Ir para o conteúdo principal
Foregon.com

Golpes no Instagram são Feitos sob Medida para te Enganar

Escrito por 

Atualizado em 
Revisado por Guilherme Dorneles

Qualidade editorial: Nosso conteúdo é construído por uma equipe profissional que coloca a dúvida do leitor no centro da sua escrita. Cada autor traz o seu conhecimento para responder e solucionar sua busca, entregando valor por meio da verificação de dados, aprofundamento da pesquisa e reputação do nosso site.

Segurança e privacidade: Somos responsáveis por manter seus dados protegidos quando você acessa nosso site. Trabalhamos com total transparência e respeito ao seu consentimento, colocando você no controle de seus dados. Conheça nossa política de privacidade.

Você está navegando pelos stories do Instagram quando se depara com uma super oferta: um smartphone de última geração pela metade do preço.

O vendedor? Um amigo de longa data. Você segue o impulso, compra e faz o pagamento via Pix. E assim, você acaba de cair em um dos golpes no Instagram.

A seguir, você conhecerá em detalhes como funcionam esses golpes, explorando os tipos mais comuns encontrados na plataforma e como se prevenir.

O que você procura?

Como funcionam os golpes no Instagram?

Os golpistas estão sempre melhorando suas técnicas para fazer novas vítimas, seja por meio de engenharia social ou uso de novas tecnologias. Vamos ver o que o próprio Instagram fala sobre os golpes que acontecem dentro da rede social:

Pense em emails que oferecem um esquema de investimento rápido e fácil, uma mensagem de texto urgente de uma pessoa que afirma ser um amigo necessitado ou um email de phishing alegando ser da Meta para alertar sobre problemas com sua conta e pedindo que você clique imediatamente em um link para saber mais.
Eles podem criar contas falsas fingindo ser outra pessoa ou comprometer contas de redes sociais para tentar enganar ou iludir você ou seus amigos solicitando dinheiro, informações pessoais ou acesso às suas contas.
Observação: se você receber um email ou mensagem suspeita que diz ser do Instagram, não clique em nenhum link ou anexo. O Instagram nunca enviará mensagens diretas sobre sua conta no app do Instagram. Você pode ver os emails oficiais do Instagram enviados nos últimos 14 dias em suas configurações do Instagram.

Como posso me proteger?

O objetivo de qualquer golpe é ter acesso aos seus dados pessoais, como senhas ou números do cartão de crédito. Você nunca deve compartilhar esses dados, nem com seus melhores amigos! Faça isso quando se deparar com um possível golpe na internet:

  1. Vá com calma: Golpistas tentam criar um senso de urgência ou ameaçar você com a perda da sua conta. Respire fundo, faça perguntas e reflita antes de tomar qualquer ação.
  2. Verificação pontual: Antes de clicar em links ou baixar arquivos, pesquise e verifique se o que está sendo dito faz sentido. Se tiver dúvidas, busque o suporte da plataforma.
  3. Não envie informações: Organizações respeitáveis nunca vão exigir pagamento imediato ou pedir informações pessoais sem uma razão clara. Desconfie de quem solicita esses dados.
  4. Bloqueio anúncios: você também pode bloquear os anúncios no seu smartphone usando o AdBlock, uma extensão que impede que anúncios indesejados apareçam na sua tela. Assim, você reduz seus riscos de se expor à golpes na internet.

Listamos outras ameaças já detectadas pelo Instagram e que a plataforma chama a atenção:

  • Perfis Desconhecidos: Fique atento a pedidos de amizade de pessoas que você não conhece ou de supostas celebridades pedindo dinheiro.
  • Solicitação de Adiantamentos: Desconfie de quem pede adiantamentos para empréstimos, prêmios ou outros ganhos.
  • Emergências Falsas: Pessoas alegando ser amigos ou parentes em situações de emergência pedindo ajuda financeira.
  • Desvio de Conversa: Pedidos para remover a conversa do Instagram para outro meio.
  • Conexões Românticas: Alguém que rapidamente declara interesse romântico e depois pede dinheiro.
  • Erros Ortográficos: Mensagens com erros ortográficos e gramaticais.
  • Solicitações Urgentes: Mensagens que exigem resposta urgente por supostos problemas com sua conta online.
  • Links para Login: Pedidos para entrar com suas credenciais de redes sociais, e-mail ou conta bancária para ler uma mensagem importante.
  • Contas Não Verificadas: Perfis que afirmam representar grandes empresas, organizações ou figuras públicas, mas que não possuem verificação.
  • Falsos Funcionários: Perfis que se passam por membros da equipe de segurança do Instagram pedindo informações da sua conta ou oferecendo serviços de verificação.
  • Contas Suspeitas: Perfis sem seguidores, foto de perfil ou atividade aparente.

Como denunciar e combater os golpes?

Se você se deparar com algo que parece suspeito enquanto estiver navegando no Instagram, saiba que é importante agir rapidamente. Uma forma eficaz de lidar com isso é denunciar o perfil diretamente na plataforma. 

Apenas clique nos três pontos acima de qualquer postagem e escolha a opção "Denunciar". Esta simples ação não só ajuda o Instagram a agir contra perfis fraudulentos, mas também protege outros usuários como você, evitando que caiam em golpes semelhantes. 

Mantenha seus dados monitorados

Por falar em proteção, que tal estar um passo à frente dos golpistas? Com o Foregon Premium, você acessa um serviço completo que monitora: 

Com uma visão clara de sua situação financeira e pessoal, você pode agir rapidamente ao menor sinal de atividade suspeita. 

Perguntas frequentes

O que é phishing no Instagram?

Phishing no Instagram é quando tentam acessar sua conta da rede social enviando uma mensagem ou um link suspeito solicitando informações pessoais.Geralmente, essas mensagens afirmam que sua conta será banida ou excluída caso você não siga as instruções.

O que é o que é phishing?

Phishing são tentativas de fraude para obter de forma criminosa informações pessoais e financeiras por meio de e-mail com conteúdo fraudulento.

Compartilhe

Escrito por:

Nara Lima
UX Writer

Formada em Publicidade e Propaganda pela UniFAI, a Nara trabalha com redação profissional desde 2019. Além disso, já trabalhou com atendimento ao público e fez pesquisas para o governo pelo IBGE, aprendizados que leva hoje para sua escrita focada na experiência do usuário da Foregon.