Ir para o conteúdo principal
Foregon.com

Golpe SIM Swap: Saiba como se Proteger

Escrito por 

Atualizado em 
Revisado por Guilherme Dorneles

Qualidade editorial: Nosso conteúdo é construído por uma equipe profissional que coloca a dúvida do leitor no centro da sua escrita. Cada autor traz o seu conhecimento para responder e solucionar sua busca, entregando valor por meio da verificação de dados, aprofundamento da pesquisa e reputação do nosso site.

Segurança e privacidade: Somos responsáveis por manter seus dados protegidos quando você acessa nosso site. Trabalhamos com total transparência e respeito ao seu consentimento, colocando você no controle de seus dados. Conheça nossa política de privacidade.

Golpe SIM Swap, já ouviu falar? Você acorda com  seu número de telefone não funcionando mais e, ao mesmo tempo, começa a receber alertas de atividades suspeitas nas suas contas online. É exatamente assim que esse golpe funciona.

Esse tipo de golpe digital está crescendo e pode causar estragos significativos na vida de suas vítimas, comprometendo desde contas de redes sociais até a segurança de contas bancárias. Vamos entender como ele funciona!

O que você procura?

O que é o golpe do SIM Swap?

O SIM Swap, ou "troca de SIM", ocorre quando um criminoso consegue transferir seu número de telefone para um chip que está sob controle dele. 

Com acesso ao seu número, o golpista recebe suas mensagens e chamadas, incluindo aquelas que contêm códigos de verificação para acesso a contas pessoais.

Mas como isso é possível? Geralmente, o fraudador obtém suas informações pessoais através de métodos como phishing ou engenharia social, e então, contata sua operadora fingindo ser você, alegando perda ou roubo do chip atual para justificar a ativação de um novo.

Quais são os riscos associados ao golpe?

O impacto do SIM Swap vai além do incômodo de perder o controle do seu número de telefone. Uma vez que o criminoso consegue acessar suas contas, ele pode:

  • Acessar e manipular suas redes sociais.
  • Realizar compras em seu nome.
  • Obter ainda mais dados pessoais, aumentando o risco de fraudes futuras; 
  • Com os códigos de SMS, o golpista pode redefinir senhas e acessar suas contas bancárias;
  • Com acesso às suas contas bancárias, os golpistas conseguem facilmente roubar seu dinheiro e até contratar empréstimos; 
  • Se passando por você, o criminoso pode aplicar golpes em seus contatos, pedir dinheiro emprestado, enviar links maliciosos ou chantageá-los;
  • Seus dados podem ser vendidos na internet para criminosos aplicarem golpes.

Essas ações podem resultar em prejuízos financeiros significativos, além de danos à sua reputação e crédito, exigindo um longo processo para resolver as desordens causadas.

Como se proteger contra o golpe do SIM Swap?

1. Utilize múltiplos fatores de autenticação

A autenticação de dois fatores (A2F) é crucial, mas é importante implementar métodos que não dependam exclusivamente de SMS. Aplicativos como Google Authenticator ou chaves físicas de segurança são alternativas mais seguras.

O Brasil se destaca como um terreno fértil para golpes, com 71% da população já tendo sido vítima de algum tipo de fraude online, segundo pesquisa da Nord Security. Em 2022, o país registrou um aumento de 37,9% nos casos de estelionato, alcançando alarmantes 1,8 milhão de ocorrências.

Os golpes mais comuns incluem:

  • Falso pagamento (54%)
  • Invasão de conta (22%)
  • Falsas promessas de investimentos (20%)

As perdas financeiras são significativas, com um prejuízo médio de R$ 1.700 por vítima. Mas o impacto vai além do dinheiro, causando danos psicológicos e abalo na confiança digital da população.

É fundamental estar atento e buscar informações para se proteger contra os golpes.

Lembre-se: a prevenção é a melhor arma contra os crimes online!

