Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

De que forma o score de Crédito Influencia nas taxas de juros?

Por Thais SouzaPublicado em

Muitas pessoas conhecem o score como uma pontuação que define se o consumidor será ou não aprovado quando solicitar um produto ou serviço financeiro, como empréstimo, cartão de crédito ou financiamento. O que poucos sabem é que a pontuação também define as condições que serão oferecidas para o contratante, incluindo as taxas de juros.

Neste artigo você vai entender melhor o que é o score e como ele influencia nas taxas de juros do seu financiamento, empréstimo e até limite do cartão de crédito.

O que você procura?

O que é score de crédito?

O score de crédito funciona como uma nota individual das finanças de cada consumidor. Esta nota fica vinculada ao seu CPF e é utilizada pelas empresas e bancos que concedem crédito, como empréstimos, financiamentos ou cartões.

Sempre que alguém solicitar algum produto financeiro, o score é consultado pelo banco emissor para uma análise de risco de inadimplência. Quanto maior for o seu score, maiores serão suas chances de aprovação.

Como o score de crédito influencia nas taxas de juros?

Apesar dessa pontuação ser um dos principais fatores de decisão das instituições financeiras em aprovar ou não um tipo de crédito para o consumidor, ele também influencia nas taxas de juros aplicadas e nas condições de pagamento.

Isso quer dizer que uma pessoa com um bom score, além de ser aprovada com mais facilidade na análise de crédito, também terá acesso às melhores condições de pagamento e juros, já que sua pontuação indica que ela é uma boa pagadora e oferece baixo risco de inadimplência.

Já uma pessoa que tem o score baixo pode ter dificuldade de aprovação e, caso aprovada, não terá acesso a condições de pagamento tão atrativas como as oferecidas para quem tem score alto.

Para você entender melhor, vamos a um exemplo prático: vamos supor que dois amigos, João e Marcela, peçam dinheiro emprestado para você.

Você sabe que Marcela tem um bom salário, um emprego fixo e controla muito bem suas finanças, por isso, está com o nome limpo.

Enquanto isso, João tem uma relação um pouco mais complicada com as finanças. Ele já ficou te devendo no passado e também está enrolado com algumas dívidas atualmente.

Nesse exemplo, fica claro que será menos arriscado emprestar o dinheiro para Marcela, pois por conta dela ter maior controle de suas finanças, o risco de ficar te devendo é menor.

Os bancos pensam da mesma forma quando consultam seu score de crédito para decidir se aprovam ou não sua solicitação de crédito e também para definir as condições de juros e pagamento.

Score de crédito para empréstimo e financiamento

No caso do empréstimo, é possível contratar crédito tendo o score baixo, mas a aprovação será mais difícil de ser liberada. Por isso, é muito provável que você tenha que buscar crédito em diferentes instituições financeiras até ser aprovado.

Se o banco chegar a aprovar a sua solicitação, as taxas de juros aplicadas no seu contrato poderão ser mais altas. Isso acontece porque o banco está se protegendo da inadimplência, cobrando um valor maior de juros para emprestar dinheiro para você.

Outro aspecto é o tempo de contrato. Quando um cliente está com o score baixo, o banco entende que ele oferece risco de ficar devendo conforme o tempo passa. Por isso, para essas instituições financeiras, quanto menor for a duração do contrato, menor será o risco de inadimplência.

Com isso, quem tem o score baixo costuma conseguir empréstimos e financiamentos mais curtos, com pagamento em até 12x.

Já as pessoas que têm um bom score de crédito passam mais confiança para os bancos. Ao contratar crédito, além de conseguirem valores maiores, as taxas de juros aplicadas serão menores e o tempo de contrato mais extenso.

Score de crédito para cartão de crédito

No caso de solicitações de cartão de crédito, ter um score alto pode te ajudar a conseguir os melhores cartões do mercado, inclusive da categoria Platinum e Black, que oferecem mais benefícios.

Além disso, o limite disponibilizado no cartão também será mais alto, porque um bom score mostra para o mercado financeiro que você tem controle de suas finanças.

Já os consumidores com score baixo, além de terem dificuldade de aprovação em cartão de crédito, também receberão limites menores.

Conclusão

Como podemos notar, o score de crédito não influencia apenas na aprovação de produtos e serviços financeiros. A pontuação também afeta limites, taxas de juros e condições de pagamento.

Por isso, se você está com o score baixo, é muito importante tomar as atitudes necessárias para aumentar a sua pontuação.

Perguntas frequentes (FAQ)

Como o score influencia no financiamento?

A pontuação de score influencia na aprovação ou não do financiamento. Além disso, o score também afeta as condições de pagamento (número de parcelas), taxas de juros e valor contratado.

O que o score influência?

O score influencia em todos os produtos e serviços financeiros que envolvem uma análise de crédito para serem aprovados, como: financiamentos, cartões de crédito, consórcios, seguros e empréstimos.

Qual o score para conseguir financiamento?

Não existe uma pontuação mínima, mas com o score baixo é muito difícil conseguir um financiamento. Normalmente, é preciso ter um score a partir de 500 para ter chances de aprovação.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Guia Completo dos Bancos: Tudo o que você Precisa Saber

CDI, SELIC ou IPCA: Conheça os Indexadores dos Investimentos

Bolsa Americana: saiba como Investir no Exterior

Evite Multas: Saiba Declarar Imposto de Renda MEI

É Preciso Incluir Pensão Alimentícia no Imposto de Renda?

Sonegação de Impostos: como Evitar Problemas com a Receita

Conheça 5 opções de Investimentos de alto Retorno para Jovens

Foregon: Como usar a Plataforma para Planejar suas Finanças?