Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta
Tipos de financiamento da Caixa logo

Tipos de financiamento da Caixa

-/10 no ReclameAqui

Quando o assunto é sobre linhas de crédito para realizar sonhos, a Caixa Econômica Federal surge com uma série de alternativas para cada necessidade. Com os financiamentos da Caixa, você pode comprar diferentes bens e serviços e quitá-los em parcelas que cabem no seu bolso. Conheça todas as opções e esclareça suas dúvidas!

O que você procura?

Financiamentos Caixa para Pessoas Físicas

Financiamento de veículos Crédito Auto Caixa

O Crédito Auto Caixa é um financiamento voltado especialmente para Pessoas Físicas, que pretendem comprar carros e motos, novos ou usados. Com essa opção, você financia até 80% do valor do veículo, com taxas de juros prefixadas a partir de 1,49% ao mês e sem cobrança de tarifas adicionais.

Como funciona

Essa opção tem taxa de juros prefixada e pode financiar carros e motos, novos ou usados, nacionais ou importados, podendo chegar a até 80% do valor do veículo dependendo do ano de fabricação do veículo e relacionamento do cliente com a Caixa. 

O prazo para pagamento é de até 60 meses e é permitida amortização parcial ou quitação antecipada do saldo devedor. Sujeito à análise de crédito.

Impostos, taxas e garantia

  • Imposto sobre Operações Financeiras (IOF);
  • Taxa de juros de acordo com o prazo e quota de operação, ano de fabricação do veículo e relacionamento do cliente com a Caixa;
  • Garantia é a Alienação Fiduciária do veículo.

Documentação necessária para contratação

  • RG e CPF em situação regular na Receita Federal;
  • Comprovantes de residência e de renda;
  • DUT e/ou nota fiscal do veículo;
  • Formulário do DETRAN da sua cidade que mostre a inexistência de débitos do carro (IPVA, multas e seguro obrigatório). Você pode pegar esse documento na internet.

Condições

  • Somente para Pessoas Físicas;
  • A documentação deve ser entregue em uma agência e está sujeita à aprovação;
  • Carros usados não podem ter mais de dez anos de fabricação.

Como contratar

Para contratar o Crédito Auto Caixa, você deve ir até uma agência física mais próxima com toda a documentação necessária. A instituição avaliará todos os documentos entregues e, após aprovação, definirá o valor e a forma de pagamento do seu financiamento.

Financiamento de imóvel novo ou usado

Para você que deseja comprar um imóvel novo ou usado, a Caixa oferece uma linha de crédito habitacional com até 35 anos para pagar.

Primeiramente, a instituição avaliará o imóvel e as condições de pagamento. Dependendo da modalidade do financiamento, você poderá optar pela carência para começar a amortizar o seu saldo devedor.

Nesse período, você deverá pagar somente os prêmios do Seguro de Morte e Invalidez Permanente (MIP) e Danos Físicos do Imóvel (DFI), além da tarifa de administração do contrato mensal, caso a contratação aconteça no Sistema Financeiro de Habitação (SFH).

A atualização monetária, os juros e a amortização, suspensas durante a fase de carência, serão incluídas no saldo devedor do contrato. A parcela do financiamento poderá ser de até 30% da sua renda familiar bruta e é possível usar o FGTS como parte do pagamento!

Como contratar

  1. Faça uma simulação no Simulador Habitacional Caixa;
  2. Veja as condições, como: valor das parcelas, taxas de juros e prazos;
  3. Caso esteja de acordo com as condições, apresente toda a documentação necessária em uma agência física da Caixa;
  4. Aguarde a análise de crédito e dos documentos;
  5. Após aprovação, a Caixa analisará o imóvel, o valor de venda e condições de uso;
  6. Por fim, assine o contrato. É necessário registrar o contrato no cartório de imóveis para liberação do crédito.

Tarifas cobradas

  • Tarifa de avaliação: destinada à avaliação da unidade habitacional, que é feita por profissional habilitado da Caixa para identificar o valor do imóvel e a viabilidade de uso do bem como garantia da operação;
  • Tarifa de Administração: destinada à manutenção e administração do contrato. É cobrada mensalmente nas parcelas e é obrigatória somente nas operações com imóveis enquadrados no SFH.

Financiamento habitacional para construção

Com essa linha de crédito, você pode adquirir o terreno e construir a casa do jeito que sonha. Além disso, você também pode financiar somente a construção. Faça uma simulação e procure uma agência mais próxima de você.

Use seu FGTS para pagar

Você também poderá utilizar o FGTS para financiar o seu imóvel, desde que tenha pelo menos três anos de carteira assinada. O imóvel deve estar localizado no mesmo município, nos municípios limítrofes ou integrantes da mesma região metropolitana onde você mora ou trabalha há mais de um ano.

Como contratar

  1. Faça uma simulação no Simulador Habitacional Caixa;
  2. Veja as condições, como: valor das parcelas, taxas de juros e prazos;
  3. Caso esteja de acordo com as condições, apresente toda a documentação necessária em uma agência física da Caixa;
  4. Aguarde a análise de crédito e dos documentos;
  5. Após aprovação, a Caixa analisará o imóvel, o valor de venda e condições de uso;
  6. Por fim, assine o contrato. É necessário registrar o contrato no cartório de imóveis para liberação do crédito.

Financiamento Habitação Popular – Crédito Fundiário

O Crédito Fundiário é um programa do Governo Federal desenvolvido para os trabalhadores rurais que precisam comprar um imóvel rural.

O financiamento pode ser individual ou coletivo e permite que você compre a terra, prepare o solo, construa uma casa e adquira implementos. Além disso, você conta com uma ajuda técnica para se desenvolver da forma mais independente possível. 

Documentação necessária para contratação

  • Documento oficial de identificação;
  • Comprovante de renda;
  • Última declaração do Imposto de Renda e recibo de entrega à Receita Federal.

Condições

  • Ter de 5 a 15 anos de experiência ​rural;
  • Exclusivo para agricultores, trabalhadores rurais sem terra, proprietários de terra inferior ao módulo rural e pequenos produtores rurais.

Como contratar

  1. Reúna todos os seus documentos pessoais e, caso seja casado, separe também a documentação do cônjuge;
  2. Em seguida, entre em contato com uma Unidade Técnica Estadual (UTE), ou com o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadores Rurais ou da Agricultura Familiar de sua cidade;
  3. Agora aguarde a análise de crédito e aprovação de sua proposta. 

Financiamento para educação – FIES

Com o FIES, muitas pessoas passam a ter acesso a cursos superiores e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação, de forma facilitada. O Novo FIES possibilita juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamento que muda de acordo com a renda familiar do candidato.

O programa foi dividido em três diferentes modalidades. A primeira, direcionada aos estudantes que têm renda de até três salários mínimos, será operada com exclusividade pela Caixa Econômica Federal.

Vantagens

  • Qualidade de ensino: você entrará em uma instituição de ensino superior com excelente nota de avaliação dada pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Juros e tarifas: caso você tenha renda familiar de até 1,5 salário mínimo, poderá ter direito a juros zero;
  • Prazo de carência: na primeira modalidade do Novo FIES, o financiamento é pago após o término do curso, respeitando o limite da sua renda;
  • Formas de pagamento: o seu financiamento pode ser pago por meio de débito na sua conta corrente.

Requisitos

  • Ter feito uma das edições do ENEM a partir de 2010;
  • Ter média igual ou superior a 450 pontos;
  • Não ter zerado a redação;
  • Ter conta corrente na agência Caixa onde irá assinar o contrato.

Documentação necessária para contratação

  • Aluno: Documento de Regularidade de Inscrição (DRI); proposta de seguro; identidade; CPF; Certidão de Casamento (se for o caso); e comprovante de residência;
  • Fiador: os mesmos documentos do aluno, além do comprovante de rendimentos.

Como contratar

  1. Primeiramente você deve fazer a sua inscrição no site Fies Seleção;
  2. Caso você seja selecionado pelo MEC, deverá procurar a Comissão CPSA da Instituição de Ensino para comprovar as informações, receber o Documento de Regularidade de Inscrição (DRI) e realizar a opção da seguradora em que contratará o seguro prestamista;
  3. Com o DRI e proposta de seguro em mãos, é necessário procurar a agência Caixa mais próxima para que um agente verifique a documentação e insira as informações no sistema SIEES. Feito isso, o contrato para assinatura será emitido.

Financiamentos Caixa para Pessoas Jurídicas

Bens de Consumos Duráveis

Esse financiamento é voltado para pequenas, médias e grandes empresas, que pretendem melhorar seus processos produtivos.

Com essa linha de crédito, você pode financiar a compra de máquinas, equipamentos e sistemas, que reduzem o impacto ambiental e o uso de recursos naturais decorrentes das atividades da empresa.

Podem ser financiados máquinas e/ou equipamentos novos para as seguintes funcionalidades:

  • Sistemas de micro e minigeração de energia por fontes renováveis;
  • Sistema de aquecimento solar de água;
  • Controle ou filtragem de gases ou partículas;
  • Tratamento de resíduos sólidos;
  • Tratamento de efluentes líquidos;
  • Reciclagem de resíduos;
  • Tratamento e reutilização de águas residuais;
  • Redução de desperdício de insumos e/ou recursos naturais;
  • Eficiência energética;
  • Controle de poluição da água;
  • Remediação de área contaminada.

Condições

  • Sua empresa precisa ser cliente da Caixa Econômica Federal;
  • Ter capacidade de empresa.

Como contratar

  1. Preencha o formulário de interesse no site da Caixa;
  2. Procure uma das agências físicas Caixa e solicite informações ao gerente;
  3. Ele pedirá toda a documentação necessária para a contratação do produto;
  4. Após análise e aprovação, o crédito é liberado para você;
  5. O crédito é usado para o pagamento direto ao fornecedor pela Caixa.

Financiamento para produção de imóveis – Alocação de Recursos

A Caixa também oferece essa linha de crédito para empreendedores individuais ou empresas da construção civil que estão planejando investimentos imobiliários com recursos próprios ou de terceiros.

Com essa opção, você pode construir o seu imóvel, e após finalizadas as obras, o financiamento das unidades será oferecido aos compradores Pessoas Físicas. 

Neste caso, o processo de análise do empreendimento e dos empreendedores é feito de forma simplificada, e não individualmente para cada unidade habitacional.

Condições

  • Sua empresa deve estar em situação cadastral regular;
  • O empreendimento deve estar localizado em área urbana;
  • Incorporação registrada no Registro de Imóveis para contratação;
  • Projeto de arquitetura aprovado;
  • Alvará expedido pelo município (para análise de obra em andamento);
  • Licenças ambientais aplicáveis e declaração de viabilidade das concessionárias de água, esgoto e energia elétrica (para análise de obra em andamento);
  • Existência de infraestrutura interna e externa ao empreendimento;
  • Habite-se (para obra concluída).

Como contratar

  1. Apresente o projeto do empreendimento imobiliário em uma das agências físicas para que o banco verifique a viabilidade econômico-financeira e negocial do empreendimento e também da sua empresa;
  2. Em seguida, uma Carta de Garantia é emitida ao empreendedor assegurando que o financiamento das unidades será oferecido para compradores Pessoas Físicas ou Jurídicas após a conclusão das obras;
  3. Por fim, sua empresa recebe os recursos da venda das unidades depois do registro dos financiamentos aos compradores no Cartório de Registro de Imóveis.

Financiamento para produção de imóveis – Apoio à Produção

Essa linha de crédito é destinada a empresas que pretendem comercializar empreendimentos imobiliários sem tomar financiamento em seu nome.

Enquanto o cronograma de obras é executado, é possível financiar a compra de unidades para Pessoas Físicas ou Jurídicas e, também, os adquirentes das unidades (Pessoas Físicas). Os valores do financiamento aos adquirentes abatem o saldo vendedor da sua empresa. 

Por meio dessa linha de crédito, os recursos do financiamento feito para Pessoas Físicas são liberados diretamente à construtora, de acordo com o cronograma de execução da obra. Além disso, sua contratação é realizada diretamente com a construtora, para viabilizar o negócio.

Vantagens

  • Rapidez: sua empresa assina o contrato, inicia a obra e cumpre as exigências contratuais em até seis meses;
  • Agilidade na contratação: o empreendimento pode ser produzido e contratado em módulos, o que facilita a produção e as vendas;
  • Associação à marca da Caixa: a força e a tradição da marca podem ser utilizadas na estratégia de vendas da sua empresa;
  • Flexibilidade: a partir de qualquer percentual de obra executada, as unidades do empreendimento podem ser financiadas aos compradores Pessoas Físicas.

