, multidões e pequenos imprevistos.

Aproveite a sua viagem de final de ano da melhor forma possível. Depois, conta para a gente o que achou das nossas dicas e para onde você pretende viajar nas férias.

Te esperamos nos próximos posts, até lá!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Leonardo Jacomini

Jornalista e Produtor de Conteúdo Multimídia. Gosta de escrever sobre dicas úteis para o dia a dia, ainda mais quando o tema é economizar. Adora livros e assistir filmes e séries em seu tempo livre.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Digio estreia no Apple Pay: veja como ativar

Aplicativos colaborativos: conheça 4 Apps que podem facilitar a sua vida

Oportunidade: 24 empresas abrem vagas de emprego, estágio e trainee

Oportunidade: estão abertas cerca de 3 mil vagas de emprego e estágio

Nubank finalmente chega ao Apple Pay: veja como cadastrar e utilizar

Tem mais de um cartão de crédito? Saiba como controlar as suas finanças

Como ser um motorista de aplicativo 5 estrelas?

E-commerce: 6 erros mais comuns ao vender pelas redes sociais