Ir para o conteúdo principal
Foregon.com

Como quitar as dívidas até o final do ano? Veja dicas e soluções

Por Portal Vida LivrePublicado em

Qualidade editorial: Nosso conteúdo é construído por uma equipe profissional que coloca a dúvida do leitor no centro da sua escrita. Cada autor traz o seu conhecimento para responder e solucionar sua busca, entregando valor por meio da verificação de dados, aprofundamento da pesquisa e reputação do nosso site.

Segurança e privacidade: Somos responsáveis por manter seus dados protegidos quando você acessa nosso site. Trabalhamos com total transparência e respeito ao seu consentimento, colocando você no controle de seus dados. Conheça nossa política de privacidade.

Se você possui dívidas, mas quer pagá-las para voltar a ficar tranquilo com sua vida financeira, saiba que há algumas estratégias comprovadas para quitar suas contas atrasadas. Com paciência e disposição para fazer algumas mudanças de hábitos por um período, é possível retomar o controle das suas finanças.

Uma das táticas muito usadas para sair dessa situação consiste em realizar a organização de gastos e descobrir onde pode economizar. A busca por produtos com preço mais em conta e a priorização de débitos com altas taxas de juros são outras técnicas que trazem bons resultados.

Contudo, o processo para se livrar das despesas atrasadas começa com informação, planejamento e disciplina. Pensando nisso, este texto apresentará para você dicas eficazes sobre como quitar dívidas e formas para obter uma renda extra. Portanto, continue lendo!

O que você procura?

Dicas de como quitar as dívidas

Ter liberdade e tranquilidade financeira não é um sonho inalcançável, mas você precisa passar por algumas etapas até chegar a esse objetivo. Sendo assim, acompanhe na sequência 9 dicas para conseguir pagar suas contas atrasadas.

Esteja ciente do tamanho da sua dívida

Faça uma lista com todo tipo de dívida que precisa quitar, como empréstimos, financiamentos, cartões de crédito e outras contas atrasadas. Também inclua despesas frequentes, incluindo água, luz, gás, telefone, alimentação e internet. A partir daí, entre em contato com as empresas e verifique todos os valores atualizados.

É importante ter conhecimento da sua situação financeira para identificar oportunidades e evitar um acúmulo maior de gastos. Além disso, ao falar com os credores é possível encontrar ofertas para renegociar ou pagar algum débito com desconto. Saber disso, ainda deixa você mais precavido e centrado para resolver esse problema.

Procure pagar as dívidas com maiores juros

As dívidas que possuem altas taxas de juros em poucos meses aumentam muito o valor e fazem você perder o dinheiro que servirá para outras despesas, por isso quite-as primeiro. Normalmente, nas faturas de cartão de crédito, empréstimos e financiamentos incidem percentuais elevados, mas fique atento, pois isso ocorre com outras contas.

Muitas vezes, são acrescentados juros de mora que é limitado a 1% e multa de até 2% sobre o total da parcela em atraso, como o Código de Defesa do Consumidor (CDC) determina. No entanto, existem tarifas para cobrir custos administrativos com cobranças e encargos adicionais que não têm restrições e pode chegar a 20% do montante atrasado.

Tenha o controle dos seus gastos e crie metas

Monte uma planilha ou use um aplicativo para controle de finanças. Nele, inclua as despesas fixas e variáveis que você precisa quitar por mês. Por exemplo, estabeleça deixar determinada quantia da sua renda para gastos com alimentação, outro valor para serviços essenciais, débitos, lazer e assim por diante.

Também defina prioridades, se houver muitas contas atrasadas, dê preferência aquelas que podem privar você do serviço como as de luz e água. Depois, procure pagar as dívidas com as taxas de juros mais altas. Mesmo que não consiga se livrar de todos os boletos, desenvolva um plano para regularizar todas as pendências mês a mês, no longo prazo.

Faça pesquisas antes de comprar

Para economizar dinheiro para pagar dívidas, compare preços dos produtos em diferentes lojas físicas e online. Utilize sites que fazem esse tipo de análise, siga redes sociais e portais de locais onde costuma realizar compras para encontrar ofertas e promoções. Preste atenção em datas especiais como Black Friday, Cyber Monday, Natal, Ano Novo etc.

Procure por cupons de desconto e códigos promocionais antes de quitar um pedido. Além disso, avalie bem os custos dos fretes, vendedores de regiões variadas apresentam valores diversos. Observe ainda a quantidade do produto, pois às vezes sai mais em conta adquirir um item num volume maior.