Condições

  • Situação cadastral da empresa regular e saúde econômico-financeira;
  • O empreendimento deve estar localizado em área urbana;
  • Construtora com nível de qualificação no SIAC/PBQP-H;
  • Incorporação registrada no Registro de Imóveis para contratação;
  • Projeto de arquitetura aprovado e alvará expedido pelo Município;
  • Licenças ambientais aplicáveis e declaração de viabilidade das concessionárias de água, esgoto e energia elétrica;
  • Existência de infraestrutura interna e externa ao empreendimento;
  • Demanda mínima de comercialização das unidades do empreendimento.

Como contratar

  1. Apresente o projeto do empreendimento em uma das agências Caixa para que o banco verifique a viabilidade econômico-financeira e negocial do empreendimento e de sua empresa;
  2. Em seguida, a Caixa apresentará as opções de contratação, como valores, parcelas e prazo. Cada pessoa assina seu contrato;
  3. A instituição libera o crédito, de acordo com a necessidade de recursos. O pagamento para a empresa é feito à medida que os financiamentos forem sendo contratados, reduzindo o saldo devedor da empresa. Durante a obra e no período de até 180 dias após a emissão do Habite-se.

Financiamento de veículos CREDFROTA

O Financiamento de Veículos CREDFROTA pode ser uma boa alternativa para empresas de qualquer tamanho, que desejam financiar veículos novos, usados, nacionais ou importados. 

O prazo de pagamento do empréstimo é de até 24 meses para empresas locadoras de veículos e de até 60 meses para as demais empresas.

Sobre o limite para a operação, ele é de até 90% do valor do bem. A taxa de juros é prefixada e o pagamento é realizado em parcelas mensais, calculada pelo Sistema de Amortização Constante (SAC). Vale ressaltar que a amortização parcial ou a quitação antecipada do saldo devedor é permitida.

Condições

  • Sua empresa precisa ser aprovado na avaliação cadastral;
  • Ter capacidade de pagamento.

Como contratar

  1. Preencha o formulário de interesse no site da Caixa;
  2. Procure uma das agências físicas Caixa e solicite informações ao gerente;
  3. Ele pedirá toda a documentação necessária para a contratação do produto;
  4. Após análise e aprovação dos documentos e cadastro, o crédito é liberado para você;
  5. O crédito é usado para o pagamento direto ao fornecedor pela Caixa.

Financiamento para compra de imóvel novo

Com esse financiamento, você pode escolher um imóvel comercial novo em um dos empreendimentos financiados pela Caixa e contar com taxas de juros atrativas.

Nessa modalidade, o imóvel é dado como garantia de pagamento do financiamento. Além disso, enquanto ele não é quitado, sua empresa pode utilizar o imóvel.

Imóvel novo

O que é pago na contratação do financiamento?
  • Taxa de pesquisa cadastral, de acordo com a Tabela de Tarifas vigente;
  • Taxa de avaliação de bens recebidos em garantia.
O que é pago no financiamento?
  • Prêmio de seguro – Danos Físicos do Imóvel (DFI), exceto para terreno;
  • Imposto sobre Operações Financeiras (IOF);
  • Prestação de amortização e juros.

Na planta ou em construção

O que é pago até a contratação do financiamento?
  • Taxa de pesquisa cadastral, de acordo com a Tabela de Tarifas vigente;
  • Taxa de avaliação de bens recebidos em garantia;
O que é pago no financiamento?   
  • Prêmio de seguro – Danos Físicos do Imóvel (DFI), exceto para terreno;
  • Imposto sobre Operações Financeiras (IOF);
  • Atualização monetária e juros durante fase de obras;
  • Prestação de amortização e juros na fase após conclusão de obras.

Vantagens

  • ​O financiamento é feito de acordo com a capacidade de pagamento da sua empresa ou com a viabilidade do projeto de investimento;
  • A força e a tradição da marca Caixa podem ser utilizadas na estratégia de vendas da sua empresa;
  • ​O financiamento possibilita que o valor seja reinvestido na produção de novos empreendimentos.

Como contratar

​Para saber mais sobre o financiamento de imóvel e a documentação necessária para solicitação, vá a uma das agências físicas da Caixa e converse com o gerente.

