Foregon.comConteúdos

O que acontece quando o estorno não é registrado na fatura?

Por Janaína TavaresPublicado em
Compartilhe

Você sabe o que é o prazo do estorno? Esse nome incomum é dado para quando uma compra que você fez com o cartão de crédito é efetivamente cancelada, seja registrada pela sua administradora e, dessa forma, retirada de sua fatura para pagamento.

Mas o que acontece é que o estorno pode demorar até duas faturas subsequentes para constar no cartão. Já em outras vezes, ele também pode ser computado em até cinco dias úteis após o estabelecimento efetivar a solicitação.

Compra cancelada e estorno não registrado na fatura

Se isso acontecer, será necessário que o cliente precise efetuar o pagamento daquela dívida, mesmo que esteja cancelada. Porém, já na próxima fatura quando o estorno for registrado pela administradora, este valor que foi pago de forma indevida ficará disponível em forma de crédito na fatura.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Além disso, você poderá transferir esse valor para uma conta bancária mediante a solicitação junto ao administrador do cartão de crédito. Ou ainda para abater o preço da próxima fatura.

Qual o prazo médio?

Geralmente, os estabelecimentos informam para o consumidor que o prazo é de cinco dias úteis. No entanto, muitas vezes, o estorno só é disponibilizado no cartão do cliente na fatura do mês seguinte.

O que fazer?

Se você não conseguir efetuar o pagamento da compra, a recomendação é que entre em contato com a administradora e informe que na sua fatura fechada do mês consta uma compra que foi cancelada/estornada.

Dessa forma, a empresa pedirá que você envie o comprovante do estorno para análise. Em alguns casos mais específicos, ela também pode solicitar para deduzir o valor da compra cancelada na fatura. No entanto, esse procedimento pode não ser permitido em todas as administradoras.

Portanto, é importante entrar em contato com a Central de Atendimento do local para evitar maiores problemas no futuro como, por exemplo: a cobrança de encargos de refinanciamento e de juros.

Veja mais conteúdos

Caso tenha ficado alguma dúvida, separamos outros artigos que falam a respeito do cancelamento de alguma compra e também de estorno:

Boa leitura e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Janaína Tavares

Jornalista e produtora de conteúdo, é Redatora na Foregon. Apaixonada por cinema e pelo mundo asiático, seu foco está em entregar textos úteis e inspiradores.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Você sabe o que é sonegação fiscal?

  • Dicas financeiras

    Como adquirir a Gestão de Carteira do SPC Brasil?

  • Dicas financeiras

    Conheça o Mooba: cashback para suas compras

  • Dicas financeiras

    Cobrança judicial: o que é e como funciona?

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras