Ir para o conteúdo principal
Foregon.com

10 Fatores que Influenciam na Pontuação de score de Crédito

Escrito por 

Atualizado em 
Revisado por Guilherme Dorneles

Qualidade editorial: Nosso conteúdo é construído por uma equipe profissional que coloca a dúvida do leitor no centro da sua escrita. Cada autor traz o seu conhecimento para responder e solucionar sua busca, entregando valor por meio da verificação de dados, aprofundamento da pesquisa e reputação do nosso site.

Segurança e privacidade: Somos responsáveis por manter seus dados protegidos quando você acessa nosso site. Trabalhamos com total transparência e respeito ao seu consentimento, colocando você no controle de seus dados. Conheça nossa política de privacidade.

Que o score de crédito é um fator importante no momento de contratar um cartão, financiamento ou empréstimo, todos sabem. Mas, você conhece os principais fatores que influenciam positiva e negativamente nessa pontuação de crédito? Confira agora mesmo quais são eles e esclareça todas as suas dúvidas!

Antes de mais nada, consulte seu score de crédito gratuitamente na Foregon e saiba se sua pontuação é baixa, média ou alta.

Consulte seu CPF grátis e receba as melhores ofertas!

Monitore seu CPF e proteja seu nome contra fraudes.

Consultar CPF grátis
⭐⭐⭐⭐⭐ + 2.848.551 pessoas já consultaram

O que você procura?

Quem define o score de crédito?

Antes de mais nada, é importante que você saiba que quem define a sua pontuação de score são os birôs de crédito, empresas autorizadas pelo Banco Central a captarem informações da vida financeira de pessoas e empresas.

Com essas informações, esses birôs de crédito definem a sua pontuação de score. No entanto, cada birô de crédito possui seus próprios critérios de análise. Por conta disso, se você consultar seu score no Quod, Serasa e no Boa Vista, a pontuação será diferente em cada um deles.

10 fatores que influenciam o score de crédito

Muitas pessoas acreditam que apenas as dívidas negativadas fazem com que o score caia. No entanto, esta pontuação é formada por vários critérios da vida financeira dos consumidores.

Abaixo separamos os principais dados que os birôs de crédito levam em consideração para definir o score dos consumidores.

1. Pontualidade no pagamento de contas

Um dos principais fatores que afetam seu score é a pontualidade no pagamento de contas, ou seja, se você paga suas contas em dia. Isso envolve:

  • Pagamento da fatura do cartão de crédito;
  • Pagamento de parcelas de empréstimo e financiamento;
  • Pagamento de contas de consumo, como água, luz, internet e telefone;
  • Pagamento de crediário em lojas.

2. Histórico de dívidas

Quem tem dívidas negativadas no CPF deve negociá-las e quitá-las o quanto antes. Isso porque, um dos fatores que mais fazem o score cair são as dívidas.

Entretanto, isso só vale para dívidas de até 5 anos, já que após esse período elas prescrevem, ou seja, caducam, e não ficam mais registradas no banco de dados dos birôs de crédito.

3. Relacionamento com instituições financeiras e empresas de crédito

A forma com que você consome produtos e serviços financeiros também é um fator importante para a composição do seu score.

O relacionamento bancário nada mais é que o seu relacionamento com seu banco. Quem possui conta e cartão de crédito de um banco, paga as faturas sempre em dia e utiliza com frequência os serviços da conta é considerado um ótimo cliente.

Portanto, os bancos enviam as informações dos seus clientes para os birôs de crédito e essas informações são utilizadas para aumentar seu score.

Os empréstimos, financiamentos e outros produtos financeiros que você contrata também entram nesta lista.

Em contrapartida, os clientes que têm um relacionamento ruim com os bancos – como pagar contas em atraso – podem prejudicar o próprio score por conta desses hábitos.

4. Dados cadastrais atualizados

Ao fazer o cadastro nos sites dos birôs de crédito, como Serasa e Boa Vista, o consumidor deve responder algumas perguntas, incluindo: renda, nome, CPF, endereço, idade, telefone, e-mail, profissão, dentre outros.

Esses dados também são importantes para a composição do seu score. Por isso, é fundamental mantê-los sempre atualizados, principalmente sua renda.

5. Idade

As instituições financeiras consideram os jovens mais propensos a inadimplência porque o histórico de consumo dessas pessoas geralmente é pequeno. Sendo assim, os bancos não possuem muitas informações para passarem aos órgãos de proteção ao crédito, dificultando a realização de um score alto.

6. Renda

Outro fator que influencia no score de crédito é a renda. Quem possui uma renda alta tem maiores chances de conseguir juros baixos no mercado e, como resultado, maiores chances de não atrasar as dívidas.

Porém, cabe lembrar que os bancos só sabem da sua renda se ela passar pelo sistema deles, sendo assim, caso você receba um salário em mãos, considere importante depositá-lo em uma conta bancária para aumentar o seu score.

7. Histórico de compras

Não poderíamos deixar de citar o histórico de compras, afinal, parcelar as suas compras e deixá-las em dia prova que você é responsável com a sua vida financeira. Portanto, se você tiver um cartão de crédito e tiver certeza que vai honrar com os pagamentos, prefira utilizá-lo, pois dessa forma o seu score de crédito poderá aumentar.

8. Contas em bancos

Ter contas em bancos é importante para aumentar o seu score, porque, como dissemos no decorrer do artigo, é através das contas que as instituições sabem a sua renda. Por isso, lembre-se: considere importante receber o seu salário diretamente por ela e evite ao máximo usar o cheque especial para evitar maiores prejuízos.

9. Declaração do Imposto de Renda (IR)

Quem declara o Imposto de Renda possui maiores chances de conseguir um bom score de crédito, pois este documento é um comprovante de renda aceito em todos os meios, inclusive pelas empresas de proteção ao crédito, como o Serasa e Boa Vista.

10. Cadastro Positivo

Ter um Cadastro Positivo permite que instituições bancárias analisem melhor o seu perfil financeiro, avaliem a sua relação com os bancos e as empresas em geral, como você paga as suas contas, entre outros fatores.

Como aumentar meu score de crédito?

Além de ter uma atenção especial aos fatores que influenciam no seu sore de crédito, alguns passos podem ser seguidos para aumentar essa pontuação em até seis meses. Confira o artigo que separamos para você:

Descomplicamos?

Esperamos que tenha gostado do nosso conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, basta deixar um comentário para nós. Até a próxima!

Compartilhe

Escrito por:

Camila Silveira
Redatora júnior

Seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.