Ir para o conteúdo principal
Foregon.com

💳 O que é Crédito Rotativo: Entenda Como Funciona

Por Guilherme GadelhaPublicado em

Você já ouviu falar sobre "crédito rotativo" em seu cartão de crédito e se perguntou o que isso significa? Neste guia abrangente, exploraremos em detalhes o que é crédito rotativo e como ele afeta suas finanças pessoais. Entender essa modalidade financeira é essencial para evitar juros elevados e controlar melhor suas despesas. Continue lendo para descobrir tudo o que você precisa saber.

💳 O que é Crédito Rotativo: Entenda Como Funciona

O que você procura?

O Que é Crédito Rotativo?

O crédito rotativo é um recurso oferecido pelos emissores de cartões de crédito para permitir que os titulares de cartões paguem uma parte de sua fatura, em vez do valor total, até a data de vencimento. O valor não pago é então transferido para o próximo ciclo de faturamento, sujeito a juros.

Como Funciona o Crédito Rotativo?

Quando você opta por pagar apenas uma parte da sua fatura de cartão de crédito, o restante é automaticamente incluído no crédito rotativo. Sobre o saldo não pago são aplicadas taxas de juros, e essas taxas são geralmente muito altas, tornando o crédito rotativo uma das opções mais caras para financiar suas compras.

Restrições e Regulamentações

Desde abril de 2017, regulamentações governamentais limitam o uso do crédito rotativo. Agora, os titulares de cartões só podem usar essa opção uma vez por mês. Após a primeira utilização, a dívida deve ser transferida para uma modalidade de crédito parcelado, que geralmente possui taxas de juros mais baixas.

Taxas de Juros Elevadas

As taxas de juros do crédito rotativo são notoriamente altas. Em outubro de 2021, por exemplo, a taxa de juros média do crédito rotativo chegou a impressionantes 343,55% ao ano, tornando-o uma escolha financeiramente desvantajosa a longo prazo.

Dicas para Evitar o Crédito Rotativo

A melhor maneira de lidar com o crédito rotativo é evitá-lo sempre que possível. Aqui estão algumas dicas para ajudar você a evitar essa armadilha financeira:

  1. Pague o Valor Total da Fatura: Sempre que puder, pague o valor total da fatura do seu cartão de crédito. Isso evitará que você pague juros elevados;
  2. Conheça as Taxas de Juros: Esteja ciente das taxas de juros do seu cartão de crédito. Isso ajudará você a tomar decisões financeiras mais informadas;
  3. Controle Seus Gastos: Mantenha um registro de seus gastos para garantir que não esteja gastando mais do que pode pagar.

Conclusão

Em resumo, o crédito rotativo é uma opção oferecida pelos emissores de cartões de crédito para permitir pagamentos parciais da fatura. No entanto, devido às taxas de juros elevadas associadas a essa modalidade, é aconselhável usá-la com cuidado e, sempre que possível, pagar o valor total da fatura. Compreender como o crédito rotativo funciona é fundamental para tomar decisões financeiras mais inteligentes e evitar dívidas excessivas.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Guilherme Gadelha

Publicitário e Redator na Foregon. Gosta do universo financeiro e tem a escrita como hobby e profissão.

Ver todos os posts

Leia também

Sala VIP Aeroporto Salvador: Como Acessar e Benefícios

Cartão Pão de Açúcar Gold com anuidade gratuita?

Azul Cartões Itaú: Escolha o seu Aproveite os Benefícios

Análise Completa do Inter Loop: Realmente Vale a Pena?

Cartão Besni: Solicitação, Anuidade e Benefícios

Como Acumular Milhas Nubank: Descubra Agora se é Possível

Entenda o Significado da Sigla APMX na Fatura do Cartão

Onde Fazer o Cartão TOP: Vantagens e Como Pedir o Seu