Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Score 2.0: Serasa muda cálculo da pontuação, confira como fica

Por Nara LimaPublicado em

A Serasa mudou a forma com que calcula o score de crédito dos consumidores. Agora, com o score 2.0, os bons hábitos financeiros dos indivíduos serão ainda mais relevantes para a construção da pontuação.

O Score 2.0 priorizará informações do cadastro positivo, ou seja, os bons hábitos de pagamentos serão mais priorizados do que o histórico de dívidas de cada indivíduo. A faixa de pontuação continua sendo de zero a mil.

Como funciona o score?

Antes de entender como ficou o score 2.0, vamos ver o que é essa pontuação? O score de crédito é como se fosse uma nota que vai de 0 a 1.000 que indica para o mercado quais são as chances de se pagar as contas em dia.

Quanto mais próxima de 1.000 chegar a sua pontuação, maior é a chance de você obter crédito no mercado. O mesmo acontece ao contrário, quanto mais próximo você se encontrar de 0, mais difícil será conseguir crédito.

Essa pontuação é definida pelos birôs de crédito do país e cada birô possui seus critérios para o cálculo do score. Por isso, se você consultar seu score na Serasa e no Boa Vista, por exemplo, verá que terá diferenças na pontuação.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Até então, a Serasa tinha outros métodos de cálculo e a sua pontuação era o score 1.0. São seis critérios de análise, sendo que cada um deles tem um peso diferente na composição do score:

  • Comportamento de consultas/consultas para serviço e crédito;
  • Crédito contratado;
  • Histórico de dívidas;
  • Pagamento de crédito;
  • Pagamento de dívidas e tempo de uso do crédito.

Continue a leitura e confira o que mudou com a chegada do score 2.0.

Serasa score 2.0: o que muda?

A principal diferença entre o Score 1.0 e 2.0 está no peso de cada componente usado para medir o intervalo de pontos. Agora, as contas pagas em dia e o comportamento de pagamentos registrado no Cadastro Positivo passa a ter um peso ainda maior na definição do Serasa score.

Serasa 1.0

  • Histórico de dívidas: peso 30,2%;
  • Pagamento de dívidas: peso 26,4%;
  • Consulta para serviço e crédito/comportamento de consultas: peso 17,4%;
  • Pagamento de crédito: peso 13,9%;
  • Tempo de uso de crédito: peso 8,4%;
  • Crédito contratado: peso 3,6%.

Serasa 2.0

  • Pagamento de crédito: peso 43,6%;
  • Consulta para serviço e crédito/comportamento de consultas: peso 19,3%;
  • Histórico de dívidas: peso 13,7%;
  • Tempo de uso do crédito: peso 10,1%;
  • Crédito contratado: peso 7,9%;
  • Pagamento de dívidas: peso 5,5%.

Como podemos ver, no score 2.0, pagar suas parcelas de empréstimo, financiamento, crediários ou fatura do cartão de crédito em dia é o fator mais importante para melhorar a pontuação de score.

Outra grande mudança é a possibilidade de monitorar o histórico de dívidas da Serasa e dados do SPC Brasil em um só lugar.

O Score 2.0 tem como principal objetivo tornar a fotografia da vida financeira da população mais realista. Essa mudança pode auxiliar um grande número de brasileiros a conseguirem crédito de forma mais simples.

Você pode conferir seus dados por meio do aplicativo Serasa, disponível gratuitamente para Android e iOS, espaço onde também serão disponibilizadas explicações sobre as mudanças que ocorreram no seu score.

Como aumentar o score Serasa 2.0?

Se você precisa aumentar a sua pontuação de score e não sabe por onde começar, não se preocupe! Confira as dicas que separamos para você.

A principal dica é atenta-se ao pagamento em dia das suas faturas de cartão de crédito ou parcelas de empréstimos e financiamentos. Uma alternativa é cadastrar essas dívidas no débito automático da sua conta. Assim, você evita de esquecer o pagamento e ainda faz movimentações bancárias, o que também é benéfico para o score.

Esperamos que esse conteúdo seja útil para você e sua vida financeira. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe seu comentário aqui embaixo.

Até mais!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

C6 Bank permite empresas venderem através de links de pagamentos; saiba mais

Apple deseja entrar no mercado financeiro e oferecer produtos e serviços

Desafio Santander: como ganhar até R$ 100 com o cartão de crédito

PagBank oferece até R$ 600 para quem fizer portabilidade de salário

Cadastro Positivo liberou crédito para mais de 22 milhões de pessoas, diz Serasa

Banco BV lança opção de cartão sustentável

BB premia clientes Ourocard selecionados com 5 mil pontos Livelo

Novo valor do salário mínimo de R$ 1.212 é promulgado em 2022