Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Como fazer o cartão de crédito ser aliado da vida financeira

Por Se Torne InvestidorPublicado em

Mesmo sendo o vilão de 79,4% das famílias brasileiras, você sabia que o cartão de crédito pode ser um aliado para sua vida financeira? Entenda como fazer o cartão de crédito virar uma ferramenta poderosa para suas finanças.

Quando o assunto é cartão de crédito, parece que nossa mente nos leva ao assunto de endividamento e descontrole financeiro, isso acontece porque, o cartão de crédito é responsável pelo endividamento de 79,4% das famílias brasileiras, porém não deveria ser assim.

Não é o cartão de crédito que pega no seu braço e te leva pela coleira ao shopping para fazer compras descontroladamente, pelo contrário, o cartão de crédito é tão inofensivo quanto o dinheiro, porque se um cartão não tiver limite de nada vale, já o dinheiro dando sopa é mais perigoso. 

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Então por que o cartão de crédito ferra tanta gente? Como ele pode ser um aliado se é inimigo de todo mundo que conheço? Essas e mais dúvidas serão tiradas a seguir, mas antes disso saiba que, o cartão de crédito além de aliado das suas finanças, poderá ser uma ferramenta para gerar renda para você, ou seja, ao invés de você perder dinheiro com o cartão de crédito, você irá ganhar mais dinheiro ainda.

Por que o cartão de crédito é considerado vilão para muitas pessoas?

O cartão de crédito nada mais é do que uma ferramenta financeira, e como toda a ferramenta, necessita de alguém para fazê-la funcionar. Alguns exemplos que farão você entender essa comparação.

Um martelo na mão de alguém que sabe utilizar corretamente, serve para pregar e tirar pregos, já na mão de alguém que não sabe utilizar, geralmente serve para criar calos e arrebentar dedos.

Uma faca na mão de um cozinheiro, serve para cortar, fatiar, descascar e picar alimentos, já na mão de um assassino serve como arma para matar ou machucar alguém.

Esses dois exemplos já são o suficiente para entender que uma ferramenta é capaz de gerar bons ou maus resultados, tudo irá depender da intenção e de como a ferramenta será utilizada.

Se você usar o cartão de crédito como recurso para comprar coisas quando não tem mais dinheiro ou seja acreditar que o limite do cartão é algum tipo de salvador da renda ou pior viver como se o limite do cartão fosse parte da sua renda mensal, com certeza você trará problemas para sua vida financeira.

Ou também usar o cartão de crédito para realizar sonhos e projetos que você tem mas não tem dinheiro ainda para pagar, exemplo, ter aquela TV de 75 polegadas ou comprar aquele Iphone do ano, o famoso, vou parcelar em tantas vezes que vai ficar com a parcela baixinha e vai ser possível pagar.

Para piorar a pessoa tenta procurar uma justificativa justa para defender sua cagada: "A gente trabalha para isso…" ou "Vou morrer sem levar nada, então vou fazer pelo menos minhas vontades!"

Tenho certeza que você se identificou ou já ouviu alguém dizendo isso, mas relaxa, não vou ficar julgando as ações de ninguém, até porque eu já fui assim! rsrsrs

Mas o problema de fazer isso é que, toda vez que gastamos um dinheiro que não é nosso, por mais que seja parcelamento "sem juros", nós acabamos comprometendo nosso dinheiro por aquele período e o pior muitas vezes não deixamos espaços para os imprevistos da vida.

Para ilustrar vou dizer isso: "Às vezes o camarada compra um Iphone sem ter condições e parcela em 12x "sem juros", só que ele esquece que a parcela comprometeu boa parte da renda dele durante os próximos 12 meses, e será que ele não terá mais "desejos" durante esses próximos 12 meses? Será que não vão aparecer alguns custos inesperados que ele precisará pagar, alguma emergência?"

