Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Cartão de crédito clonado: o que devo fazer?

Leonardo JacominiPublicado em

De acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito, no Brasil, cerca de 3,56 milhões de pessoas já foram afetados com o cartão de crédito clonada e tiveram prejuízos como consequência. Mas o que deve ser feito nessa situação?

Neste artigo, você encontra tudo sobre o assunto e entender como agir em casos de cartão de crédito clonado.

Você encontra nesse artigo:

Como saber se o seu cartão de crédito foi clonado?

Algumas dicas são capazes de mostrar se algo inusitado está acontecendo com o seu cartão. Confira três sinais de que o seu cartão de crédito foi clonado.

1. Compras não reconhecidas na fatura

Se você acessou a fatura do seu cartão pelo Internet Banking ou aplicativo, e não identificou algumas compras em determinados estabelecimentos, é necessário buscar mais informações para ter certeza do que está de fato acontecendo.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

2. Saques realizados em datas e horários fora do comum

Além de acompanhar a fatura, você deve ficar atento ao saldo da sua conta e identificar saques em dinheiro feitos em datas e horários incomuns para a sua rotina.

Normalmente, os criminosos passam a ter acesso aos dados do cartão de crédito da vítima e iniciam a fraude realizando compras em valores pequenos. Por isso, fique atento a qualquer valor que seja subtraído!

Dica extra: para não causar confusões, você nunca deve emprestar o seu cartão de crédito para alguém.

3. Notificações de compras não identificadas no aplicativo

Por fim, se você foi surpreendido com uma notificação de compra que você não fez, saiba que esse é um dos sinais mais claros de que o seu cartão de crédito foi clonado. Neste caso, é necessário entrar em contato com o seu banco para tomar algumas providências.

Onde meu cartão pode ser clonado?

Infelizmente, o cartão de crédito pode ser clonado de diversas formas diferentes, em ambientes físicos ou online. Confira algumas delas:

  • Cartões sem chip podem ser clonados em caixas eletrônicos de bancos ou 24horas;
  • Cartões com chip são mais difíceis de clonar em locais físicos, mas algumas quadrilhas entram em sistemas de máquinas de pagamento;
  • É possível ter seu cartão clonado em site de compras, ou aplicativos com cobranças internas.

O que fazer se o seu cartão de crédito foi clonado?

Se o seu cartão foi clonado, os primeiros passos a serem seguidos são:

  1. Bloqueie ou cancele o seu cartão de crédito;
  2. Verifique as informações da compra;
  3. Entre em contato com o banco emissor do cartão;
  4. E faça um Boletim de Ocorrência (B.O).

Terei que pagar as compras realizadas com o cartão de crédito clonado?

Não. Se as compras do seu cartão de crédito são resultados de uma clonagem, a operadora do cartão deve arcar com os pagamentos. Sendo assim, mesmo se a fatura já tenha sido paga, você pode pedir o reembolso do valor que você não reconhece.

Neste caso, a administradora deve emitir uma nova fatura, excluindo todos os gastos ilícitos, para que você possa fazer o pagamento.

É importante lembrar que na maioria das vezes, o processo de exclusão dos débitos da fatura é simples, porém, pode acontecer da administradora pedir para que você comprove que as compras não foram de sua autoria, e isso pode ser um tanto quanto burocrático.

É possível saber quem clonou o meu cartão de crédito?

É pouco provável descobrir quem clonou o seu cartão de crédito, no entanto, na fatura, você consegue identificar onde as compras foram efetuadas.

Mesmo que a localização exata não apareça, ela ajuda no momento de tentar descobrir quem clonou e utilizou o seu cartão, tanto em compras feitas em lojas físicas quanto nas virtuais.

Se você sentir dificuldades em encontrar o estabelecimento onde foi feita a compra, é possível entrar em contato com a administradora do seu cartão para que ela informe o local onde a aquisição foi realizada.

Cartão de crédito clonado: como se proteger?

Ative a verificação em duas etapas

A verificação em duas etapas, também conhecida como autenticação de dois fatores, é uma forma do usuário conseguir acessar o cartão e a conta somente depois de apresentar duas "provas" de que é ele mesmo.

