Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Como funciona o cartão de crédito: guia completo

Por Leonardo JacominiPublicado em

O uso descontrolado e a falta de um planejamento financeiro eficaz fizeram do cartão de crédito um grande vilão da história, sendo considerado, inclusive, o principal responsável pelas dívidas altas.

O que muitos ainda não sabem, entretanto, é que o cartão de crédito pode trazer uma série de benefícios ao consumidor brasileiro, desde que seja usado com inteligência e responsabilidade.

Neste artigo, você vai entender exatamente como funciona o cartão de crédito e aprender como lidar com esse produto financeiro, a ponto de torná-lo um aliado do seu planejamento financeiro. Ficou interessado? Então continue a leitura e aproveite!

Como funciona o cartão de crédito?

Para entender como funciona o cartão de crédito, é importante conhecer todas as funções e características que envolvem este produto financeiro. Conheça detalhadamente cada uma delas e esclareça as suas dúvidas.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Emissor

O emissor do cartão de crédito, como o próprio nome diz, é a empresa, instituição financeira ou o banco responsável por emiti-lo. Ou seja, é quem estabelece uma linha de crédito para o consumidor e emite o plástico para a utilização.

Bandeira

Diferentemente do emissor, a bandeira representa a empresa responsável pela transação da venda, ou seja, pelo processamento das informações da compra, como o valor e as prestações.

Ela transfere todos os dados para a empresa emissora do cartão de crédito, agindo como uma intermediadora da compra entre o estabelecimento e a instituição financeira.

Além disso, a bandeira determina em qual máquina de cartão a compra será aprovada e se o cartão de crédito possui cobertura nacional ou internacional. Dessa forma, quanto mais popular a bandeira for, maiores são as chances do cartão ser aceito em mais estabelecimentos.

A bandeira fica localizada no canto inferior direito do seu cartão de crédito, porém pode não aparecer em alguns plásticos, como os Private Label, emitidos por lojas, supermercados e afins.

Anuidade

A anuidade do cartão de crédito, por sua vez, é uma tarifa cobrada mensalmente pela prestação de serviços, como administração, gerenciamento, monitoramento e manutenção do cartão.

O valor dela varia de acordo com o cartão, podendo estar presente em produtos que oferecem benefícios exclusivos, ou que são emitidos por bancos tradicionais.

A boa notícia é que muitas opções de cartão de crédito não têm anuidade, como as dos bancos digitais, por exemplo, podendo ser uma excelente opção para você que não está disposto a desembolsar um valor mensalmente.

Só não se esqueça: a isenção da anuidade pode significar um número menor de benefícios. Ou seja, quem está disposto a pagar essa tarifa pode encontrar cartões com uma série de vantagens exclusivas, sendo boas alternativas para quem preza por soluções no dia a dia e benefícios em viagens.

Cobertura

Já a cobertura do cartão de crédito é o fator que indica se ele é aceito somente no Brasil (nacional) ou no mundo inteiro (internacional).

Para saber se o seu cartão é aceito em outros países, basta verificar no verso se ele contém a palavra "Internacional". Se tiver "valid only in Brazil", significa que ele é aceito somente dentro do país.

Diferença entre crédito e débito

Apesar de não ser segredo para ninguém, o cartão de débito tem ligação com a sua conta corrente e não oferece a opção de parcelamento, podendo ser usado somente à vista e se você tiver saldo disponível na conta.

E o cartão de crédito é uma espécie de empréstimo garantido pela instituição financeira, que permite você comprar produtos/serviços sem ter o dinheiro disponível, de forma à vista ou parcelada, com um prazo de até 40 dias para o pagamento da fatura.

É fundamental lembrar que em caso de atraso no pagamento da fatura do cartão de crédito são cobrados juros e multas, que podem ocasionar dívidas, entre outros prejuízos financeiros, como a negativação do seu CPF – principalmente se você acumular faturas ao longo dos meses.