Literalmente as pessoas esquecem do futuro e praticamente comprometem a vida financeira durante anos, e muitas vezes isso ocasiona em uma prisão financeira, isso quando não ficam endividadas, essas coisas prendem a pessoa durante anos e nunca conseguem evoluir financeiramente.

Sendo assim, a forma prejudicial de usar a ferramenta cartão de crédito que você não deve fazer é, comprar sem ter condições financeiras, usar o limite como se fosse seu (o limite do cartão não é seu, esse é um dinheiro do banco, usar o limite do cartão de crédito ou pegar um empréstimo são a mesma coisa, ambos são formas de pegar emprestado o dinheiro que é do banco), antecipar sonhos caros demais e fazer com que aconteçam no momento errado.

Mas mesmo que você tenha utilizado o cartão de crédito errado a vida toda, dá para corrigir esse erro, assista esse vídeo onde explico 3 estratégias para usar o cartão de crédito corretamente.

Como utilizar o cartão de crédito da forma correta? Como fazer dele um aliado?

Um segredo que os ricos não contam mas agora vou te revelar, o cartão de crédito é uma das melhores formas de gerar renda passiva, os ricos são os que mais utilizam o cartão de crédito.

Você deve ter ficado com dúvida do que é renda passiva, vamos lá, renda passiva é o dinheiro que cai na sua conta bancária totalmente livre de trabalho, ou seja, é um dinheiro que você recebeu mas não precisou trabalhar por ele, sem fazer nada, caiu um valor na sua conta. Olha que beleza!

Os ricos ficaram ricos porque eles seguiram uma regra de ouro:

"Não trabalhe pelo dinheiro, faça o dinheiro trabalhar para você!"

Fazer o dinheiro trabalhar para você é, aplicar o dinheiro em algo que gera uma valorização constante ou gera algum tipo de remuneração automática e muitas vezes não precisará de você para se valorizar. Algumas formas são, imóveis de aluguel, aluguéis, investimentos, alguns tipos de negócio, marketing multinível, marketing digital, entre outros. 

O que os ricos mais procuram são formas de fazer o dinheiro render e se multiplicar automaticamente, eles odeiam deixar o dinheiro parado, ele precisa estar trabalhando ou seja rendendo.

E uma das formas é por meio do cartão de crédito, para um rico não há nada melhor do que saber que mesmo durante momentos de gastos, é possível deixar o dinheiro rendendo ou conseguir pagar mais barato por algo que já iria comprar ou melhor, ganhar benefícios extras por ter gastado o dinheiro em compras de coisas que já iriam comprar de qualquer jeito.

Veja 3 vantagens do uso do cartão de crédito que o dinheiro não consegue trazer.

1- Descontos no parcelamento maiores do que pagar a vista

Quando compramos algo com dinheiro, o único desconto que podemos chorar é o à vista, porém com o cartão de crédito é diferente, é possível ganhar descontos infinitamente maiores. 

Para uma pessoa que tem a vida financeira organizada e vamos supor que a Maria queria comprar um Iphone e já tinha o dinheiro para pagar á vista, só que a loja deu um desconto de 5% para pagamentos à vista, para a Maria é muito mais vantajoso, comprar o Iphone parcelado no cartão de crédito e durante esse tempo deixar o dinheiro aplicado em algum investimento que renda mais de 5%, enquanto a Maria vai pagando as parcelas, o dinheiro total do Iphone estará rendendo juros por causa do investimento.

2 – Cashback

Boa parte dos cartões de crédito oferecem opções de cashback, ou seja, ter parte do valor gasto na compra de volta em sua conta ou em forma de algum benefício.

Para potencializar o efeito do desconto do exemplo da Maria que vimos no item 1, vamos supor que a Maria que comprou o Iphone parcelado, além de ter deixado o dinheiro aplicado em um investimento, ganhou do cartão de crédito 1% de cashback em sua conta. 

A ideia do cashback é gerar um tipo de desconto em suas compras, é como se você estivesse comprando o produto abaixo do valor que a loja colocou, economizar pagando mais barato, também é uma forma de fazer o dinheiro trabalhar por você, porque ao invés de ter gastado todo o dinheiro em uma compra, uma parte desse dinheiro foi economizado e poderá ser utilizado para outras finalidades ou até investido para gerar mais dinheiro.

3 – Clube de pontos e benefícios

Muitos cartões de crédito possuem programas de fidelidade, como programa de pontos e benefícios, que acumulam uma determinada pontuação que poderá ser trocada no futuro por algum benefício.

Os mais comuns são programas de milhas aéreas, onde a cada compra ou valor gasto, acumula pontos que podem ser trocados por viagens ou podem ser negociados no mercado de milhas e transformados em dinheiro.

Também existem programas de pontos que podem trocar a pontuação por mercadorias, pagamentos de contas e vales presentes.

Além desses programas, também tem os benefícios da bandeira do cartão de crédito, que muitas vezes possuem benefícios exclusivos, como salas vips em aeroportos, seguros de proteção de preço e roubo e atendimento internacional personalizado para viagens, etc…

Tudo vai depender do cartão de crédito que irá escolher, mas quase todos os cartões possuem pelo menos um desses programas citados, basta pesquisar no site da empresa que emite o seu cartão.

Para potencializar o efeito do desconto do exemplo da Maria que vimos no item 1, vamos supor que a Maria que comprou o Iphone parcelado, além de ter deixado o dinheiro aplicado em um investimento, ter ganhado do cartão de crédito 1% de cashback em sua conta, também acumulou pontos suficientes para fazer uma viagem dos sonhos, além da bandeira do cartão de crédito dela ter um benefício de sala vip no aeroporto.

Olha só que vantagem a Maria teve ao comprar no cartão de crédito ao invés de ter caído nos 5% de desconto à vista se pagasse com dinheiro. Literalmente isso é o que as pessoas ricas fazem com o cartão de crédito, utilizam seus benefícios a seu favor, e assim o dinheiro delas continua aplicado, ganham vários benefícios, viajam pelo mundo e tudo isso com um dinheiro que já seria gasto mas por inteligência foi bem aproveitado.

Então, a partir de agora, veja como usar os benefícios do cartão de crédito a seu favor e não contra você!

  • Use o cartão de crédito apenas quando estiver com condições financeiras para pagar aquela compra, ou seja, compre apenas quando tiver o dinheiro para pagar;
  • Não use o cartão de crédito para antecipar sonhos, se você quer viajar, junte o dinheiro para isso e viaje na hora certa, não vá parcelar essa viagem que o final dessa história você já conhece;
  • Lembre-se sempre que o limite do cartão não é seu, e toda a vez que usar, estará pegando emprestado o dinheiro do banco que é o mais interessado em cobrar juros de você.

Espero que essas dicas tenham ajudado e se quiser acompanhar mais dicas, acompanhe nosso blog.

Também preparei esse vídeo com alguns outros segredos que os ricos escondem sobre o uso do cartão de crédito. (inserir o vídeo que fiz para o Youtube da foregon: O que os ricos sabem sobre o cartão de crédito e não querem te contar)

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Se Torne Investidor

Criador e autor do blog e canal Se Torne Investidor, que transforma devedores em investidores de sucesso.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Nubank oferece cartão com R$ 50 de limite: veja como aumentar o valor

Comparativo: cartão de crédito do Banco Original ou Banco Inter

Conheça o crediário Banco do Brasil para compra de materiais de construção

C6 Bank: saiba como aumentar o limite do seu cartão de crédito

Cartão de crédito: quando os benefícios se tornam armadilhas

PagBank: descubra todas as vantagens do cartão de crédito

C6 Bank libera limite de crédito de até R$ 70 mil

Saiba como aumentar o limite do cartão de crédito Neon