O primeiro fator é a senha e o segundo é um código. Esse código expira rapidamente, portanto, quando o cartão está sincronizado com essa autenticação, o titular recebe em seu celular o número para autorizar a movimentação do cartão. Sem ele, é impossível concluir qualquer compra.

Ative as notificações de movimentações no aplicativo bancário

No aplicativo do seu cartão de crédito, você pode ativar as notificações de movimentações, de modo com que você seja alertado via SMS ou e-mail, todas as vezes em que houver uma compra realizada. A mensagem é enviada em tempo real, com o valor da compra e o local em que ela foi feita.

Consulte o seu extrato diariamente

Outra forma de se proteger contra a fraude do cartão de crédito clonado é verificar todos os dias o seu extrato. Esse hábito, apesar de simples, ajuda a identificar qualquer compra feita com o seu cartão.

Cuidado com as compras online

No momento de fazer as compras online, você também deve verificar se o site é seguro, ou seja, se ele possui o certificado de segurança, representado por um símbolo de cadeado ao lado da barra de endereço.

Além disso, é fundamental pesquisar pela empresa em outras plataformas, como suas redes sociais oficiais, para entender o que as pessoas falam sobre ela. Outra maneira de conferir se o site é confiável é pesquisando por ele em sites, como o Reclame Aqui e Procon.

Jamais forneça os dados do seu cartão de crédito para alguém

Se você recebe ligações de números desconhecidos para confirmar algum tipo de informação, não confie. Nenhuma empresa ou instituição confiável solicita dados em qualquer hipótese, principalmente o número do cartão, a data de vencimento, o CVV e o CPF do titular.

Cuidado ao entregar o cartão de crédito físico para um atendente

Pode parecer que não, mas alguns golpes de clonagem de cartão de crédito podem acontecer, até mesmo, em transações presenciais.

Por exemplo, um falso atendente pode tirar fotos da frente e do verso do seu cartão e fazer compras sem o seu consentimento.

Além disso, se o estabelecimento tiver uma máquina adulterada, os seus dados podem ser vazados. Por isso, prefira comprar em lojas de confiança e acompanhe todo o processo da compra com muita atenção para evitar qualquer prejuízo.

Escolha uma senha segura e forte para o seu cartão

Por fim, uma das medidas mais importantes é adotar senhas seguras e fortes para o seu cartão e aplicativo bancário. Elas funcionam como verdadeiras barreiras contra o golpe do cartão de crédito clonado.

Conclusão

E aí, ajudamos você a entender sobre como proceder nestes casos? Esperamos que sim. Se restou alguma dúvida, deixe o seu comentário aqui embaixo para que possamos responder assim que possível.

Perguntas Frequentes

É crime usar cartão clonado?

É sim! Em relação à infração penal a ser tipificada nesses casos de fraudes com cartões de crédito e/ou débito subtraídos ou clonados a tipificação que tem sido considerada mais correta pela doutrina e jurisprudência é a de furto mediante fraude (artigo 155, § 2º., II, CP).

Quantos anos de cadeia por clonagem de cartão?

O golpista e estelionato comum tem pena de 1 a 5 anos de reclusão.

O que significa ter o cartão clonado

Significa que os dados de seu cartão, como número, nome do titular, data de vencimento e código de segurança, foram roubados e estão sendo usados por outras pessoas.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Leonardo Jacomini

Jornalista, produtor de conteúdo e apresentador. Filme ou série, série ou filme? Aliás, tem os livros também! Escolho do nada e embarco em cada história. Amo escrever sobre finanças ou coisas que ajudem as pessoas, mas a área de vídeo é onde me sinto plenamente em casa. - Fez parte do time Foregon de 2017 a 2020 -

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Diferença entre milhas e pontos: qual é a melhor opção?

Conheça 5 formas de pagar fatura do cartão de crédito

Primeiro cartão de crédito: tudo que você precisa saber

Boleto Americanas: saiba como emitir a 2ª via da fatura do cartão

Nubank: como consultar o limite do cartão?

Cartão Zoom: confira a nova parceria entre o Banco Pan e Mosaico

Semana do cartão de crédito: 1º episódio com Samantha Pittzer

Semana do cartão de crédito: 5º episódio com Helen Cruz