Ir para o conteúdo principal
Foregon.com

É Preciso ter Conta em Banco para ter Pix? Tire suas Dúvidas

Escrito por 

Atualizado em 

Qualidade editorial: Nosso conteúdo é construído por uma equipe profissional que coloca a dúvida do leitor no centro da sua escrita. Cada autor traz o seu conhecimento para responder e solucionar sua busca, entregando valor por meio da verificação de dados, aprofundamento da pesquisa e reputação do nosso site.

Segurança e privacidade: Somos responsáveis por manter seus dados protegidos quando você acessa nosso site. Trabalhamos com total transparência e respeito ao seu consentimento, colocando você no controle de seus dados. Conheça nossa política de privacidade.

A forma como realizamos nossas transações bancárias pode se tornar mais prática e ágil com o uso do Pix, o meio de pagamentos instantâneos do Banco Central (BC). Contudo, será que esse sistema só pode ser utilizado por quem possui conta em banco?

Para descomplicar essa dúvida para você, preparamos este artigo que, além de responder essa questão, também vai abordar as principais dúvidas a respeito desse sistema de pagamentos. Pronto para acompanhar? Vamos lá!

O que você procura?

O que é Pix?

O Pix é uma forma de pagamento e transferência de dinheiro entre contas bancárias em tempo real. Ele foi lançado pelo Banco Central do Brasil em novembro de 2020 com o objetivo de oferecer uma forma mais rápida e prática para transferir dinheiro entre contas, sem precisar informar dados bancários como número da conta e agência.

Para usar o Pix, os usuários precisam cadastrar uma chave, que pode ser o número do CPF, telefone, e-mail ou uma chave aleatória, para serem utilizadas como identificadores únicos para as contas bancárias. Com a chave cadastrada, é possível realizar transferências de dinheiro em tempo real e sem necessidade de digitar dados bancários. Isso facilita e aumenta a segurança das transações financeiras.

Como o Pix funciona?

O funcionamento do Pix é bem simples: para usá-lo, você precisa cadastrar uma chave, que pode ser o seu CPF, número de telefone, e-mail ou uma chave aleatória, e informá-la para o pagador ou no aplicativo bancário para receber ou enviar dinheiro. Com o Pix, também é possível pagar com o QR Code, apontando a câmera do celular para o código de pagamento. Os valores são descontados diretamente da sua conta corrente ou poupança, o que torna tudo mais rápido e prático.

Para ter Pix é preciso ter conta em banco?

De acordo com as determinações do Banco Central, o novo meio de pagamentos instantâneos também pode ser usado por quem não tem conta em banco. No entanto, para conseguir enviar e receber um Pix, é necessário ser cliente em uma das instituições financeiras participantes do sistema que podem ser: bancos tradicionais, bancos digitais ou até mesmo plataformas de pagamentos (carteiras digitais).

Como cadastrar a chave Pix nas principais carteiras digitais?

Logo abaixo, vamos explicar o que você deve fazer para cadastrar sua chave Pix em três opções de carteiras digitais. Lembrando que Pessoas Físicas podem cadastrar até cinco chaves por conta, enquanto Pessoas Jurídicas possuem um limite de até 20 chaves por conta.

Cadastre sua chave Pix no Mercado Pago

  1. Abra o aplicativo do Mercado Pago (iOS ou Android);
  2. Vá até a opção "Seu perfil";
  3. Depois disso, clique em "Suas chaves PIX";
  4. Siga as próximas instruções para fazer seu cadastro.

Cadastre sua chave Pix no PicPay

  1. Instale o aplicativo em seu celular (iOS ou Android);
  2. Selecione "PIX", opção localizada na tela inicial;
  3. Escolha "Meu PIX" e realize o cadastro da sua chave.

Cadastre sua chave Pix no PagSeguro

  1. Abra o aplicativo (iOS ou Android);
  2. Clique em "Pix/QR Code";
  3. Logo em seguida, opte por "Cadastrar chaves";
  4. Selecione aquelas que você deseja cadastrar;
  5. Feito isso, clique em "Começar cadastro";
  6. Pronto! Basta aguardar a ativação das chaves.

Importante: para fazer transferências usando esse sistema em uma carteira digital, não esqueça de abastecê-la para enviar e receber o dinheiro.

Perguntas Frequentes

Quem não tem conta em banco pode usar o Pix?

Sim. As pessoas podem se cadastrar em vários bancos, fintechs e outras instituições financeiras para usar o Pix, mas não podem usar as mesmas chaves em contas diferentes.

O que é preciso para ter um Pix?

Para usar o PIX, você precisa se cadastrar com sua instituição financeira pelo aplicativo, site ou agência. Lembre-se de que você não precisa ter uma conta específica para o Pix, apenas a função adicionada à sua conta bancária existente.

É possível fazer Pix de conta poupança?

Sim, é possível. Basta cadastrar uma chave Pix nessa modalidade de conta e ela fará a vinculação dos seus dados pessoais à conta para você realizar as transações.

Como fazer Pix para quem não tem um?

Se a pessoa não tiver registrado uma chave Pix, ela terá que fornecer informações como seu CPF, nome completo, número da agência bancária, número da conta e nome do banco para realizar a transação.

Precisa fazer cartão para ter Pix?

Com o Pix, você não precisa de um cartão físico ou qualquer outro dispositivo para receber pagamentos, basta usar o seu celular. A transação é feita diretamente do saldo da conta vinculada a ele.

Conteúdos que você precisa conhecer

No Portal da Foregon, além de conferir conteúdos sobre finanças, você pode consultar o seu score de crédito para receber as melhores ofertas de cartão, conta digital e empréstimo, de acordo com o seu perfil. Está esperando o que? Consulte o seu CPF agora mesmo para aproveitar os benefícios. É rápido, grátis e totalmente seguro!

Consulte seu CPF grátis e receba as melhores ofertas!

Monitore seu CPF e proteja seu nome contra fraudes.

Consultar CPF grátis
⭐⭐⭐⭐⭐ + 2.848.551 pessoas já consultaram

Compartilhe

Escrito por:

Janaína Tavares
Redatora

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.