Foregon.comConteúdos

Consequências do CPF irregular no Banco

Por Jennifer FigueiredoPublicado em
Compartilhe

Um dos documentos mais importantes para o cidadão brasileiro é o CPF (Cadastro de Pessoa Física). Nele, ficam registrados seus dados mais importantes, como pagamento de contas ou dívidas existentes em seu nome. Ter o CPF irregular no banco pode causar constrangimentos na contratação de crédito, além de uma série de outras consequências. Entenda melhor a seguir.

O que é CPF irregular?

De acordo com a Receita Federal, o CPF pode estar em uma dessas cinco situações cadastrais:

  • Regular: não há nenhuma pendência no cadastro do contribuinte. Mas, vale lembrar que a situação cadastral é diferente de situação fiscal, sendo assim, o contribuinte pode estar com o cadastro regular mesmo tendo débitos junto à Receita Federal. Para verificar a regularidade fiscal, emita uma Certidão Negativa de Débitos ou faça uma Pesquisa de Situação Fiscal.
  • Pendente de Regularização: o contribuinte deixou de entregar alguma Declaração do Imposto Renda da Pessoa Física em pelo menos um dos últimos cinco anos.
  • Suspensa: o cadastro do contribuinte está incorreto ou incompleto.
  • Cancelada: o CPF foi cancelado devido à muitas inscrições ou por decisão administrativa/ judicial.
  • Titular Falecido: quando constatado o falecimento do contribuinte.
  • Nula: quando constatado fraude na inscrição do CPF.

Portanto, é importante estar atento às informações prestadas, mantendo-as atualizadas e cumprindo com suas obrigações com a Receita Federal. 

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Consultar Situação Cadastral no CPF

No site da Receita é possível fazer a consulta de forma gratuita. Verifique se seu cadastro está regularizado.

CPF irregular no Banco

Suas informações pessoais, principalmente as financeiras são compartilhadas entre as instituições. Por isso, sempre que solicitar crédito, essas empresas informam o prazo de análise, ou seja, o tempo que podem levar para consultar os dados disponíveis a seu respeito. Por isso, se o seu CPF estiver irregular, sua solicitação pode ser negada. 

Além disso, estar nessa situação pode acarretar em outros impedimentos, tais como:

  • Abrir ou movimentar contas bancárias;
  • Tirar o passaporte;
  • Participar ou assumir cargo em concursos públicos;
  • Receber sua aposentadoria;
  • Comprar ou vender bens de alto valor agregado;
  • Solicitar crédito como cartões, financiamento, empréstimos, entre outros;

Como regularizar minha situação?

O primeiro é verificar se deixou de fazer a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física obrigatório, nos últimos cinco anos. Se sim, é possível regularizar a situação entregando a declaração devida.

Caso tenha entregue todas as declarações ou não faça parte das categorias de declaração obrigatórias, é necessário fazer o pedido de regularização do CPF, junto à Receita. 

Esperamos ter descomplicado. Lembre-se que estamos aqui para te ajudar nas questões financeiras, então se tiver qualquer dúvida é só deixar nos comentários. 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Jennifer Figueiredo

Graduanda em Jornalismo pela Universidade do Oeste Paulista e Redatora na Foregon, gosta de falar sobre os produtos financeiros que oferecem as melhores vantagens. Nas horas vagas, procura a companhia de amigos para descontrair.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Passagem aérea mais cara: saiba como economizar na próxima viagem

  • Dicas financeiras

    Funcionário com contrato suspenso deve ter período de férias adiado

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras