Ir para o conteúdo principal
Foregon.com

17 mitos e Verdades sobre score de Crédito

Por Camila SilveiraPublicado em

Qualidade editorial: Nosso conteúdo é construído por uma equipe profissional que coloca a dúvida do leitor no centro da sua escrita. Cada autor traz o seu conhecimento para responder e solucionar sua busca, entregando valor por meio da verificação de dados, aprofundamento da pesquisa e reputação do nosso site.

Segurança e privacidade: Somos responsáveis por manter seus dados protegidos quando você acessa nosso site. Trabalhamos com total transparência e respeito ao seu consentimento, colocando você no controle de seus dados. Conheça nossa política de privacidade.

Ter um score bom para conseguir crédito com mais facilidade é essencial, porém, é necessário tomar cuidado com algumas promessas ilusórias de como conquistar essa pontuação, principalmente porque existe muita desinformação sobre o assunto.

Neste artigo, separamos uma lista de mitos e verdades sobre o score de crédito para que você entenda alguns conceitos importantes. Confira!

O que você procura?

Mitos e verdades sobre score de crédito

Em uma busca rápida na internet você pode se deparar com diversas dicas sobre score que na verdade não fazem sentido nenhum para o aumento da sua pontuação.

Entender o que realmente influencia na composição do score é o primeiro passo para aumentá-lo. Desta maneira, você poderá focar somente no que é importante. Confira os principais mitos e verdades sobre score de crédito.

Score Grátis é na Foregon!

Monitore seu CPF e proteja seu nome contra fraudes.

Consultar CPF grátis
⭐⭐⭐⭐⭐ + 2.848.551 pessoas já consultaram

1. Pagar contas aumenta a pontuação de score na hora

Mito. Entenda, ao pagar uma dívida ou uma conta, esse valor demora até três dias úteis para ser validado. Então, após esse período, o seu score pode subir em até três meses. Portanto, a pontuação não aumenta na hora.

2. Pagar contas no débito automático ajuda no score

Verdade. O débito automático é uma funcionalidade que permite o pagamento de contas recorrentes de forma automática com o saldo da conta. Isso faz com que essas cobranças sejam pagas sempre antes do vencimento.

Um dos fatores que mais influenciam no score é pagar as contas em dia. Portanto, o débito automático ajuda no aumento da pontuação.

3. Colocar CPF na Nota Fiscal aumenta o score

Mito. O seu score de crédito é formado por informações da sua vida financeira e, portanto, colocar CPF na Nota Fiscal não é um critério utilizado pelos birôs de crédito na hora de compor sua pontuação.

Diversos fatores são levados em consideração para aumento do score e colocar CPF na nota não é um deles. Confira as principais informações que são levadas em consideração para o aumento da pontuação:

  • Cadastro Positivo (histórico de bom pagador);
  • Negativações (dívidas pagas e ativas);
  • Solicitações de crédito;
  • Pagamentos;
  • Número de solicitações de produtos e serviços financeiros em determinado período de tempo;
  • Movimentações na sua conta.

4. Fazer compras parceladas aumenta o score

Verdade. Como o próprio nome já diz, o score de crédito avalia seu comportamento em relação ao crédito. Por isso, fazer compras parceladas é algo que pode te auxiliar a mostrar ao mercado financeiro que você consome com frequência e que paga suas faturas em dia.

No entanto, lembre-se de que as parcelas devem ser pagas sempre antes da data de vencimento para não prejudicar seu histórico de pagamentos.

5. É possível aumentar o score em 7 dias

Mito. Normalmente o score de crédito demora cerca de três meses para começar a subir significativamente após o consumidor adotar bons hábitos financeiros e pagar suas dívidas.

Essa pontuação demora para subir porque ela é baseada em boas práticas e comportamentos financeiros dos consumidores, e isso é algo que demora para ser avaliado, já que existem vários fatores de influência.

Portanto, fique atento às empresas que oferecem aumento de score em poucos dias ou que cobram para isso. Lembre-se, somente você poderá aumentar seu score ao adotar bons hábitos financeiros e pagar suas dívidas.

6. Score de crédito influencia nas taxas de empréstimo e financiamento

Verdade. O score é uma pontuação que avalia seus hábitos financeiros e o seu risco de inadimplência. Quem tem o score baixo é visto pelo mercado financeiro como uma pessoa que possui altos riscos de não honrar com seus pagamentos.

Portanto, as instituições financeiras costumam aplicar taxas de juros mais altas em empréstimos e financiamentos para quem tem o score baixo, pois o risco de inadimplência é maior.

7. Existem aplicativos capazes de aumentar o score

Mito. Alguns aplicativos prometem aumentar o score e isso não é verdade. Como seu score é reflexo dos SEUS hábitos financeiros, ninguém conseguirá melhorar a sua pontuação por você.