Imóvel na Planta

O Imóvel na Planta é um crédito voltado para a construção de empreendimentos imobiliários. Durante as obras, o imóvel na planta pode ser comprado por pessoas interessadas, que são agrupadas por uma Entidade Organizadora, que coordena a realização do empreendimento junto à construtora.

Vantagens

  • Praticidade: os recursos para a construção do empreendimento são liberados para a construtora, sem que ela precise tomar crédito em seu nome;
  • Associação à marca Caixa: a força e a tradição da marca Caixa podem ser usadas nas estratégias de vendas da sua empresa;
  • Agilidade na contratação: o empreendimento pode ser produzido e contratado em módulos, facilitando a produção e as vendas;
  • Segurança: a Caixa fica responsável pelo pagamento da obra executada à Entidade Organizadora, de acordo com o cronograma.

Requisitos para sua empresa

  • Ter situação cadastral regular e saúde econômico-financeira;
  • O empreendimento deve se localizar em área urbana;
  • Construtora com nível de qualificação no SIAC/PBQP-H;
  • Alvará ou projeto de arquitetura aprovado pelo município;
  • Licenças ambientais aplicáveis e declaração de viabilidade das concessionárias de água, esgoto e energia elétrica;
  • Ter infraestrutura interna e externa ao empreendimento.

Como contratar

  • As pessoas que desejam adquirir o imóvel agrupam-se em uma Entidade Organizadora, que é responsável por apresentar o projeto do empreendimento imobiliário. Uma análise da viabilidade econômico-financeira e negocial do empreendimento é feita e a Caixa verifica a capacidade de pagamento das pessoas envolvidas;
  • O banco apresenta as opções de contratação, como valores, parcelas e prazos e cada pessoa assina seu próprio contrato;
  • Após aprovação, o crédito é liberado. A Caixa faz o pagamento de obra executada, de acordo com as necessidades de recursos. O pagamento para a empresa é feito à medida que os financiamentos vão sendo contratados, reduzindo assim o saldo devedor da empresa.

PROGER InvestGiro

Essa linha de crédito é exclusiva para empresas com faturamento anual de até R$ 7,5 milhões. Os recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) são usados para financiar projetos de investimento fixo, com capital de giro associado ou não.

O limite de financiamento é de até R$ 600 mil e o prazo para pagamento é de até 60 meses, incluindo carência de até 12 meses, a depender da disponibilidade de recursos do FAT.

Para as empresas que pertencem à Cadeia Produtiva do Turismo, o prazo para pagamento é de até 120 meses, incluindo carência de até 30 meses, dependendo da disponibilidade de recursos do FAT.

Os valores das tarifas bancárias deste financiamento estão disponíveis na Tabela de Tarifas para Pessoas Jurídicas vigente.

Itens financiáveis

  • Bens, inclusive de origem estrangeira, já internalizados no país;
  • Máquinas e equipamentos novos;
  • Máquinas e equipamentos com até dez anos de fabricação, exceto o de informática;
  • Serviços relacionados com a atividade do proponente;
  • Benfeitorias e bens agregados em definitivo a imóveis próprios ou de terceiros, quando o proprietário figurar como coobrigado no instrumento de crédito, não sendo permitido o financiamento somente de benfeitorias;
  • No caso de imóveis de terceiros, o contrato de locação do imóvel deve ter vencimento superior ao prazo do financiamento;
  • Capital de giro associado destinado a suprir as necessidades do ciclo operacional do empreendimento, previstas no plano de negócios;
  • Investimentos que envolvam implantação de franquias;
  • Investimentos para implantação de sistemas de gestão empresarial, quando previstos no plano de negócios, exceto para as cooperativas e associações de produção.

Vantagens

  • A Caixa financia o seu investimento para ajudar a sua empresa a crescer;
  • Longo prazo de pagamento do financiamento, além de carência;
  • Diversas opções de financiamento para você escolher a mais adequada para sua empresa.

Requisitos para sua empresa

  • Ser cliente Caixa;
  • Ter o cadastro aprovado;
  • Ter capacidade de pagamento.

Como contratar

  1. Procure uma das agências físicas Caixa e converse com o seu gerente. Ele pedirá toda a documentação necessária;
  2. Apresente a documentação e aguarde a análise do cadastro. Se tudo correr bem, você deve apresentar o Plano de Negócios. A Caixa verificará a viabilidade do plano, a capacidade de pagamento da sua empresa e as garantias oferecidas;
  3. Caso a etapa anterior seja devidamente cumprida, o empréstimo será liberado. O valor do investimento em equipamentos é pago ao fornecedor e a parcela de capital de giro é depositada na conta de sua empresa na Caixa.

Financiamentos Caixa – Crédito Rural

Custeio Caixa

O Crédito Custeio Caixa ajuda você a cobrir despesas da produção agrícola, como aquisição de insumos, sementes, fertilizantes e defensivos. Ele também pode ser usado na atividade pecuária para cobrir despesas com animais, como compras de vacinas, medicamentos, rações, entre outros.

Finalidades

  • Custeio agrícola: algodão, alho, amendoim, arroz, aveia, café, cana-de-açúcar, canola, cenoura, centeio, cevada, eucalipto, feijão comum, girassol, laranja, maçã, manga, mandioca, milho, soja, sorgo, tomate, trigo, triticale e uva. Condições específicas se aplicam. Consulte sua agência de relacionamento;
  • Custeio pecuário: bovinocultura de leite e de corte, suinocultura, avicultura e piscicultura. Condições específicas se aplicam. Consulte sua agência de relacionamento.

Quem pode contratar

  • Produtores rurais Pessoas Físicas;
  • Produtores rurais Pessoas Jurídicas;
  • Cooperativas de produção agropecuária.

Taxa de juros

  • Até 6,0% ao ano;
  • Para beneficiários enquadrados no PRONAMP, a taxa efetiva de juros é de 5% ao ano.

Custeio de Integração

O Custeio de Integração é um crédito para financiamento de despesas com a aquisição de insumos, serviços, rações, vacinas, medicamentos, frete, entre outros. Essa opção está disponível para cooperativas de produção agropecuária ou agroindústrias que trabalham em regime de integração com o produtor rural.

Finalidades

  • Pode ser usado em piscicultura, suinocultura e avicultura.

Quem pode contratar

  • Agroindústria que trabalha em regime de integração com o produtor rural;
  • Cooperativa de produção agropecuária que trabalha em regime de integração com o produtor rural.

Prazo

  • Para custeio pecuário o prazo é de até um ano.

Taxa de juros

  • Com recursos obrigatórios: até 6,0% ao ano;
  • Com recursos livres: consulte sua agência de relacionamento.

Investimento Caixa

Com essa opção de financiamento da Caixa, você que é produtor rural pode financiar a implantação, ampliação ou modernização dos serviços relacionados à melhoria da atividade agropecuária. Além disso, pode viabilizar a compra de bens ou serviços, cuja utilização se estenda por vários períodos de produção.

Quem pode contratar

  • Produtores rurais Pessoa Física ou Jurídica.

Finalidades

A Caixa oferece créditos de investimento fixo e semifixo, de acordo com os programas citados abaixo. Confira detalhadamente e esclareça as suas dúvidas.

Programa Infraestrutura Produtiva Agropecuária

Investimento fixo
  • Formação ou recuperação de pastagens, incluindo forrageiras para corte;
  • Construção e reforma de cercas;
  • Proteção, correção e recuperação do solo, inclusive a aquisição, transporte e aplicação dos insumos para estas finalidades;
  • Compra de máquinas e equipamentos novos, incluindo equipamento de irrigação;
  • Construção, reforma e modernização de instalações para criação e manejo animal;
  • Construção, reforma e modernização das benfeitorias destinadas à guarda de máquinas e equipamentos, depósitos de insumos, galpão com controle de temperatura e estrutura para beneficiamento da produção;
  • Aquisição e implantação de estrutura para tratamento de resíduos e produção de energia renovável desde que vinculados à produção agropecuária.
Investimento semifixo
  • Aquisição de matrizes e reprodutores bovinos e suínos;
  • Aquisição de máquinas e equipamentos novos de provável duração útil não superior a cinco anos, incluindo equipamento de irrigação;
  • Aquisição de implementos agropecuários novos, tratores, colheitadeiras e similares;
  • Aquisição de veículos novos: caminhões com ou sem carroceria e camionetes de carga, exceto cabine dupla.