Limite

Basicamente, o limite de crédito é o quanto você pode gastar mensalmente com o seu cartão. Essa informação fica disponível no aplicativo do seu cartão para que você possa consultá-la e fazer o acompanhamento dos seus gastos em tempo real.

O limite do cartão é determinado pelo banco emissor, com base nas informações do titular, para que ele não ultrapasse seus rendimentos e faça o usuário perder o controle do orçamento.

Pessoas que têm o limite de crédito mais alto, portanto, geralmente ganham melhor, têm como comprovar uma renda mensal e mantêm um bom histórico financeiro.

A maioria dos cartões liberam um limite inicial de R$ 1 mil, podendo ser aumentado à medida em que o cliente utiliza e faz o pagamento da fatura.

Sendo assim, se você busca um cartão de crédito com limite alto, concentre os seus gastos nele e pague as faturas dentro do prazo de vencimento. Dessa forma, o banco obtém boas informações sobre o seu perfil de consumidor e pode liberar mais limite com maior facilidade.

Parcelamento

Sabe aquele móvel, eletrodoméstico ou até mesmo um produto que você vem namorando faz um tempo, mas que ainda não cabe no seu orçamento?

A solução pode estar no parcelamento do cartão de crédito. Se você é do tempo do velho crediário, saiba que é mais ou menos parecido, mas com a facilidade de receber o boleto mensalmente em sua casa ou pelo aplicativo.

Quando você parcela um valor, ele é dividido em prestações iguais, podendo ter juros ou não sobre o valor original. Para parcelar, basta informar ao comerciante. Ou pela internet, escolha a opção na hora de fechar o pedido, lembrando que o estabelecimento pode ou não aceitar parcelar.

Qualquer cartão pode parcelar?

Depende. Se ele for de crédito, aquele que você tem um limite mensal disponível, suas compras podem ser parceladas sem problemas, em quantas vezes for possível, claro, lembrando de respeitar o limite disponível.

Se o seu cartão for na função débito ou pré-pago, não é possível parcelar suas compras, já que eles funcionam em uma espécie de pagamento à vista.

O cartão pré-pago você pode:

  • Fazer suas compras online;
  • Compras físicas;
  • Recarregar sempre que quiser (limite para gastos).

O cartão de débito, como citamos anteriormente, é aquele ligado à sua conta corrente do banco, e o limite está ligado ao seu saldo bancário. Então, sua compra não será aprovada, caso o dinheiro disponível seja menor que o valor da aquisição.

Parcelamento com juros

Há uma incidência de valor adicional nas parcelas pagas pelo financiamento. Se você fizer uma compra de R$ 1.000, parcelada em 10x, com juros de 2% ao mês, por exemplo, pagará em cada parcela, R$ 111,33, resultando no total de R$ 1.113,27.

O valor de R$ 113,27, foi o total que você pagou de juros só por parcelar a compra.

O importante é sempre tentar aquele desconto no valor à vista e se livrar de dívidas nos próximos meses. Para isso, sempre compare os preços, tente fugir dos juros no parcelamento e se informe do total de custos ao final.

Parcelamento sem juros

Nessa modalidade de pagamento, o valor não sofre alteração, ele é o mesmo pago à vista, ainda que seja parcelado.

No exemplo: você compra um produto de R$ 1.000 e parcela em 10x. As parcelas serão de R$ 100 e ao final, você vai ter pago os mesmos R$ 1.000.

O pagamento sem juros pode não valer a pena quando o valor com desconto à vista for bom. Sempre consulte antes se o valor tem desconto no pagamento em dinheiro.

Parcelar pode valer a pena quando o desconto for pequeno ou mesmo se o valor total não cabe no seu bolso naquele mês.

Fatura

A famosa fatura é o documento em que consta todas as suas compras realizadas com o cartão de crédito, de forma à vista e parcelada, durante um determinado mês.

Esse boleto pode chegar em sua residência ou e-mail mensalmente para que você faça o pagamento em unidades lotéricas, agências bancárias ou através do aplicativo.