8. É possível ter o nome limpo e score baixo

Verdade. Muitas pessoas estão com o nome limpo e o score baixo. Isso acontece porque o nome limpo não é o único fator de análise dos birôs de crédito na hora de decidir a sua pontuação de score.

Existem pessoas, por exemplo, que têm o nome limpo, mas que não possuem nenhuma conta bancária ou cartão de crédito e, com isso, não oferecem informações financeiras para o mercado.

Fatores como: movimentação de contas, realização de compras parceladas e contas registradas em seu nome também fazem parte na decisão da sua pontuação.

9. Ter score baixo me impede de tirar documentos como visto e passaporte

Mito. Como o score é uma pontuação com base nos seus hábitos financeiros, ela não interfere na emissão de documentos, visto ou passaporte, apenas na aprovação de produtos e serviços financeiros, como cartão de crédito e empréstimo.

10. Posso ter mais de um score

Verdade. Se você já consultou o seu score de crédito em diferentes sites, deve ter percebido que essa pontuação varia de um para outro. Quem define o score dos cidadãos são os birôs de crédito e cada um deles possui seus critérios de análise para a definição da pontuação.

Portanto, em cada birô de crédito você terá um score diferente. Além disso, se abrir uma empresa, o CNPJ também receberá um score.

11. Ter renda mais alta influencia para o aumento do score

Mito. A renda não é um critério utilizado pelos birôs de crédito na hora da composição da pontuação de score.

Em contrapartida, o limite do cartão de crédito, valor de empréstimos e financiamentos são influenciados pela renda do solicitante.

12. Fazer várias consultas ao score não prejudica a pontuação

Verdade. Você pode consultar seu score quantas vezes desejar. Além disso não prejudicar a pontuação, esta é uma atitude fundamental para se proteger contra fraudes a acompanhar suas finanças.

13. É possível aumentar o score com empresas que cobram por isso

Mito. Como dissemos anteriormente, o seu score aumenta conforme você for melhorando seus hábitos financeiros, ou seja: ao pagar contas em dia, fazer uso de crédito com responsabilidade, dentre outras atitudes.

Ou seja, uma empresa não consegue aumentar seu score por você. Saiba que isso trata-se de um golpe. Não caia nessa, siga nossas dicas e aumente seu score você mesmo!

14. O Cadastro Positivo ajuda no aumento do score

Verdade. O Cadastro Positivo é um banco de dados que traz informações positivas sobre seus pagamentos, e isso é essencial para o seu score.

Antes, o consumidor precisava autorizar a abertura do seu Cadastro Positivo nos órgãos de proteção ao crédito. Agora, todos passam a fazer parte de forma automática, sendo que é oferecida a opção de solicitar sua exclusão a qualquer momento.

15. Score alto é sinônimo de crédito aprovado

Mito. Cada instituição financeira tem seus próprios critérios de análise na hora de aprovar uma solicitação de crédito, e o score não é o único fator analisado.

Normalmente, na análise de crédito, os bancos e instituições financeiras também avaliam a renda mensal do contratante, Cadastro Positivo e até o relacionamento que o cliente possui com a empresa para a qual está solicitando crédito.

No caso de financiamentos, por exemplo, essa análise é ainda mais criteriosa, e avalia a idade do contratante, se é casado ou não, tempo de trabalho, dentre outros detalhes.

16. Fazer muitas solicitações de crédito prejudica o score

Verdade. Quando uma pessoa faz várias solicitações de cartões de crédito e outros produtos financeiros em um curto período, isso mostra um certo ‘desespero’ para o mercado.

Visto isso, as instituições financeiras podem diminuir a sua pontuação, pois entendem que você não está no momento ideal para ter crédito aprovado.

17. Fazer título de capitalização ajuda aumentar o score

Mito. Na verdade, os títulos de capitalização podem ajudar a aumentar a sua pontuação interna com o banco. A maioria dos bancos possui um cadastro interno dos seus clientes, o score bancário. Então, consumir os produtos do banco ajuda a aumentar essa pontuação.

Quer se aprofundar ainda mais no assunto?

A Foregon desenvolveu um evento completo e especial para nossos usuários que deseja saber mais sobre a pontuação. A Semana do score de crédito é um evento online e gratuito, com cinco vídeos completos sobre o assunto.

Em um dos vídeos da série, abordamos o tema: mitos e verdades sobre score de crédito, com a participação especial do Wesley Martins, do canal Se torne investidor.

Gostou do conteúdo?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões sobre consulta ao score de crédito, deixe um comentário para nós. Até a próxima!

Compartilhe

Escrito por:

Camila Silveira
Redatora júnior

Seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.