Corte gastos desnecessários

Eliminar despesas geradas por coisas que você pode viver um tempo sem elas ajuda obter dinheiro para quitar os débitos atrasados. Sendo assim, reduza a frequência com que vai a restaurantes, leve marmitas, lanches e água de casa para o trabalho ou estudo.  Antes de comprar algo, pergunte a si mesmo se realmente precisa daquele produto.

Também é melhor não contrair dívida por serviços que você usa pouco ou simplesmente não utiliza. Trocar os planos de TV a cabo, internet, telefone e contas bancárias por pacotes mais baratos são outras possibilidades. Em vez de carro de aplicativo, considere andar de ônibus ou a pé para economizar com academia.

Faça uma reserva de emergência

A reserva de emergência é um valor que você poupa para cobrir despesas e quitar dívidas em situações urgentes, como perda de emprego, problemas de saúde ou reparos inesperados. O ideal é que essa quantia seja suficiente para arcar com os principais gastos da sua casa por pelo menos 3 meses.

Por se tratar de dinheiro que você deve usar no caso de algum imprevisto acontecer, ele tem que ficar acessível em uma conta corrente, de pagamentos ou poupança. Contudo, dê preferência a um banco que não cobre taxas por saque e nem tarifas de manutenção. Também evite aplicar em investimentos de alto risco nesse momento.

Tente evitar fazer parcelas nas compras

Assumir dívidas de longo prazo exige que você tenha prudência e considere os débitos que ainda precisa quitar. Somente lance mão desse recurso caso se trate de uma compra de emergência ou de extrema necessidade.  Lembre-se que parcelamentos são mais indicados para aquisição de produtos e serviços caros.

Além do mais, procure escolher uma alternativa com poucas prestações num valor que tem menos chance de você atrasar e com menores juros. Contudo, se você tiver o dinheiro disponível, descubra se há a possibilidade de fazer o pagamento integral e obter um desconto no pagamento à vista.

Reduza a quantidade de cartão de crédito

Diminuir o uso e a quantidade de cartão de crédito é uma estratégia eficaz que ajuda a controlar melhor os gastos e evitar dívidas, porque limita o acesso ao crédito. Com menos opções para fazer compras a qualquer hora, há mais probabilidade de você resistir a impulsos e adquirir coisas desnecessárias.

Com menos contas atrasadas para quitar, torna-se mais fácil organizar tudo e identificar os tipos de despesas que você mais tem feito. Portanto, avalie que cartão oferece menores taxas em caso de atraso, é aceito nos estabelecimentos que frequenta, apresenta bons benefícios e recompensas, além de ter anuidade de baixo preço.

Tenha uma renda extra

Além do seu emprego, considere a possibilidade de ganhar dinheiro com pequenos trabalhos nas horas vagas tanto por curto quanto por longo tempo. Isso costuma ser uma solução útil para acelerar o processo de quitação de dívidas e melhorar a situação financeira geral.

Ao buscar outra fonte de remuneração e seguir seu plano financeiro, evitando o acúmulo de novas dívidas, é possível reduzir o total das pendências em menos tempo que o esperado. No entanto, lembre-se que isso depende do seu esforço, assim como das habilidades, interesses e recursos disponíveis que você possui.

Veja as opções para conseguir uma renda extra

Tanto pela internet como presencialmente existem várias formas de conseguir dinheiro para quitar suas contas atrasadas. Portanto, mantenha a leitura e confira na sequência 6 maneiras de obter uma renda extra e diminuir as dívidas.

Pense em fazer investimentos

Em algumas situações, compensa investir parte do seu dinheiro enquanto quita regularmente as dívidas. Costuma ser aconselhável adotar essa estratégia quando as taxas de juros ou o total das contas em atraso é baixo e há a possibilidade de obter ganhos maiores com aplicações. No entanto, evite as modalidades de alto risco.

Opte por alternativas de renda fixa, como poupança que permite ter acesso fácil aos seus rendimentos. Títulos do Tesouro Direto, Fundos Imobiliários, CDB e LC de curto prazo são outras opções, caso prefira uma rentabilidade mais alta. Empreender em algum tipo de negócio também se trata de uma boa tática.

 Venda coisas que já não usa mais

Você pode vender itens pessoais, como eletrônicos, roupas, acessórios ou qualquer coisa que não precise mais para conseguir uma renda extra que ajude a quitar as dívidas. Também servem os móveis e eletrodomésticos que estejam largados na sua garagem. Joias, relógios, instrumentos musicais, livros, CDs e DVDs são outras possibilidades.

É possível encontrar compradores online em sites, como OLX, Enjoei, Mercado Livre e diferentes portais. Vendê-los em lojas físicas especializadas em produtos de segunda mão, do mesmo modo, consiste numa boa tática. Mas antes de se desfazer do item, procure deixá-lo com a melhor aparência e pesquisar a faixa de preço na qual é comercializado.

 Freelancer de cabeleireiro, maquiador ou manicure

Se você possui um pouco de conhecimento nessas áreas, pode usar esse talento ao seu favor para ganhar dinheiro e quitar as dívidas. Ofereça seus serviços para amigos, familiares e considere ainda a possibilidade de montar um pequeno salão em casa ou ir à residência do cliente para prestar um trabalho personalizado.

Caso não tenha ferramentas e produtos, adquira o básico que permita atender a clientela. Por exemplo, demonstre aos fregueses que você é um especialista em determinado tipo de corte ou penteado. Depois, conforme recebe mais pedidos, compre o restante do material que falta e apresente mais opções as pessoas.

Venda de doces caseiros

Para começar a ganhar dinheiro com doces caseiros, você não precisa fazer um grande investimento. Geralmente é possível utilizar ingredientes simples e utensílios básicos de cozinha nesse tipo de atividade. Além do mais, sempre há clientela principalmente para consumo em eventos especiais.

Entre as opções mais lucrativas e que devem ajudar você a quitar suas dívidas estão os brigadeiros feitos de leite condensado, chocolate e manteiga. Já guloseimas como bolos decorados e cupcakes se tratam ótimas opções para festas. Pipoca gourmet, biscoitos ou pedaços de bolo em potes são bons para consumo a qualquer hora.

Crie uma loja virtual

Uma estratégia que costuma ser rentável e pode servir para quitar suas dívidas consiste em montar uma loja virtual. Você tem a possibilidade de vender produtos físicos, como artesanato, roupas, acessórios, eletrônicos, entre outros. Plataformas como Shopee e Mercado Livre permitem que qualquer pessoa crie um e-commerce facilmente.

Por outro lado, caso você seja criativo ou tenha conhecimentos específicos, experimente comercializar produtos digitais, como e-books, cursos online, músicas e apps. Também há o dropshipping, uma forma de comércio em que quando um cliente compra na sua loja, você faz o pedido para o fornecedor, mas manda entregar no endereço do consumidor.

Freelancer de tradutor e webdesign

Existem diversos tipos de atividades freelancers que podem ser feitas nas horas vagas e alguns dos mais rentáveis são de tradutor e webdesign. Em plataformas como 99Freelas e Workana há várias oportunidades. Se você tem conhecimentos para exercer essas funções, precisará de internet e um computador ágil, capaz de rodar os programas que usará.

Caso você não possua um aparelho adequado, lembre-se que se a compra for lhe trazer uma renda satisfatória para quitar as dívidas, vale a pena investir. Mas o equipamento deve ser eficiente para ajudar você a realizar mais trabalhos. Nesse sentido, confira também Os melhores notebooks para designer. Caso esteja procurando dispositivos mais em conta para trabalhar, não deixe de conferir também os notebooks com bom custo-benefício.

Aproveite as dicas de como quitar as dívidas e deixe tudo certo até o final do ano!

Se livrar das dívidas é uma jornada que requer planejamento, organização e determinação. Geralmente o primeiro passo consiste em identificar como está sua situação financeira. Depois, você deve procurar desenvolver um plano de ação realista, dando prioridade a contas atrasadas que possuem altas taxas de juros e são mais urgentes.

A partir daí, estabeleça metas que permitam manter o controle dos seus gastos e até sobre espaço para começar a montar uma reserva de emergência. Use diferentes estratégias e economize o máximo que conseguir. Tudo isso exige muita paciência e disciplina, mas os benefícios de quitar todos os débitos e ter paz compensam o esforço.

Compartilhe

Escrito por:

Portal Vida Livre
Mídia Online

Portal Vida Livre é uma mídia online que analisa uma variedade de produtos da atualidade para apresentar aos usuários a melhor experiência de seleção de mercadorias.