Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Quanto rende 1 milhão na poupança? É uma boa opção?

Camila SilveiraPublicado em

A caderneta de poupança é um dos investimentos mais populares entre os consumidores brasileiros, mas que ainda gera dúvidas. Afinal, quanto rende 1 milhão na poupança? Conheça todas as características sobre esse investimento e sua rentabilidade, e veja se vale a pena optar por essa aplicação!

Você encontra nesse artigo:

O que é poupança?

A poupança é um investimento de Renda Fixa, simples e acessível para todo mundo, podendo ser uma boa opção para quem busca guardar dinheiro com segurança.

Para ter acesso a ela, basta abrir uma conta em uma instituição ou banco de sua preferência, portando os documentos necessários, e aplicar qualquer valor inicial.

Em relação à rentabilidade, é importante ressaltar que ela é a mesma para todas as instituições, não fazendo diferença no momento de escolher o banco.

Veja agora mesmo algumas características desse investimento para entender detalhadamente!

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Taxas e custos

Uma das vantagens da poupança é que ela é isenta de taxas e custos. Isso porque a cobrança de tarifas de abertura ou de manutenção e de taxas de administração ou de performance é proibida na conta. Além disso, os rendimentos não pagam Imposto de Renda (IR).

Apesar dos pontos positivos, é importante ressaltar que poupanças com saldo acima de R$ 140 precisam ser declaradas no Imposto de Renda.

Liquidez

Outro ponto positivo é a facilidade para resgatar os seus recursos aplicados na poupança, visto que esse investimento possui liquidez diária. Sendo assim, caso você queira resgatar o seu dinheiro investido, basta solicitar a retirada dos recursos que eles cairão diretamente na sua conta corrente, de maneira simples e instantânea.

Aniversário da poupança

Embora tenha liquidez diária, é importante destacar que a rentabilidade da poupança só é creditada na data de "aniversário", que é o dia do mês em que o depósito foi feito.

Veja um exemplo na prática: se você realizou o depósito na conta poupança no dia 10 de março, o retorno dessa aplicação só acontecerá um mês depois, ou seja, no dia 10 de abril.

Portanto, caso você resgate o dinheiro no dia 9, toda a remuneração deste período será perdida.

Garantias

Por fim, a poupança conta com a garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que ressarce o investidor em até R$ 250 mil, caso a instituição apresente problemas de liquidez ou venha à falência.

Lembre-se: a garantia do FGC é por CPF e por instituição financeira. Portanto, se você tiver uma poupança e outras aplicações no mesmo banco, o valor de R$ 250 mil valerá para todas elas somadas.

Qual é o rendimento da poupança?

Até o dia 4 de maio de 2012, a poupança oferecia um rendimento de 6% ao ano + a variação da Taxa Referencial (TR), que hoje está em 0,048% ao ano.

No entanto, as regras de remuneração mudaram desde então, estabelecendo um gatilho que altera o rendimento conforme o patamar da Taxa Selic. Veja como funciona:

  • Se a Selic estiver acima de 8,5% ao ano, o rendimento da poupança será de 0,5% ao mês + a variação da TR;
  • Se a Selic estiver igual ou abaixo de 8,5% ao ano, o rendimento da poupança será de 70% da taxa Selic + a variação da TR.

Observação importante: essa regra vale somente para os depósitos feitos a partir do dia 4 de maio de 2012, momento em que as novas regras passaram a valer. Quem mantém poupanças anteriores a essa data continua recebendo uma rentabilidade de 0,5% ao mês + a variação da TR.

Entenda a relação entre inflação e rentabilidade real

Com um olhar menos atento, poderíamos dizer que o retorno da poupança não é nada mal. No entanto, até agora só estamos falando da rentabilidade nominal, que não leva em consideração a inflação.

Para saber qual é a rentabilidade real e ver se esse investimento realmente vale a pena, é necessário subtrair a rentabilidade nominal da inflação.