Programa Infraestrutura Produtiva Agrícola

Investimento fixo
  • Proteção, correção e recuperação do solo, inclusive a aquisição, transporte e aplicação dos insumos para estas finalidades;
  • Recuperação e formação de lavouras de café;
  • Ampliação de lavouras de cana destinada à indústria sucroalcooleira, compreendendo os trabalhos preliminares, o plantio e os tratos subsequentes, inclusive insumos, até a primeira safra (cana-planta);
  • Renovação de lavouras de cana, destinada à indústria sucroalcooleira, em áreas antes ocupadas por canaviais com ciclo produtivo esgotado, compreendendo todos os gastos necessários, inclusive insumos, até a primeira safra;
  • Aquisição de máquinas e equipamentos novos, incluindo equipamento de irrigação;
  • Construção, reforma e modernização das benfeitorias destinadas à guarda de máquinas e equipamentos, depósitos de insumos, galpão com controle de temperatura e estrutura para beneficiamento da produção;
  • Aquisição e implantação de estrutura para tratamento de resíduos e produção de energia renovável desde que vinculados à produção agropecuária.
Investimento semifixo
  • Aquisição de máquinas e equipamentos novos de provável duração útil não superior a cinco anos, incluindo equipamento de irrigação;
  • Aquisição de implementos agropecuários novos, tratores, colheitadeiras e similares;
  • Aquisição de veículos novos: caminhões com ou sem carroceria e camionetes de carga, exceto cabine dupla.

Programa Irrigação

Investimento fixo
  • Aquisição e implantação de sistemas de irrigação (considerando a implantação ou ampliação do sistema): estrutura para captação e armazenamento de água, equipamentos de irrigação, equipamentos para produção de energia vinculado ao projeto de irrigação e monitoramento dos sistemas (software, estações meteorológicas).

Programa Armazenagem

Investimento fixo
  • Aquisição e implantação de estrutura para armazenamento de grãos e produtos agrícolas, incluindo câmaras frias, silos, armazéns, elevadores, secadores e demais componentes do sistema de armazenagem.

Programa Sustentabilidade

Investimento fixo
  • Proteção, correção e recuperação de solos, inclusive aquisição, transporte e aplicação de corretivos agrícolas, bem como marcação e construção de terraços e implantação de práticas conservacionistas do solo como adubação verde e plantio de cultura para cobertura do solo;
  • Aquisição, construção e reforma de cercas;
  • Aquisição, construção ou reformas de bebedouros e cochos;
  • Formação ou recuperação de pastagens;
  • Construção, reforma e modernização de instalações para criação e manejo animal;
  • Construção, reforma e modernização das benfeitorias destinadas à guarda de máquinas e equipamentos, depósitos de insumos;
  • Aquisição de máquinas e equipamentos novos;
  • Aquisição e implantação de sistemas de irrigação;
  • Aquisição e implantação de estrutura para tratamento de resíduos e produção de energia renovável desde que vinculados à produção agropecuária.
Investimento semifixo
  • Aquisição de animais para reprodução e cria;
  • Aquisição de implementos agropecuários e de máquinas e equipamentos novos de provável duração útil não superior a 5 anos;
Custeio associado
  • Aquisição de animais para recria e engorda, limitado a 40% do valor do financiamento, observando que a aquisição de animais para recria e engorda é exclusiva para operações lastreadas com recursos livres;
  • Aquisição de insumos e pagamento de serviços considerados como itens de custeio, desde que destinados a implantação e manutenção dos projetos financiados, limitado a 30% do valor do financiamento.

Capital de Giro Agro

Com essa modalidade de crédito, você tem acesso a recursos financeiros para o financiamento de capital de giro, visando atender as necessidades operacionais das cooperativas de produção, agropecuária, agroindustrial, aquícola ou pesqueira.

Quem pode contratar

  • Cooperativas de produção agropecuária.

Condições

  • Limite: limite máximo de financiamento R$ 65 milhões por ano agrícola na Caixa, respeitando o limite de crédito aprovado;
  • Prazo: prazo máximo de até 24 meses;
  • Taxa de juros: consulte seu gerente de relacionamento.

