Ir para o conteúdo principal
Foregon.com

Posso Fazer Portabilidade de Salário Mesmo Devendo o Banco?

Por Nara LimaPublicado em

Em nossa jornada financeira, é comum nos depararmos com momentos desafiadores. Às vezes, dívidas com bancos podem nos manter acordados à noite, mas e se você estiver pensando em mudar de banco e fazer a portabilidade de salário? Isso é possível mesmo se você ainda deve dinheiro ao banco atual? 

Para você entender tudo sobre o assunto preparamos esse artigo, que responderá essas perguntas de forma simples e descomplicada, explicando tudo sobre a portabilidade de salário e como ela funciona.

O que você procura?

O que é portabilidade de salário?

Primeiro, vamos entender o que exatamente é a portabilidade de salário. Trata-se de um direito do trabalhador de transferir seu salário automaticamente para outra instituição financeira, sem a necessidade de abrir uma nova conta-salário. 

Isso significa que você pode escolher onde deseja receber seu salário, o que pode ser uma decisão financeiramente vantajosa.

sacar dinheiro sem cartão

E como funciona a portabilidade de salário?

Imagine que você tem uma conta no banco Itaú, mas o seu salário é depositado no Banco do Brasil. A portabilidade de salário é como um jeito simples de fazer com que o seu dinheiro seja transferido automaticamente do Banco do Brasil para a sua conta no Itaú, todos os meses.

Isso permite que você mantenha a sua conta no Itaú sem gastar dinheiro apenas para receber o seu salário, e você pode continuar usando todos os serviços da sua conta como de costume.

Mas como nem tudo são flores, às vezes pode ser um pouco complicado solicitar essa transferência, especialmente se você tiver dívidas com o banco que está pagando o seu salário. Os bancos, para manter o dinheiro deles, costumam criar algumas barreiras ou dar informações confusas sobre como fazer isso.

Posso fazer portabilidade de salário mesmo devendo o banco?

Sim, você pode fazer a portabilidade de salário mesmo que tenha dívidas com o banco onde recebe o seu salário atualmente. De acordo com as regras estabelecidas pelo Banco Central, o banco não pode recusar a portabilidade de salário devido a dívidas. 

Esse direito é garantido aos trabalhadores, e as dívidas existentes não podem ser usadas como motivo para impedir a transferência do seu salário para outra instituição financeira. 

No entanto, é importante lembrar que as suas dívidas com o banco original ainda permanecerão, e você deve continuar a cumprir os termos do acordo de pagamento, mesmo após a portabilidade. Portanto, não deixe que as dívidas o impeçam de aproveitar a portabilidade de salário para escolher onde deseja receber o seu pagamento.

O banco pode negar minha portabilidade por ter dívidas?

Não, o banco não pode negar a sua portabilidade de salário simplesmente porque você tem dívidas. De acordo com as regras do Banco Central, a portabilidade de salário é um direito garantido aos trabalhadores, e as dívidas não podem ser usadas como motivo para recusar a transferência do seu salário para outra instituição financeira. 

No entanto, mesmo após a portabilidade, as suas dívidas com o banco original ainda permanecerão e deverão ser pagas de acordo com os termos acordados. Portanto, se você tem dívidas, não se preocupe, você ainda pode aproveitar o benefício da portabilidade de salário para escolher onde deseja receber o seu pagamento.

E no caso do consignado, como fica?

Uma questão que costuma gerar dúvidas é o impacto da portabilidade de salário no crédito consignado. O crédito consignado é aquele em que as parcelas são retiradas diretamente do seu salário. 

Mesmo após realizar a portabilidade, as parcelas do crédito consignado continuarão a ser descontadas automaticamente, independente do banco para onde você transferiu o seu salário.  Em outras palavras, essa transferência do seu salário para outro banco não interfere nos pagamentos do seu crédito consignado, que seguirão acontecendo sem problemas.

Vale a pena fazer a portabilidade de salário?

Para determinar se vale a pena, você deve considerar vários fatores. Primeiro, avalie as taxas e custos associados à sua conta-salário atual e à conta para onde você deseja transferir o seu salário.

Além disso, verifique se o novo banco oferece benefícios adicionais, como programas de recompensas, cartões de crédito com melhores condições, ou serviços bancários mais adequados às suas necessidades. Vale frisar que a portabilidade de salário não afeta suas dívidas existentes. Você ainda é responsável por cumprir os termos do acordo de pagamento com o seu banco atual. 

Por fim, se a mudança resultar em economia de custos, melhor atendimento ao cliente e benefícios adicionais, a portabilidade de salário pode ser uma boa escolha. Certifique-se de avaliar cuidadosamente suas opções e ler os termos e condições antes de decidir.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Leia também

Aumento do salário mínimo 2024 e economia de horas extras

Posso Fazer Portabilidade de Salário Mesmo Devendo o Banco?

IGP-DI: Valor Atual e o Acumulado de 2023

IPC-Fipe 2023: Conheça o Índice de Preços ao Consumidor

Descubra Agora: Buser é Confiável? Uma Análise Detalhada

Poupançudo da Caixa: Como Adquirir os Cofres Divertidos?

Finanças para Millennials: um guia passo a passo

Como Declarar Imposto de Renda: Passo a Passo para 2024