Confira uma tabela que apresenta a rentabilidade nominal, inflação e rentabilidade real da poupança desde 2012 até 2020:

Ano Rentabilidade nominal Inflação Rentabilidade real
2012 6,47% 5,84% 0,60%
2013 6,37% 5,91% 1,43%
2014 7,16% 6,41% 0,71%
2015 8,15% 10,67% – 2,28%
2016 8,30% 6,29% 1,89%
2017 6,61% 2,95% 3,55%
2018 4,62% 3,75% 0,84%
2019 4,26% 4,31% – 0,05%
2020 2,11% 4,52% – 2,41%

Como podemos ver, a inflação impacta muito no rendimento da poupança. Por exemplo, em 2015 e 2019, anos em que a rentabilidade nominal foi maior por conta da inflação, o retorno passou a ficar negativo. Ou seja, quem depositou o dinheiro somente na poupança nestes dois anos, perdeu o poder de compra por conta da inflação.

Quanto rende R$ 1 milhão na poupança?

Agora vamos ao que interessa: quanto rende um milhão de reais aplicados na poupança?

Se você aplicar esse valor hoje, com a taxa Selic em 13,75% ao ano, o seu dinheiro renderá cerca de R$ 60.000 em 12 meses + a variação da Taxa Referencial.

Se dividirmos esse rendimento pelo número de meses, veremos que R$ 1 milhão na poupança rende aproximadamente R$ 5 mil por mês.

Apesar disso, é importante ressaltar que essa taxa não é fixa. Lembre-se:

  • Se a Selic estiver acima de 8,5% ao ano, o rendimento da poupança será de 0,5% ao mês + a variação da TR;
  • Se a Selic estiver igual ou abaixo de 8,5% ao ano, o rendimento da poupança será de 70% da taxa Selic + a variação da TR.

Vale a pena investir na poupança?

Apesar da poupança apresentar alguns pontos negativos, como a baixa rentabilidade e a influência da inflação nos investimentos, ela oferece uma liquidez diária, permitindo o resgate do dinheiro sempre que você precisar, e a isenção de taxas e custos.

Investimentos que rendem mais que a poupança

Por outro lado, existem diversas opções de investimentos no mercado que possuem as mesmas características, porém, com um rendimento maior. Confira o nosso artigo:

Conclusão

Por conta da segurança, isenção de custos e taxas e facilidade de acesso, a poupança pode ser uma alternativa para guardar parte do seu dinheiro. Agora, se você busca rentabilidade, proteger o seu dinheiro da inflação ou construir um patrimônio, existem outras opções que podem ser melhores.

Perguntas Frequentes

Quanto rende R$ 1 milhão na poupança 2022?

Se você aplicar esse valor hoje, com a taxa Selic em 13,75% ao ano, o seu dinheiro renderá cerca de R$ 60.000 em 12 meses + a variação da Taxa Referencial. Se dividirmos esse rendimento pelo número de meses, veremos que R$ 1 milhão na poupança rende aproximadamente R$ 5 mil por mês.

Quanto rende um milhão no Nubank?

A rentabilidade da conta digital Nubank tem como referência a taxa CDI de 100%. Sendo assim, ao investir R$ 1 milhão no banco, você tem um retorno de R$ 116 mil em 12 meses.

E aí, descomplicamos?

No Portal da Foregon você pode conferir diversas contas digitais que oferecem um rendimento maior que o da poupança e, mais do que isso, pode consultar o seu score de crédito para receber as melhores ofertas, de acordo com o seu perfil.

Ficou interessado? Consulte o seu CPF agora mesmo e aproveite todas as vantagens! É rápido, grátis e totalmente seguro.

Consulte seu CPF grátis e receba as melhores ofertas!

Mais de 300 opções entre cartões de crédito, contas e empréstimos.

Consultar CPF grátis
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

3 investimentos de renda fixa para ganhar dinheiro com a alta da Selic

O que são criptomoedas?

Quanto rende 1 milhão na poupança? É uma boa opção?

Previdência privada: como funciona e como investir?

Qual é o futuro das criptomoedas e do metaverso? Saiba mais

Taxa DI hoje: entenda como descobrir e fazer a consulta

Juros da Poupança: saiba qual o rendimento hoje!

Como investir em Fundos Imobiliários?