Financiamento para Garantia de Preços ao Produtor (FGPP)

A Caixa, em parceria com as cooperativas e agroindústrias, oferece crédito para a aquisição de matérias-primas, contribuindo, assim, para o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva. Conheça detalhadamente essa linha de crédito

Finalidades

Essa é uma linha de crédito que permite à agroindústria comprar dos produtores rurais sua produção, por valor não inferior ao preço mínimo, no caso de produtos amparados pela Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM), ou ao preço de referência, para os produtos não amparados pela PGPM.

Quem pode contratar

  • Cooperativas de produção agropecuária, na atividade de beneficiamento ou industrialização;
  • Agroindústrias e beneficiadores;
  • Cerealistas que beneficiam produtos agrícolas (limpeza, padronização, armazenamento e comercialização, cumulativamente).

Condições

  • Prazo: até 360 dias;
    Taxa de juros: consulte sua agência de relacionamento.

Industrialização

A Industrialização é o financiamento para o custeio de embalagens e rótulos, impostos, seguros, mão-de-obra, energia elétrica, água, materiais auxiliares e demais itens ou encargos necessários para o processo de beneficiamento ou industrialização de produtos agropecuários.

Quem pode contratar

  • Agroindústrias com faturamento superior a R$ 50 milhões.

Condições

  • Limite de crédito: o limite é de R$ 400 milhões por ano agrícola;
  • Prazo: até um ano, podendo ser estendido para dois anos no financiamento de uva;
  • Taxa de juros: consulte a sua agência de relacionamento.

Perguntas frequentes

Quais são os tipos de financiamento para casa própria oferecidos pela Caixa?

A Caixa oferece financiamentos de imóveis novos ou usados, terreno e construção, ou apenas construção. Você também pode financiar somente o terreno sem construir.

Qual a melhor linha de crédito habitacional?

Cada linha de crédito oferece características específicas. Para saber qual é a melhor opção para você, faça uma simulação por meio do Simulador Habitacional Caixa de forma totalmente descomplicada e gratuita.

É necessário avalista para contratar o financiamento habitacional Caixa?

Não, pois o próprio imóvel é dado como garantia.

É necessário estar com o nome limpo nos órgãos de proteção ao crédito para contratar o financiamento habitacional Caixa?

Sim, é fundamental que você esteja com o nome limpo nos órgãos de proteção ao crédito, como o SPC ou Serasa. Caso contrário, o financiamento não é liberado.

Onde posso comparar as prestações, taxas de juros, prazos e demais condições?

Ao realizar uma simulação no site da Caixa, são listadas as modalidades disponíveis e você pode comparar e escolher a opção que melhor atenda às suas necessidades.

Quais são as taxas de juros do financiamento Caixa?

Cada financiamento possui uma taxa de juros diferente. Para saber exatamente qual é a taxa de juros do seu financiamento, converse com o gerente do banco.

Quais requisitos mínimos minha empresa precisa ter para contratar um financiamento Caixa?

Ter conta corrente com a Caixa, Certidões Negativas de Débito em dia com o Governo e aprovação de crédito.

Existe um tempo mínimo de empresa para conseguir um financiamento Caixa?

Sim. A empresa deve ter, no mínimo, um ano de CNPJ. Sujeito à análise de crédito.

Posso usar o FGTS para atualizar as prestações atrasadas de financiamento imobiliário?

Sim. Mesmo tendo três parcelas em atraso, você pode amortizar até 80% do valor da prestação num período de 12 meses, podendo ser renovado a cada ano. No entanto, para utilização dos recursos do FGTS na liquidação do saldo devedor, você precisa estar com as prestações do financiamento em dia.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Luma Holanda

Jornalista, Analista de Marketing, Editora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon. Acredita que a vida das pessoas pode melhorar através da educação financeira e, por isso, se dedica em levar as melhores notícias e dicas sobre finanças às centenas de milhares de leitores de Foregon. Luma preza pela veracidade das informações e busca auxiliar leitores na compreensão de tudo acerca das suas finanças.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Consolidação de dívidas: conheça e veja como unificar suas pendências

Empréstimos Caixa: conheça todas as modalidades

Empréstimos Itaú: conheça todas as modalidades

Como renegociar dívidas com a Caixa

Como renegociar dívidas com o Nubank

Como renegociar dívidas com o banco Itaú

Como renegociar dívidas com o Banco do Brasil

Dívida atrasada de cinco anos: o que fazer?