2. Proteja suas informações pessoais

Seja cauteloso ao compartilhar informações pessoais, especialmente em plataformas online. Configure suas contas de redes sociais para aumentar sua privacidade e minimizar o que é publicamente acessível.

3. Crie senhas fortes e únicas

Crie senhas complexas que combinem letras, números e símbolos, e nunca repita a mesma senha em várias plataformas ou serviços.

4. Cuidado com comunicações suspeitas

Desconfie de chamadas ou mensagens solicitando informações pessoais ou códigos de acesso. Sempre verifique a identidade do remetente através de canais oficiais.

5. Evite usar seu número para autenticação de contas

Evite usar o número de celular como método principal de autenticação. Opte por outros métodos, como e-mail ou chaves de segurança, sempre que possível.

6. Monitore suas contas online

Verifique regularmente suas contas bancárias, extratos de cartão de crédito e atividades em redes sociais para identificar qualquer transação ou atividade suspeita.

7. Monitore seu CPF

Com o monitoramento do seu CPF você consegue descobrir em tempo real se uma dívida for incluída no seu CPF, recebe alertas de consultas ao seu score de crédito e alertas em caso de vazamento de dados.

Ficar por dentro dessas movimentações te ajuda a descobrir se você caiu em um golpe. 

Proteja seus dados hoje mesmo!

Monitore seu CPF e proteja seu nome contra fraudes.

Monitorar meu CPF
⭐⭐⭐⭐⭐ + 2.848.551 pessoas já consultaram

Cai no golpe, e agora?

Se você suspeitar que foi vítima do SIM Swap, aja rapidamente:

  • Contate sua operadora de telefonia para recuperar seu número e desativar o chip fraudulento.
  • Altere as senhas de todas as suas contas importantes.
  • Monitore suas contas bancárias e de crédito para qualquer atividade não autorizada.
  • Considere fazer um boletim de ocorrência para formalizar o incidente.

Mantenha seus dados seguros 

Tomar medidas de segurança é essencial para se proteger de golpes na internet, mas o verdadeiro diferencial está em monitorar continuamente suas informações online. 

Quando esse é o assunto, o Foregon Premium surge como um grande parceiro. Com ele você recebe alertas sobre:

Não aguarde até se tornar a próxima vítima; comece a se proteger agora mesmo!

Proteja seus dados hoje mesmo!

Monitore seu CPF e proteja seu nome contra fraudes.

Monitorar meu CPF
⭐⭐⭐⭐⭐ + 2.848.551 pessoas já consultaram

Perguntas frequentes

Qual crime cibernético é chamado SIM Swap?

O crime cibernético conhecido como SIM Swap ocorre quando um criminoso consegue transferir o número de telefone de uma pessoa para um cartão SIM que ele controla, geralmente enganando a operadora de telefonia. Isso permite ao criminoso acessar mensagens SMS e chamadas, o que pode ser usado para recuperar senhas e assumir contas online da vítima.

O que alguém pode fazer com meu número de telefone?

Com seu número de telefone, alguém pode potencialmente interceptar chamadas e mensagens de texto, inscrever-se em serviços fraudulentos, ou até mesmo usar seu número como uma forma de autenticação para acessar contas online importantes, como bancos e e-mails.

O que é o golpe do WhatsApp clonado?

O golpe do WhatsApp clonado envolve o criminoso clonando ou duplicando sua conta de WhatsApp em outro dispositivo. Geralmente, isso é feito depois de enganar a vítima para que revele um código de verificação. Com acesso à conta, o criminoso pode então tentar enganar contatos da vítima, solicitando dinheiro ou informações pessoais.

Compartilhe

Escrito por:

Nara Lima
UX Writer

Formada em Publicidade e Propaganda pela UniFAI, a Nara trabalha com redação profissional desde 2019. Além disso, já trabalhou com atendimento ao público e fez pesquisas para o governo pelo IBGE, aprendizados que leva hoje para sua escrita focada na experiência do usuário da Foregon.