É importante lembrar que, ao realizar o pagamento da fatura do seu cartão de crédito, o limite é liberado na hora.

Por exemplo: se você está com o limite de R$ 500 e pagou a fatura do seu cartão, que estava no valor de R$ 200, o limite voltará a ser de R$ 700 para você utilizá-lo.

Só não se esqueça: caso você atrase o pagamento da fatura, serão cobrados juros e multas, que podem causar dívidas, entre outros prejuízos financeiros, principalmente se você acumular dívidas ao longo do tempo.

Parcelamento da fatura

Em casos de emergência, você pode parcelar a fatura, porém essa atitude não é a mais indicada, já que traz algumas desvantagens para o seu bolso.

Neste caso, você pode escolher quanto pagar, entre o mínimo e o valor total da sua fatura, e o restante é automaticamente financiado para o mês seguinte, acrescido de juros e IOF.

Lembre-se: a melhor saída é sempre pagar o valor integral da sua fatura, até porque os bancos tendem a cobrar juros altíssimos em casos de parcelamento.

Juros e taxas

Bom, já que estamos falando sobre isso, saiba quais são os juros e as taxas cobradas no cartão de crédito:

  • Anuidade;
  • Saques com cartão de crédito;
  • Solicitação de segunda via do cartão e da fatura;
  • Aumento emergencial do limite do cartão;
  • Pagamento de contas usando o cartão de crédito;
  • Rotativo do cartão de crédito;
  • Parcelamento da fatura.

Programa de recompensas

Por fim, o programa de recompensas é um benefício que está presente na maioria dos cartões de crédito das categorias Platinum, Infinite e Black.

Por meio deles, é possível acumular pontos ao realizar compras na função crédito para trocá-los por produtos, serviços, descontos em lojas e até mesmo passagens aéreas. Muito legal, não é mesmo?

Quem pode ter cartão de crédito?

O cartão pode ser emitido tanto para Pessoas Físicas, com idade igual ou superior a 18 anos, quanto para empresas (Pessoas Jurídicas). No caso de PJ, os cartões são emitidos em nome dos sócios e/ou funcionários, podendo constar o nome da empresa responsável.

É necessário ter conta em banco para ter cartão de crédito?

Não. Determinados bancos não exigem que você tenha conta para liberar o cartão de crédito. No entanto, a análise funciona normalmente, levando em consideração o seu histórico de pagamentos, a sua relação com o crédito e os seus hábitos de consumo, podendo ser aprovada ou não.

Tipos de cartões de crédito existentes

  • Nacional;
  • Internacional;
  • Gold;
  • Platinum;
  • Black;
  • Infinite;
  • Universitário;
  • Pré-pago;
  • Cartão de loja (Private Label);
  • Cartão virtual.

O cartão de crédito é seguro?

Sim, o cartão de crédito é totalmente seguro. O que você precisa prestar atenção, entretanto, é onde você está realizando a sua compra, principalmente se for em sites desconhecidos. Confira alguns cuidados que você deve tomar ao utilizar o seu cartão de crédito:

  • Use o cartão virtual nas suas compras online;
  • Verifique o valor inserido na máquina de cartão antes de fechar a compra;
  • Não forneça a sua senha e os dados do seu cartão em hipótese alguma;
  • Não salve os dados do seu cartão em sites ou em bloco de anotações;
  • Não publique fotos do seu cartão em redes sociais;
  • Verifique a reputação do estabelecimento antes de fechar a compra;
  • Acompanhe as transações do seu banco ativando as notificações.

O que fazer em caso de cobrança indevida com o cartão de crédito?

Neste caso, você deve entrar em contato diretamente com o emissor do seu cartão de crédito, pois ele deverá estornar o valor da compra.

O ideal é que o banco ou a empresa também faça o cancelamento do seu cartão e te envie outro, já que você desconhece a origem da compra em questão. Dessa forma, você garante mais segurança e evita outros possíveis golpes ou furtos.

O que fazer caso uma tarifa seja cobrada indevidamente no cartão?

O procedimento é o mesmo: entre em contato com o emissor do seu cartão de crédito e informe sobre a situação. Em seguida, ele fará o estorno do valor da tarifa.

Quando posso cancelar o cartão de crédito? Como proceder?

Você pode cancelar o cartão de crédito a partir do momento em que perder o interesse de permanecer na instituição financeira atual. Para realizar o cancelamento, basta entrar em contato com o banco em questão através dos canais de atendimento oficiais e fazer a solicitação.

Só não se esqueça: ao fazer o cancelamento, você não poderá reativar o seu cartão futuramente. Caso queira voltar a usá-lo, o mais recomendado é realizar o bloqueio.

É possível cancelar o cartão de crédito mesmo tendo dívidas?

Sim, é totalmente possível. Você pode solicitar o cancelamento do seu contrato com o banco sempre que quiser, porém, saiba que a dívida precisa ser paga. Caso contrário, poderá causar mais dívidas, devido aos juros e multas, e até mesmo a negativação do seu CPF nos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa.

Perguntas frequentes

Como funciona o pagamento com cartão de crédito?

Com o cartão de crédito você pode fazer compras de produtos para receber imediatamente, mas só precisa pagar por eles na data de vencimento da fatura, ou seja, 30 ou 40 dias após a compra. Lembrando que com o cartão você pode fazer o pagamento de forma à vista ou parcelada de acordo com a quantidade de prestações disponibilizadas pelo estabelecimento comercial.

Como funciona o limite do cartão de crédito para compras parceladas?

Todas as parcelas são consideradas no cálculo do seu limite. Ou seja, se o seu cartão de crédito tem um limite de R$ 2 mil e você fez uma compra de R$ 1.500 em 10x de R$ 150, o seu limite considera o valor de R$ 1.500. À medida em que você paga as prestações, o limite se restabelece.

Como é a fatura do cartão de crédito?

A fatura é um documento que chega em sua residência ou via e-mail mensalmente para que você faça o pagamento em unidades lotéricas, agências bancárias ou através do aplicativo do banco. Ela contém todos os gastos que você realizou com o seu cartão de crédito naquele determinado mês.

Preciso ter dinheiro na conta para usar o cartão de crédito?

Não. O cartão de crédito é uma espécie de empréstimo garantido pela instituição financeira, que permite você comprar produtos/serviços sem ter o dinheiro disponível, de forma à vista ou parcelada, com um prazo de até 40 dias para o pagamento da fatura.

Descomplicamos?

Nossa missão é descomplicar todos os assuntos sobre finanças e economia, bem como te auxiliar a encontrar o produto financeiro ideal. Consulte o seu CPF no Portal da Foregon e receba as melhores ofertas de cartão, conta digital e empréstimo, de acordo com o seu perfil!

Consulte seu CPF grátis e receba as melhores ofertas!

Mais de 300 opções entre cartões de crédito, contas e empréstimos.

Consultar CPF grátis
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Leonardo Jacomini

Jornalista, produtor de conteúdo e apresentador. Filme ou série, série ou filme? Aliás, tem os livros também! Escolho do nada e embarco em cada história. Amo escrever sobre finanças ou coisas que ajudem as pessoas, mas a área de vídeo é onde me sinto plenamente em casa. - Fez parte do time Foregon de 2017 a 2020 -

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Como cadastrar cartões no PayPal?

Ter vários cartões de crédito pode impactar no score de crédito?

Segurança: saiba como proteger os aplicativos de bancos no celular

Samsung Pay e Google Pay: qual a diferença entre as carteiras digitais?

Plataforma de crédito em cloud: o que é e como funciona?

6 dicas para identificar se o boleto bancário é falso

Minhas Finanças: entenda como organizar a vida financeira no aplicativo

É possível pagar multas com cartão de crédito?