Ir para o conteúdo principal
Foregon.com

Orientações para se Proteger do Golpe dos Correios

Escrito por 

Atualizado em 

Qualidade editorial: Nosso conteúdo é construído por uma equipe profissional que coloca a dúvida do leitor no centro da sua escrita. Cada autor traz o seu conhecimento para responder e solucionar sua busca, entregando valor por meio da verificação de dados, aprofundamento da pesquisa e reputação do nosso site.

Segurança e privacidade: Somos responsáveis por manter seus dados protegidos quando você acessa nosso site. Trabalhamos com total transparência e respeito ao seu consentimento, colocando você no controle de seus dados. Conheça nossa política de privacidade.

Você já se deparou com anúncios tentadores, prometendo leilões de produtos apreendidos pelos Correios a preços inacreditáveis? Antes de se animar com a possibilidade de adquirir algo, é importante entender que esses anúncios podem ser parte do "golpe do leilão dos Correios". 

Neste artigo, vamos explicar como funciona o golpe do leilão dos Correios, identificar sinais da fraude e oferecer práticas seguras para se proteger.

O que você procura?

Como funciona o leilão dos Correios?

O leilão dos Correios é uma forma oficial da empresa de alienar bens não mais necessários ou que não foram reclamados pelos destinatários.

Realizados publicamente através de editais e em lotes, são transparentes e seguros, com informações disponíveis na página oficial dos Correios. 

Conhecer e entender se esses tipos de leilões são reais ou não é essencial para evitar cair no golpe do leilão, que nunca ocorre através de links em redes sociais ou mensagens instantâneas.

Como identificar um golpe do leilão dos Correios?

Os golpistas são muito espertos e utilizam várias táticas para fazer suas ofertas parecerem irresistíveis. Aqui estão alguns sinais de alerta:

  • Links duvidosos: desconfie de qualquer link recebido por WhatsApp ou mídias sociais, especialmente se levar a um site que tenta imitar o visual de veículos de comunicação ou portais oficiais sem serem eles;
  • Preços muito abaixo do mercado: se parece bom demais para ser verdade, provavelmente não é verdade. Golpistas atraem vítimas com a promessa de negócios incríveis que, na realidade, não existem;
  • Urgência na mensagem: frases como "última chance" ou "antes que acabe" são comuns em golpes para pressionar o consumidor a tomar decisões rápidas;
  • Erros de ortografia ou layout inconsistente: um site cheio de erros gramaticais ou com um design pobre pode ser um indício de fraude.

  • Conheça alguns dos golpes mais comuns no país:
  • Falso Pix: criminosos se passam por representantes de bancos ou instituições para solicitar pagamentos via Pix;
  • Golpe do WhatsApp: envolve a clonagem do WhatsApp da vítima para pedir dinheiro a seus contatos;
  • Golpe do Falso Empréstimo: vítimas são atraídas por ofertas de crédito fácil e acessível, mas acabam tendo seus dados roubados ou pagando taxas indevidas;
  • Compras online fraudulentas: as vítimas compram produtos online, mas não recebem a mercadoria ou recebem um produto falsificado;
  • De acordo com uma pesquisa da E-commerce Brasil, a região Sudeste do país é a que concentra o maior número de golpes (41% dos casos), com destaque para São Paulo. Homens são as principais vítimas (73%), com 71% tendo até 31 anos.

Impactos dos golpes:

  • Prejuízos financeiros: golpes causam perdas financeiras significativas para as vítimas, além de danos à reputação e estresse emocional.
  • Falta de segurança: a sensação de insegurança cresce entre a população, afetando a confiança no ambiente online.

Como se prevenir do golpe do leilão dos Correios?

A prevenção é sempre o melhor remédio contra golpes. Aqui estão algumas dicas para se manter seguro:

  1. Antes de participar de qualquer leilão, visite o site oficial dos Correios para confirmar a veracidade das informações;
  2. Evite clicar em links suspeitos ou fornecer dados pessoais;
  3. Mantenha seu antivírus atualizado e ativo para proteger seu dispositivo de softwares mal-intencionados;
  4. Quanto mais informado você estiver, menores serão as chances de ser enganado.

O que fazer se você cair no golpe do leilão dos Correios

O primeiro passo é registrar um Boletim de Ocorrência na Polícia Civil do seu Estado. Para isso, entre no seu navegador e digite "B.O online Polícia Civil + Estado que você mora".

Com apenas alguns dados você já consegue registrar a ocorrência. Em seguida, você pode ir até o Procon mais próximo para abrir uma reclamação.

Como recuperar o valor perdido no golpe do leilão dos Correios?

Saiba que em alguns casos é possível recuperar o valor perdido em um golpe. Se o pagamento foi feito via cartão, entre em contato com o seu banco para denunciar a fraude e solicitar o cancelamento da compra e estorno do valor.

O banco poderá solicitar algumas informações, inlcuindo o número do Boletim de Ocorrência, seu caso será analisado e, se comprovada a fraude, você pode reaver o valor.

Se o pagamento for pelo Pix, é possível recorrer ao Mecanismo Especial de Devolução (MED), um serviço exclusivo do Pix criado para facilitar as devoluções em caso de fraudes.

O procedimento é muito simples, basta entrar em contato com o banco onde fez o Pix e registrar o pedido de devolução. O prazo é de até 80 dias após a transferência.

Seu banco vai analisar o caso e, se compravada a fraude,  o recebedor do seu Pix terá os recursos bloqueados da conta e você poderá receber o estorno.

Caso não consiga recuperar o valor, a última alternativa é entrar com uma ação judicial. No Juizado Especial Cível é possível ajuizar ações que tenham valor da causa menor que 20 salários mínimos sem precisar de advogado.

Aumente sua proteção contra golpes

Falando em ficar seguro e evitar aqueles golpes do leilão dos Correios, você já conhece o Foregon Premium? É um serviço de monitoramento que te ajuda a ficar de olho no seu CPF e dados pessoais. 

Com o Premium, você não só checa a situação do seu CPF, mas também recebe alertas sempre que houver:

Assinando o Foregon Premium, você ganha a tranquilidade de saber que estão monitorando todas as movimentações em seu CPF. Esteja sempre informado com Foregon Premium!

Compartilhe

Escrito por:

Nara Lima
UX Writer

Formada em Publicidade e Propaganda pela UniFAI, a Nara trabalha com redação profissional desde 2019. Além disso, já trabalhou com atendimento ao público e fez pesquisas para o governo pelo IBGE, aprendizados que leva hoje para sua escrita focada na experiência do usuário da Foregon.